Quem sabe de mim, sou eu!

— Robson Pires
26/nov/2009

“A destinação do pré-sal pode ser a verdadeira redenção social do Brasil, diz João Maia em Currais Novos


Por Robson Pires, em

joão maia palestra curraisFalando para uma platéia de empresários, estudantes e populares em geral, o deputado federal João Maia (PR) disse não ter dúvidas que o Brasil será um grande produtor de petróleo no mundo. Maia foi convidado pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Currais Novos, para falar de Pré-Sal e Desenvolvimento Econômico do Estado, nesta noite de quinta (26). “A questão que nós precisamos colocar, e essa discussão vale em Currais Novos, no Oeste ou qualquer lugar do Brasil, é o que vamos fazer com essa riqueza”, disse o deputado.

Um dos primeiros passos, de acordo com o deputado, que é relator do Projeto que trata da capitalização da Petrobrás, e que teve seu relatório aprovado pela Comissão da Câmara dos Deputados, seria investir pesado em educação, ciência e tecnologia, tornando o Brasil um grande exportador em conhecimento. “Nós estamos diante de um horizonte absolutamente promissor, mas precisamos discutir o que vamos fazer com isso”, explicou. Outro ponto apresentado por João Maia como primordial seria a geração de emprego e renda, partindo inicialmente da exploração do potencial turístico que as regiões do Estado oferecem.

“Eu não tenho dúvida nenhuma que os recursos do Pré-Sal, sendo aplicado de forma correta, seria responsável pela solução de um dos principais do Brasil que é a educação. A educação hoje no Brasil é a maior separação social que existe. O filho da classe media foge pra escola privada e o da família humilde vai pra uma escola mais fraca. Quando ele fica um ano ou mais na escola, percebe que não é um lugar de inclusão social. Se ele não tiver uma família muito estruturada, ele vai ter um encontro marcado com a violência”, finalizou. Depois, João Maia ainda respondeu as perguntas dos presentes ao evento.


2 Comentários

  1. Carlos disse:

    Apoiado João Maia!!! O Brasil precisa é de educação, e que seja de qualidade!!! Hoje o pobre vai à escola não pra aprender, e sim por causa da merenda e pra não cortarem o bolsa família-miséria!!! Aprender são outros 500.
    Talvez uns 20% saibam escrever um texto simples quando terminam o segundo grau, ou seja, depois de 12 anos!!! Desse jeito tá mais fácil ensinar macaco a contar como fizeram na amazônia em menos de 1 ano!!!!

  2. realidade disse:

    O Brasil é um país diferente. Mesmo com tanto dinheiro, se não houver transparência na aplicação desse dinheiro, o Brasil não muda nada.

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Segunda, 20 de Novembro de 2017


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter




Calendário

novembro 2017
D S T Q Q S S
« out    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930