Quem sabe de mim, sou eu!

— Robson Pires
12/nov/2008

Conforme este Blog adiantou disputa pela Presidência do Tribunal de Contas vai terminar nas páginas dos jornais


Por Robson Pires, em

Deu na Coluna Cena Urbana, do jornalista Vicente Serejo, edição desta quarta feira, 12, do Jornal de Hoje:

RISCO – I

Ao aceitar ser candidata a presidente do Tribunal de Contas, mesmo sendo o último nome do seu rodízio, a conselheira Adélia Sales corre o risco de promover o confronto político interno.

LUTA – II

A candidatura Adélia é considerada uma articulação do conselheiro Tarcísio Costa, tradicional adversário político de Renato Dias em Caicó, transformando a sucessão do TC em luta pessoal.

DESGASTE – III

A candidatura Adélia estaria em silêncio tentando quatro dos sete votos que formam o plenário do TC e, com isso, impondo a quebra do rodízio e a própria tradição da casa para suas eleições.

MUDANÇAS – IV

Até agora ninguém adianta previsões. Os dois lados fazem suas contas e acreditam na vitória, o que leva o processo sucessório, até dia 4 de dezembro, a data-limite, sem uma definição oficial.

POSTURA – V

Dos silêncios o mais profundo é o do conselheiro Paulo Roberto Alves, presidente do TC, até para evitar o desgaste que levaria o Tribunal a uma sucessão exposta nas páginas dos jornais.

Previsão deste blogue: a sucessão para a Presidência do Tribunal de Contas vai terminar nas páginas dos jornais. Sim!

Eu aposto!


6 Comentários

  1. Seridoense disse:

    A bola da vez é Renato Dias, por questão de antiguidade. Agora o arrogante e Pedante do Tarcisio Costa. Devia levar em conta isso e não a questão pessoal e política de Caicó para dentro do TC.

  2. Cassimiro disse:

    Robson, quem tem memória lembra que a 6 anos atrás, o próprio Renato Dias foi contra a camdidatura do Dr.Tarcísio Costa, que foi eleito presidente do Tribunal, porque Agora ele quer ser unanimidade. É como diz o ditado, pimenta no dos outros é refresco.

  3. Ailton disse:

    Adélia Arruda Sales é a mais indicada e competente para o cargo vez que está fora de política partidária e é funcionária de carreira do TCE, com formação direcionada para a Instituição.

  4. roberto villar disse:

    O que axo engraçado é que todos dizem que deve ser renato por antiguidade, se tem q ser ele era p o próprio regimento interno do TC n deixar brechas p outro se candidatarem.
    Agora um costume quer se sobrepor a possibilidade de Adélia Arruda se candidatar???
    Isso sim é um arrumadinho grande, é presidente porque sou mais velho! Nenhum Tribunal do Brasil adota essa teoria!!
    TEM QUE TER VOTAÇÃOOOOOOOO E NAOOOO ARRUMADINHOOOOO!!!
    abraço xerife!!

  5. EXTINÇÃO disse:

    Xerife, já pensou quanta grana seria economizada com extinção desse dispensável tribunal!?
    Esse cabide de empregos apenas faz de contas que fiscaliza.
    Se a fiscalização fosse feita por um órgão independente, privado, o estado economizaria duas vezes. Primeiro, não seriam encobertas as irregularides do políticos e, segundo, com os altos salarios dos senhores conselheiros que, para nossa vergonha, são indicados pelos parentes políticos. Já se disse aqui que teve até governante que alterou a Constituição do Estado pra inidicar um parente. QUE VERGONHA!
    Xeriffe, eu ainda não entendi o interesse de um político em ter um parente no TCE, salvo, o bom salário…

  6. Francinete disse:

    Concurso já para o TCE! que vergonha, só politicagem e apadrinhamento!!!

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Quarta, 22 de Novembro de 2017


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter




Calendário

novembro 2017
D S T Q Q S S
« out    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930