Quem sabe de mim, sou eu!

— Robson Pires
23/nov/2009

Caboré no estaleiro: gripe e caganeira


Por Robson Pires, em

caboré xiqueO blogue Bar de Ferreirinha recebeu ligação hoje do jornalista Orlando Caboré Rodrigues, titular do blogue O Caboré, indicado aqui como Bom de Beber.

Ele pediu para o Bar avisar aos seus leitores que está afastado temporariamente das funções de blogueiro, acometido por uma gripe renitente acompanhada de uma caganeira infernal.

“Quando eu espirro, cago automaticamente” disse o Cabora, especialista nas artes da flatulência e da produção de fezes.

Caboré, o texto mais ferino da blogosfera, está desconfiado de que a Véa do Bicão está lhe fazendo companhia, doida pra embarcá-lo, “mas eu vou dá-lhe uma mãozada, daquelas de Miguel Mossoró”.

Simultaneamente às agruras com a Véa, a gripe e a caganeira, ele está reunindo informações para o seu próximo livro que vai tratar dos crimes de Caicó no fim da década de 1960, que colocaram a pacata Rainha do Seridó no noticiário nacional.

Assunto que Caboré tem bem fresquinho, guardado naquela cabecinha protuberante.

Boa recuperação, Cabora!

Foto: Caboré e duas tietes. É chato ser bonito?


Nenhum Comentário Até o Momento, Seja o Primeiro a Comentar!

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Quarta, 22 de Novembro de 2017


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter




Calendário

novembro 2017
D S T Q Q S S
« out    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930