Quem sabe de mim, sou eu!

— Robson Pires
25/nov/2009

Atividade de repentista é reconhecida como profissão


Por Robson Pires, em

violeirossenadoCom a presença de mais de 30 repentistas de vários estados nordestinos, a Comissão de Assuntos Sociais (CAS) aprovou, nesta quarta-feira (25), projeto de lei do deputado André de Paula (DEM-PE), que reconhece a atividade de repentista como profissão artística. A proposta foi aprovada em decisão terminativa pela comissão.

De acordo como o senador Marcelo Crivella (PRB-RJ), relator da proposta (PLC 174/07), a medida visa a atualizar lei que trata da regulamentação das profissões de artistas e de técnico em espetáculos de diversões (lei 6.533/78), que não incluía a atividade de repentista entre os artistas.

Repentista, pelo projeto, é quem usa o improviso rimado como meio de expressão artística cantada, falada ou escrita, com composição feita de imediato ou pelo recolhimento de composições de origem anônima ou da tradição popular. Assim, ressalta Crivella, são considerados repentistas os cantadores e violeiros improvisados, os emboladores e cantadores de coco, os poetas repentistas e os cantadores declamadores de causos da cultura popular, bem como os escritores da literatura de cordel.

chico-motaNa avaliação da presidenta da CAS, senadora Rosalba Ciarlini (DEM-RN), o repente, muitas vezes, serve como instrumento de divulgação e apoio às causas sociais, uma vez que podem falar de ações de cidadania. Como exemplo, ela contou que repentistas já contribuíram com ações contra a dengue e a mortalidade infantil.

Rosalba disse ainda que no período da ditadura militar essa forma de expressão artística era um dos únicos meios de divulgação de mensagens educativas, na qual os estudantes encontravam estímulo para lutar pela liberdade.

Foto: Repentistas cantaram o Repente da Vitória: “O repente tem dois séculos, e foi reconhecido agora”.

Foto abaixo: Chico Mota – Violeiro caicoense – Da Rádio Rural AM de Caicó


2 Comentários

  1. Terezinha Dias de Araujo disse:

    Nós caicoenses nos alegramos de tê-lo como conterrâneo. Personalidade ilibada, herança cultural que deixa um legado invejável à sua descendência. Nós o admiramos pela bravura como conduziu sua família, para o patamar de homens e mulheres de bem, com seu exemplo de vida. Parabéns!

  2. Francisco Brito disse:

    Vez por outra leio neste blog a expressão “Reserva Moral”. No meu modesto entendimento este podemos considerar, Reserva Moral e Reserva Cultural de nossa região. Permanece até hoje com a mesma postura, com a mesma simplicidade e demonstrando como um homem de bem cria e educa uma grande família dentro dos padrões de educação e respeito, com o próprio suor do seu rosto no exercício de seu ofício. Parabéns ao “velho” Chico Mota, e toda sua família, especialmente Djalma Mota, por quem nutro uma grande admiração e Fátima Mota minha colega de curso Ginasial.

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Quinta, 23 de Novembro de 2017


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter




Calendário

novembro 2017
D S T Q Q S S
« out    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930