Quem sabe de mim, sou eu!

— Robson Pires
24/ago/2009

55 anos da morte de Getúlio Vargas


Por Robson Pires, em

vargasDa Folha

Cinquenta e cinco anos depois da sua morte, lembrada hoje, Getúlio Vargas volta a surpreender. Foram descobertos os bilhetes que redigiu ao seu chefe da Casa Civil entre 1951 e 1954, Lourival Fontes.

Desde o achado dos diários de Vargas, nos anos 90, é a mais importante documentação do pai do Estado Novo a ser recuperada.

A existência dos documentos de Lourival Fontes era conhecida desde os anos 60, mas sua extensão e seu paradeiro eram ignorados. Estavam com a família de outro político sergipano – Lourival Baptista. Seu filho, que mora em Florianópolis, mostrou à Folha os primeiros 454 manuscritos de 1951, encontrados neste ano.

Pesquisadores classificam o achado como surpreendente. Confirmam a autenticidade das notas, que podem esclarecer episódios importantes, mas alertam que terão poder limitado de mudar a interpretação do período.


Nenhum Comentário Até o Momento, Seja o Primeiro a Comentar!

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Domingo, 24 de Junho de 2018


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter



Calendário

junho 2018
D S T Q Q S S
« maio    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930