Quem sabe de mim, sou eu!

— Robson Pires
02/jun/2008

Aprovação da PEC dos vereadores trará prejuízos para as Câmaras Municipais


Por Robson Pires, em

Se a PEC dos vereadores for aprovada – e deverá ser – aumentará o número de cadeiras nas câmaras municipais de algumas cidades do Seridó como Jucurutu e Caicó.

Mas, aumentará o numero de cadeiras e diminuirá o repasse de recursos para os legislativos.

Em Jucurutu, por exemplo, a câmara municipal ganhará mais duas vagas. Subirá de 9 para 11 vereadores. O legislativo recebe hoje em torno de R$ 60 mil reais. Cairá para cerca de R$ 35 mil reais. O salário do vereador diminuirá de R$ 2.500 reais para R$ 1.180 reais.

O que vai sobrar não dá para administrar a câmara municipal, diz o presidente Márcio Soares. Espero que o Senado e Câmara Federal mudem de opinião.

Em Caicó, o repasse para a câmara municipal é de R$ 143 mil reais. Vai cair para algo em torno de R$ 86 mil reais. O salário atual de um vereador é de R$ 3 mil reais. Ninguém sabe ainda para quanto vai diminuir ou para onde irão os cortes com os gastos. Só sei que alguns setores serão penalizados, disse Nildson Dantas, Presidente da Câmara de Caicó (na foto).


4 Comentários

  1. Luis Henrique Nóbrega de Faria disse:

    Amigo Robson Pires só a título de esclarecimento o repasse da Câmara de Caicó é R$169.616,39. Desse montante R$20.370,26. é pago de INSS ficando líquido R$149.246,13.

  2. Vereador hoje - Prefeito amanhã. disse:

    Caro Robson meu abraço.
    Aproveito para registrar no caso da aprovação da PÈC, situações de câmaras que perdem pelo conhecimento do seu representante. Quero me referir na cidade de ACARI, onde um dos seus representantes de alto conhecimento do cargo que ocupa, para uma posição brilhantemente conquistada pela vontade impar dos que almejam o progresso da sua amada terra. Refiro-me ao ilustre edil, Sr: Isaias Cabral que tanto qualifica sua posição atual e muito mais a que ocupará em um breve espaço de tempo, mas sei que o povo
    da sua cidade será o verdadeiro vencedor sem sombras de dúvidas. Parabenizo Sr: Juarez pelo dever cumprido como também para não sair das raizes, entregará o cargo ao primo que com zêlo vai selar umas das mais belas administração que uma cidade requer.
    Aos eleitores fica registrado a magnitude da
    escolha para o progresso de ACARI.
    Observando em outro Blog, que iludidos votam em troca de passagens Natal/Acari/Natal,só me resta dizer, pense grande, pense no amanhã,pense no futuro e saiba que o seu valor não é tão insignificante quanto ao preço de uma passagem, pois não está em jogo a ida e vinda, mas o futuro de alguém que pode fazer parte de você. Acari é nossa cidade e por ela temos o dever de elevá-la com estima e consideração. Gratos,
    Emanuell Signorelli

  3. Paulo Gilberto Morais dos Santos - João Pessoa (PB) disse:

    Duas perguntas que deixo no ar: 1ª) haveria todo esse “lobby” em torno do aumento das cadeiras nas casas legislativas municipais, caso o cargo de vereador não fosse remunerado? 2ª)quantas, das dezenas de milhares de pessoas que se candidatarão ao cargo país afora o fariam, caso não houvesse a referida remuneração?

  4. Discreto disse:

    Vou responder as perguntas do amigo acima.
    Ao meu ver não haveria! Infelizmente, é notório que, salvo raras exceções, o legislativo municipal, e não só ele, é visto como emprego. Pessoas que são eleitas para representar o povo e defender os interesses deste, muitas vezes só enxergam o seu próprio interesse.
    Se assim não fosse, seria bem diferente. É uma pena.

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Sábado, 25 de Novembro de 2017


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter




Calendário

novembro 2017
D S T Q Q S S
« out    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930