Quem sabe de mim, sou eu!

— Robson Pires
02/jun/2008

Apoio do seridoense João Maia será importante para a eleição em Natal


Por Robson Pires, em

Prá onde o deputado federal, João Maia, PR, “pender? a coisa vai ficar preta para o outro lado.

A força política do parlamentar é incontestável hoje das “brenhas? do Seridó até o Palácio do Governo em Natal. Seja ele Municipal ou Estadual.

Reunindo em torno de si uma fortaleza política no Estado do Rio Grande do Norte o apoio de João Maia a quem que seja: Micarla de Sousa (PV) ou Fátima Bezerra (PT) será fundamental para as pretensões de ambas. O poder na capital.

E esta semana é decisiva. João Maia dará o sim! Ou para um lado ou para outro. Não ficará neutro.

Tem uma “queda? por Micarla de Sousa, mas “admira? Fátima Bezerra.

Continuo achando que ele terminará com Fátima. Pressentimento.

Que achas?

Foto: João Maia


6 Comentários

  1. Paulo Gilberto Morais dos Santos - João Pessoa (PB) disse:

    Jessier Quirino, paraibano dos bons, preparou essa contribuiçãozinha na forma de versos para aqueles que vão encarar a campanha que vem por aí. Os conselhos contidos nas dez estrofes de “Comício em beco estreito”, inegavelmente, são de muita serventia.

    Comicio em Beco Estreito

    Composição: Jessier Quirino

    “Pra se fazer um comício
    Em tempo de eleição
    Não carece de arrodei
    Nem dinheiro muito não
    Basta um F-4000
    Ou qualquer mei caminhão
    Entalado em beco estreito
    E um bandeirado má feito
    Cruzando em dez posição.

    Um locutor tabacudo
    De converseiro comprido
    Uns alto-falante rouco
    Que espalhe o alarido
    Microfone com flanela
    Ou vermelha ou amarela
    Conforme a cor do partido.

    Uma ganbiarra véa
    Banguela no acender
    Quatro faixa de bramante
    Escrito qualquer dizer
    Dois pistom e um taró
    Pode até ficar melhor
    Uma torcida pra torcer

    Aí é subir pra riba
    Meia dúzia de corruto
    Quatro babão, cinco puta
    Uns oito capanga bruto
    E acunhar na promessa
    E a pisadinha é essa:
    Três promessa por minuto.

    Anunciar a chegança
    Do corruto ganhador
    Pedir o “V” da vitória
    Dos dedo dos eleitor
    E mandar que os vira-lata
    Do bojo da passeata
    Traga o home no andor.

    Protegendo o monossílabo
    De dedada e beliscão
    A cavalo na cacunda
    Chega o dono da eleição
    Faz boca de fechecler
    E nesse qué-ré-qué-qué
    Vez por outra um foguetão.

    Com voz de vento encanado
    Com os viva dos babão
    É só dizer que é mentira
    Sua fama de ladrão
    Falar dos roubo dos home
    E tá ganha a eleição.

    E terminada a campanha
    Faturada a votação
    Foda-se povo, pistom
    Foda-se caminhão
    Promessa, meta e programa…
    É só mergulhar na Brahma
    E curtir a posição.

    Sendo um cabra despachudo
    De politiquice quente
    Batedorzão de carteira
    Vigaristão competente
    É só mandar pros otário
    A foto num calendário
    Bem família, bem decente:

    Ele, um diabo sério, honrado
    Ela, uma diaba influente
    Bem vestido e bem posado
    Até parecendo gente
    Carregando a tiracolo
    Sem pose, sem protocolo
    Um diabozinho inocente”.

  2. Paulo, aqui acolá voce acerta uma.

  3. O verdadeiro disse:

    Paulo parece que descobriu o Brasil, esta já é velha demais ,mande outra.

  4. OJUARA disse:

    VAMOS DIMINUIR UM POUCO, O DEPUTADO N T? COM ESSA BOLA TODA N, LEVOU ATÉ VAIA NA FESTA DE PAULO RICARDO EM JARDIM DE PIRANHAS.

  5. Paulo Gilberto Morais dos Santos - João Pessoa (PB) disse:

    Ô, O verdadeiro, essa já está velha demais, conforme você afirma, mas o que tem de velha tem de atual, né não?

  6. EnarMedeiros. disse:

    O xerife sabe e entende bem. Caicó, tem BABAO que nem presta. Basta um dinheirinho ou o poder.

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Quinta, 23 de Novembro de 2017


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter




Calendário

novembro 2017
D S T Q Q S S
« out    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930