Quem sabe de mim, sou eu!

— Robson Pires
14/jul/2009

Caso dos grampos: procurador reapresenta ao Tribunal de Justiça denúncia nesta quarta feira contra juiz e delegado


Por Robson Pires, em

manoelonofreneto-marlioO Procurador Geral de Justiça, Manoel Onofre de Souza Neto(Foto), reapresenta nesta quarta-feira(15), às 14h, ao Tribunal de Justiça, nova denúncia contra o Juiz Carlos Adel e o delegado Maurílio Pinto de Medeiros, ex-secretário adjunto de Segurança Pública do Estado.

A ação é referente a instalação de 1.864 grampos telefônicos, que segundo a denúncia, foram feitos atropelando os limites da lei para investigações com interceptações telefônicas.

Em maio deste ano, o juiz Carlos Adel foi punido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) por uma denúncia que também tratava de concessões suspeitas de escutas telefônicas.

O CNJ determinou a transferência obrigatória do juiz para uma Vara não Criminal.

Adel atuava na 12ª Vara Criminal.

A decisão do CNJ supriu um princípio básico da carreira de juiz, que é o da inamovibilidade, ou seja, eles não podem ser removidos de suas funções, exceto em casos extremos.

Assim que saiu a decisão do CNJ, o juiz pediu licença médica.

O Tribunal de Justiça vai decidir se aceita ou não a denúncia do MPE contra Carlos Adel e Maurílio Pinto.

Por Oliveira Wanderley

Do Blog: Entre os telefones grampeados estavam os dos jornalistas Robson Pires, da Rádio Rural AM de Caicó e o da Jornalistas Anna Ruth da Tribuna do Norte.


Nenhum Comentário Até o Momento, Seja o Primeiro a Comentar!

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Quarta, 24 de Janeiro de 2018


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter



Calendário

janeiro 2018
D S T Q Q S S
« dez    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031