Quem sabe de mim, sou eu!

— Robson Pires
29/jul/2008

Atriz abre processo contra a Banda Cavaleiros do Forró


Por Robson Pires, em

A atriz Bruna Di Túlio não gostou nada de ver sua imagem no DVD da Banda “Cavaleiros do Forró?. Ela, que inicialmente, havia sido contratada apenas para fazer presença no show da banda, ocorrido no dia 11 de fevereiro de 2007, descobriu que sua imagem foi usada sem autorização ou pagamento de cachê na obra. O caso virou processo, e a sentença foi proferida nesta terça-feira, 29, pela juíza Cláudia Pires dos Santos Ferreira.

“A juíza decretou o pagamento de R$ 20,750 por danos morais, e ainda um valor a ser apurado pelo perito em cima dos danos materiais. Ele vai avaliar o dano, além de levar em consideração o número de DVDs vendidos, que já ultrapassa um milhão de cópias, acrescidos de juros de 1% aos mês?, informou o advogado da atriz Sylvio Guerra, que ganhou a causa.

Procurada para falar sobre o assunto, Bruna Di Túlio falou sobre a vitória na justiça. “Não gosto muito de falar sobre esse assunto porque me incomoda. Sou atriz, e minha imagem é uma coisa muito importante”, diz

O contrato teria envolvimento de uma terceira pessoa.

A sentença ainda cabe recurso, e é isso que os representantes dos “Cavaleiros do Forró? pretendem fazer.

Em conversa com o site, o administrador Davi Chavante, funcionário do escritório do grupo, confirmou o recurso e ainda reclamou que não foi notificado sobre a audiência desta terça-feira.

“Tomamos conhecimento de que estávamos envolvidos em um processo, mas não fomos notificados sobre essa audiência. Primeiro, quero que a juíza nos mostre a ata de recebimento da notificação assinada por nós. Depois, vamos entrar com recurso alegando que não nos foi dado o direito de defesa?, disse Davi.

Ele contou também que estranhou o processo em cima da banda, já que uma terceira pessoa, a serviço dos “Cavaleiros do Forró?, teria feito a negociação com a atriz.

“Contratamos a Silvia Goulart dos Santos, que é dona de uma empresa de agenciamento de atores. Para nós, estava tudo certo. Não tivemos nenhum contato direto com a atriz?, contou.

Fonte: Globo.com


3 Comentários

  1. alguém disse:

    Robson Pires, voce que é o xerife da cidade, peço que faça uma matéria sobre o absurdo da secretaria de saúde, mas sem publicar o meu comentário pois o pau se quebra no pequeno e eu sou funcionário. O secretário Waldemar Cordeiro deu ordem ao autorizador Joedilson para não autorizar nem exame nem encaminhamento feito pelos enfermeiros do Psf, que são da equipe dele mesmo. Os enfermeiros não sabem de nada, nem os pacientes. Solicitam as ultrassons, as mamografias, e outros exames, os pacientes dão entrada nos computadores dos postos e ficam esperando meses e meses por algo que nunca virá sem saberem de nada. Isso não é fazer o povo de besta? E se o paciente tiver algo grave? E mamografia é um exame que toda mulher tem que fazer todo ano apartir dos 40 anos, como não autorizar? Os enfermeiros são legalmente autorizados; eu não sei o número da lei, mas tenho certeza disso. Todo mundo sabe.

  2. william de Souza disse:

    Meu caro Robson, nem bem começou a campanha aqui em Currais Novos e as perseguições já se iniciaram. Servidores do Hospital Regional Dr. MAriano Coelho disseram que os apaniguados da ex-diretora administrativa e candidata a vice-prefeita da chapa do DEM (aqueles que ganharam cargos comissionados com salários altísimos, mas que não dão um único dia de expediente), Milena Galvão, estão patrulhando todos aqueles que declaram o voto no candidato do PSB, prefeito Zé Lins. Há bem pouco tempo, Joana, enfermeira, esposa de Ivo Procópio, teve uma gratificação de plantão no valor de R$ 800 reais sustada do seu contra-cheque, somente porque o seu marido adesivou o seu quiosque com a propaganda do prefeito Zé Lins. A enfermeira percebia essa gratificação desde o governo Garibaldi Filho.
    Acontece que o candidato oficial do sistema da governadora Wilma de Faria é o atual prefeito Zé Lins, enquanto Milena é candidata a vice de um opositor do governo estadual, mas nem isso está impedindo que as perseguições sejam feitas. Milena deixou a diretoria administrativa do hospital, mas conseguiu deixar em seu lugar um pau-mandado que faz tudo o que ela quer. E tem mais, o auditório do hospital está servindo, segundo comentam, para reuniões e encontros da coligação do DEM/PTB/PP. É bom que a govrnadora Wilma tome as providências enquanto é tempo, pois numa campanha como essa oposição não pode mandar em governo.
    O caso da enfermeira já está no Ministério Público.

  3. O BEBÊ NÃO RESPIRA disse:

    e essa “atriz”…

    ela é a famosa….. quem?????????????

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Quinta, 23 de Novembro de 2017


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter




Calendário

novembro 2017
D S T Q Q S S
« out    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930