Quem sabe de mim, sou eu!

— Robson Pires
07/jul/2008

Começou a baixaria


Por Robson Pires, em

A campanha política mal começou, mas a baixaria pela disputa das prefeituras do Seridó já.

Sai de mim abacaxi que eu tomei leite! (é o novo?).

Tá ficando do jeito que político incompetente adora. Pouco se escuta falar em debates para discutir os reais problemas das cidades.

O que se vê é troca de acusação daqui e dacolá… bobagem… babaquice… candidatos fracos… e assim por diante…

Os comentários agressivos com ataques pessoais não serão aceitos pelo Blog do Xerife da Cidade.

Tenho dito!

Sim! Vão procurar o que fazer…


8 Comentários

  1. Seridó disse:

    Robson só não podemos esquecer de falar sobre a operaçao Hígia. Para o bem do povo.

  2. Delma Lopes disse:

    Concordo com você, Robson!
    É uma pena que os políticos ignorem a inteligência dos eleitores. Hoje a sociedade está mais atenta, e melhor informada sobre o que se passa nas administrações municipais e estaduais. Mas pelo jeito são os candidatos que estão desinformados quanto as reais necessidades da população, que não quer assistir a um “Festival de baboseira”, e sim ouvir propostas – ou talvez seja falta de respeito mesmo. Eu realmente espero que a resposta seja traduzida nas urnas. Um abraço, parabéns pelo seu trabalho. É através do seu blog e de outros poucos profissionais que tenho me mantido informada sobre o que ocorre nessa terra tão querida, onde nasci, minha família vive até hoje, e que quero ver crescer…

  3. João da Mata disse:

    Robson. Seria interessante que os blogueiros deixassem de abrir espaço para o pessoal da baixaria. Concordo com você. Já estamos numa Era em que as propostas (e o cumprimento delas) são mais importantes para as cidades do que o disse-me-disse de campanha.

  4. Tudo mudou, mas a forma de fazer política não muda. Quando será que os que se dizem preparados para representar o nosso povo vão mudar também. Devia ser desencadeado uma campanha contra os candidatos que, eles, ou seus cabos eleitorais espalhassem boatos e baixarias. Caicó não está diferente do resto do Estado, até mesmo da capital. Hoje estava em uma agência bancaria e assisti dois senhores de certa idade, falando das pretensões sexuais de determinada pessoa, que por sinal está disputando as eleições. O povo devia ser conscientizado e não votar em quem plantou ou deixou plantar baixarias. Parabéns por decisão de não publicar baixarias.

  5. A Verdade deve ser dita disse:

    Xerife, é claro que uma campamha política deve ser baseada na ética e nos bons costumes. E em um bom programa de governo, principalmente se a eleição é para cargos do executivo.
    Porém, caso se saiba de deslizes e irregularidades praticadas por algum candidato, acho que é um dever alertar o eleitorado.
    Acho que candidato com telhado de vidro é que
    quer manter o “nivel alto” da campanha.
    Errou, o povo deve saber. E durante a campanha é um bom momento para isso. O que não deve haver são insultos e ofensas à honra, agressões à pessoa.
    E se houver acusações mútuas entre os postulantes, aí chame-se o MP para apurar o caso.

  6. bibizado disse:

    abra a porta e a janela e venha ver bibi passar , abra a porta e a janela e venha ver bibi passar , bibi e gilberto vão amanheçer o dia é madrugada ja ganhou quem eu queria…
    ………

  7. Paulo Gilberto - Patos (PB) disse:

    Concordo com Delma Lopes mas entendo que o eleitor, para demonstrar sua inteligência, deveria cobrar dos legisladores, entre outras coisas, mudanças na lei eleitoral, de forma que se tornasse impossível a alguém ter a atividade política como meio de vida. Quando, por exemplo, um prefeito não pode concorrer à reeleição, coloca o pai ou mãe, um filho ou filha, o sogro ou a sogra, um tio ou uma tia, um primo ou prima, um/uma amante, enfim, faz campanha para alguém para quem, caso eleito/a, possa pautar a atuação, continuando, de fato, com o poder em mãos.

  8. Ja vi esse filme disse:

    Conheço essa música, já vi esse filme antes: …Pra que tanta besteira, venda logo a algodoeira nesta eleição. É quinze de novembro e vai amanhecer o dia, é madrugada e já ganhou quem eu queria. É madrugada e até agora nada, seu Mané não aparece, aqui tudo mudou, Vivaldo já ganhou, ah se eu pudesse…
    Lembram da Música? Eu lembro até até da autora desse plagio, muito bom, por sinal.
    Naquele distante 1972, deu Seu Mané, para muitos, Zebra. Inclusive para mim. E hoje? Aguardemos…

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Quarta, 22 de Novembro de 2017


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter




Calendário

novembro 2017
D S T Q Q S S
« out    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930