Quem sabe de mim sou eu!
Robson Pires
24/abr/2007
ás 14:44
Publicado por Robson Pires na categoria

Com uma campanha considerada de baixo nível eleição do CERES será amanhã

Amanhã será realizado a eleição de escolha da nova diretoria do Centro Regional de Ensino Superior do Seridó. Nunca uma campanha atingiu níveis tão baixos. Uma famigerada carta anônima ainda circula por vários pontos da cidade, inclusive no campus, denegrindo seriamente a moral dos integrantes de uma das chapas. Coisa feia mesmo!

Nenhuma alma viva desta cidade sabe de onde partiu a carta. Não houve uma investigação.

Existem acusações no boca-a-bôca sem entretanto aparecer alguém que assuma ou prove. O medo de se comprometer fala mais alto.

Agora circula uma outra notícia nos bastidores da “suja? campanha.

Dizem que uma das chapas concorrentes – não se sabe qual – anda dizendo que, se ganhar a direção, vai lutar pela permanência do advogado e professor Mário Trajano na faculdade.

Mário, é o tal advogado e professor que se envolveu numa confusão neste final de semana que passou, com o tal Issac Tôrres depois de passarem uma noite farreando. Ao amanhecer do dia, Issac foi à residência de Mário e quebrou a cara dele com uma garrafada. Os motivos, a população inteira ouviu nas Rádios locais.

Duas chapas concorrem ao pleito amanhã: Uma encabeçada pelos professores Clóvis e Douglas. A Outra, pelos professores Ione e Camilo.

É…  A classe universitária deve estar indignada! Fazer o quê?

Sim, a chapa que vencer vai embolsar R$ 4 mil reais por mês de gratificação. Além de outras regalias.

Perguntam: O que R$ 4 mil reais não anda fazendo?


2 Comentários

  1. O JUSTO disse:

    Rpz, sem comentários, porém, vou comentar…

    Numa democracia sadia o eleitor vota no “MELHOR CANDIDATO”
    No entanto, nestas eleições, a classe universitária será obrigada a votar na “CHAPA MENOS RUIM”.

    Votar no “MENOS RUIM” não se coaduna com o exercício de uma democracia plenamente íntegra, pois votar “NO MELHOR” é o que fundamenta a democracia.

    Logo, se é de escolher o “MENOS RUIM”, o ideal é anular o voto, na medida em que o eleitor se vê obrigado a votar numa chapa ruim, muito embora seja a “MENOS”.

    Deveria, a classe universitária, demonstrar a insatisfação com esta triste realidade e dar uma lição a estes que se valem de toda sorte de meios ilícitos para alcançar uma “bolinha” de 4 mil reais.

    Quanto ao Sr. Mário Trajano, é lamentável que uma chapa faça tanta questão pela permanência deste professor no campus de Caicó. Também, aqui, não estou denegrindo a imagem dele, mas, apenas relato que um homem que sempre é manchete (inclusive das colunas criminais) não teria, ao meu ver, a postura de um mestre acadÊmico.

    DESPERTA CAICÓ, tu que dormes e NÃO Vê que o campus da cidade se tornou uma verdadeira babilônia. Levanta, ó classe universitária! Não deixe que acabem com o nosso patrimônio cultural…

  2. Taiana Dantas disse:

    discordo de que o real interesse dos candidatos se volta apenas para uma gratificação de 4 mil reais. muito pelo contrário, é o desejo de mudança que nos alunos aqui do ceres nesse momento queremos, chega de promessas! e esse é o momento oportuno que nós temos para exercer a nossa democracia, o que muitos ñ queria q acotecessi, e q permanecessi apenas uma unica chapa disputando as eleições a que já está a 8 anos.

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Quinta, 19 de Outubro de 2017


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter




Calendário

outubro 2017
D S T Q Q S S
« set    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031