Quem sabe de mim, sou eu!

— Robson Pires
10/jul/2008

Aniversário da morte de Dinarte Mariz não foi lembrado


Por Robson Pires, em

A data passou praticamente despercebida!

Quase ninguém lembrou. Impressionante!

Mas…

Ontem, quarta feira, dia 9 de julho, foi aniversário da morte do ex-senador Dinarte de Medeiros Mariz. Ele morreu no dia 9 de julho de 1984, portanto, há 24 anos.

Se fosse vivo, no próximo dia 23 de agosto, completaria 105 anos de idade. Dinarte nasceu em 1903. Nenhuma notinha na imprensa. Daquele que foi um respeitado político no Rio Grande do Norte.

Implantou a Universidade Federal do Rio Grande do Norte e o Campus de Caicó.

Tive a honra de conhecê-lo.

 

 

Foto: Capa do livro “Dinarte Mariz” Vida e Luta de um Potiguar, de Agaciel Maia


21 Comentários

  1. Alan disse:

    Caro Robson Dinarte morreu há 24 anos e não 14.

  2. gilberto vale disse:

    Você errou na divugação do aniversário de morte de dinarte mariz, ele morreu a exatos 24 anos, ou seja 9 de julho de 1984.

    Atenciosamente.
    gilberto vale.

  3. Antes de acessar essa matéria eu estava acabando de reler “Dinarte Mariz governou sem chá de cadeira”, de Manoel Medeiros. Fiquei sem entender porque Dinarte Mariz não foi lembrado no dia de ontem, 09 de julho, um homem que muito fez por todos os Seridoenses e pelo Rio Grande do Norte. Infelizmente hoje poucas pessoas reconhecem a grandeza e bondade de Dinarte de Medeiros Mariz.

    No final de seu testamento encontram-se as seguintes palavras:

    “Mas foi no Caicó, naquela terra boa e generosa, que concluí os meus estudos. Ali vivi grande parte da minha existência, ali aprendi a lutar ao lado do povo, e ali dei meus primeiros passos para a vida pública. E ali quero ser sepultado, no túmulo de meus pais, sentindo o pulsar do coração do povo.”

    Sinceros agradecimentos pela lembrança, Robson.

    Abs.

  4. HIDEMBURGO disse:

    MEU CARO SHERIFF SÓ RETIFICANDO FAZEM 24 ANOS E NÃO 14 COMO EST? ESCRITO UM ABRAÇO.

  5. Giovanni disse:

    Amigo Robson, ontem fez 24 anos e não 14 da morte do velho senador.

  6. grinauto dantas filho disse:

    caro amigo robson,só uma retificação; ONTEM FEZ 24 ANOS DA MORTE DO NOSSO SAUDOSO SENADOR

  7. serena disse:

    Tiver o prazer de conhece-lo e fui visitante do seu gabinete aqui em brasília, DINARTE conterraneo, pai, amigo e irmão que DEUS abençõe em sua vida eterna.

  8. sala 11 ADM disse:

    Apenas retificando Robson ontem completou 24 anos da morte do saudoso Dinarte Mariz e não 14 como vc colocou no blog.

  9. ,asdfjlasdf disse:

    Robson…
    Faz 24 anos da morte de dinarte mariz e não 14 como esta postado so seu blog.

  10. Devota de Santana disse:

    Caro Robson, fazendo uma pequena correção este ano no dia 09 de Julho, passaram-se 24 anos da morte do saudoso Dinarte, e não l4 anos.

  11. ANDINHO DUARTE disse:

    ROBSON,HOJE MARCA TAMBÉM 20 ANOS DO FALECIMENTO DA GRANDE EDUCADORA MARTA ARAÚJO.ESTA DATA TAMBÉM PASSOU DESPESSEBIDA.

  12. Ana Anselmo disse:

    Xerife. Pareçe que as pessoas não tem história. Independente de partido político, as pessoas que elevaram e honraram este Estado, deveriam sim, serem lembrados também na morte. Isso serve para os jornalistas, a imprensa de um modo geral, que deveria ter um Banco de Dados para contar tantas histórias bonitas desse Estado.

  13. Bira Viegas disse:

    Caro Robson:
    Se não lembraram do aniversário da morte do ex-governador e ex-senador DINARTE MARIZ, fatalmente não irão lembrar que o dia 02 de novembro é a data de aniversário do ex-governador e ex-senador WALFREDO GURGEL, que se vivo fosse, completaria neste ano em curso 100 anos.
    Eita povinho esquecido de homenagear pessoas que merecem respeito e consideração.
    Um abraço,
    BV

  14. CAICOENSE PURO. disse:

    É com tristeza que lamentamos esquecer a memoria de um homem que Caicó, o Seridó, o Estado e o Brasil tanto deve. Se vivo fosse Caicó, não estaria esse CAOS que se encontra por falta de liderança Politica e administrativa. Caicó ABANDONADO, sente e chora a falta de seu grande e eterno LIDER.

  15. Edilberto Reis de Santana Grüffel disse:

    E tomara que nunca mais seja, esse provedor da ditadura militar.

  16. A HISTÓRIA disse:

    Observar, conhecer e construir uma versão crítica da história, seus agentes, personagens e atores, é dever que contibui para a afirmação da identidade de um povo e de uma nação. Isso é uma obrigação natural que, para o bem do conhecimento e do saber, não se pode negar. Os homens públicos que por nós passaram ao longo do tempo, independente de terem servido ao bem comum, ou terem apenas se locupletados das pessoas de bem, seus atos, ações e atitudes, precisam ser conhecidos para que o povo reflita sobre a trajetória que nos forjou e nos concebeu como sujeitos históricos e donos de nosso próprio destino. Nessa lógica, o que temos diante de nós são alguns personagens da nossa história em que as narrativas que os enaltecem, os glorificam e os tornam heróis, nem sempre reflete aquilo que eles realmente foram. Prevalece no imaginário popular, a idéia de perfeição e santidade, para pessoas que na maioria das vezes nada mais fizeram que escravizar o povo, com ideologias e práticas que os tornavam cada vez mais dependentes de sobrevivência e atitudes, que ao final das contas, usando os artifícios do poder e do dinheiro se fizeram líderes e herois. Ao observarmos os resultados, enxergamos nada mais que ilusões criadas para um povo que vive a décadas apenas de esperanças, camufladas em cores de bandeiras de grupos políticos,que condicionam a forma de pensar e agir dos espaços a serem dominados. Assim tem sido o Seridó de Dinarte, Walfredo,do verde e do vermelho, um rastro de domínio improdutivo em um seridó arcáico,subdesenvolvido, carente de líderes e não de oligarcas. É um Seridó que ainda pensa que liberdade é apenas uma passeata no tempo de elições.
    Caríssimo blogueiro, se até você que é sempre bem informado, comete o equívoco de datas sobre a história desses líderes, imagine o povo, carente da verdadeira informação.
    DINARTE MARIZ SÓ MORRER? QUANDO SUA VERDADEIRA HISTÓRIA FOR REALMENTE CONTADA.
    Pelo bem da história!

  17. Caicoense disse:

    Poucos sabem o que se esconde por trás do brilhantismo das bibliografias!!! Um exemplo disso é o grau de heroísmo destinado a Dinarte Mariz, sem que se olhe a podridão colocada para debaixo do tapete. O que acontece não só com ele, mas com ícones de idolatria norte-riograndense como Aloísio Alves!!!

  18. macamba2008 disse:

    Ao caicoense puro, se vivo fosse, o caos estaria maior, pois os que aí estaão são seus discípulos.

  19. Meire Santos disse:

    “Aniversário da morte de Dinarte Mariz não foi lembrado?………………

    E NÃO É PRA SER LEMBRADO MESSSSSSSSSMMMMOOOOOOO

  20. José Antonio de Lima disse:

    É melhor assim…esse daí nunca mais!!!!!!!

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Sexta, 24 de Novembro de 2017


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter




Calendário

novembro 2017
D S T Q Q S S
« out    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930