Quem sabe de mim sou eu!
Robson Pires
07/maio/2010
ás 12:17
Publicado por Robson Pires na categoria

Conselho de engenharia encaminha Moção de Repúdio contra concurso público da prefeitura de Currais Novos

O Crea-RN realizou recentemente o 7º Congresso Estadual de Profissionais do Sistema Confea/Crea (CEP). Foram aprovadas 19 Propostas e três moções.

O engenheiro João Maria Cavalcanti aprovou 6 propostas e duas moções, sendo eleito delegado para representar o Crea-RN no Congresso Nacional que vai acontecer em Cuiabá-MT, no mês de agosto deste ano.

Dentre as propostas e moções aprovadas destacam-se:

1) Moção de Aplausos à deputada federal Fátima Bezerra pelo seu empenho para trazer ao interior do Estado o Instituto Federal de Educação, principalmente para o município de Caicó;

2) Moção de Repúdio à Prefeitura de Currais Novos pela realização do concurso público para engenheiro, com salário R$ 473,85. Valor insignificante e muito abaixo do piso profissional (sendo esta aprovada pelo presidente do Crea-RN, Adalberto Pessoa de Carvalho);


8 Comentários

  1. Márcio disse:

    Era só o que faltava, desde quando engenheiro tem piso salarial? se o salário é baixo, niguém é obrigado a fazer o concurso.

  2. Engenheira Indignada disse:

    Sr. Márcio, quantos anos você tem? Se você não sabe os profissionais de engenharia tem sim piso salarial e sabe de quando? Desde 1966. É a Lei 4950-A/66 que Dispõe sobre a remuneração de profissionais diplomados em Engenharia, Química, Arquitetura, Agronomia e Veterinária. Procure no Google que você acha.
    Acontece que o senador Sadi Cassol (PT-TO), está entrando com um Projeto de Emenda Constitucional, que garante o piso salarial nacional dos profissionais em editais de concursos de órgãos públicos. Entendeu? A prefeitura de Currais Novos não conhece esta lei também.

  3. rogerio disse:

    Oh Márcio se não é de seu conhecimento, qualquer empresa privada que contrata engenheiro civil para seu quadro técnico com CTPF, ela é obrigada a pagar pelo menos 6 salários mínimos por seis horas de trabalhos diários, isso é o mínimo. Eu não fiz nem em caicó e nem em Currais novos pq não passei 5 anos estudando engenharia pra receber isso, mas infelizmente tem colegas que fizeram na esperança de ser aprova a lei que obriga o órgão publico a pagar o piso mínimo, que as empresas privadas são obrigadas a pagar.

  4. o cara disse:

    conheço os dois primeiros colocados deste concurso, nenhum dos dois aceitaram o cargo, ficou uma mulher que nunca exerceu a profissão, vejam só a qualidade dos serviços que ela vai fazer. só acho que ela vai para natal ficar a disposiçao de alguma coisa e eles irão contratar um engenheiro com dispensa de licitação. isso é tudo que eles queriam.

  5. Dr. verdade disse:

    O contrato do engenheiro da PMCN é
    de R$ 4.500,00. Está vendo Marcio
    Gomes.

  6. CONTRARIA disse:

    MAS O ENGENHEIRO TEM UM PISO NACIONAL NO VALOR DE DEZ SALARIOS MÍNIMOS

  7. o cara disse:

    dr. verdade vc ta enganado, este contrato ai foi feito EXATAMENTE com dispensa de licitação, o salario oferecido do concurso foi sim de 473,85.

  8. José disse:

    o cara” Você desconhece totalmente o que afirma quando informa que a mulher que tomou posse, na ausência dos seus dois amigos, não tem experiência. Esta mulher além de ser formada, ainda tem duas especializações em sua área, já exerce a profissão a mais de 15 anos na iniciativa privada. Com relação aos serviços que serão executados sob a responsabilidade da mesma procure você mesmo avaliar o que afirma sem conhecimento técnico. Não concordo com o salário oferecido, por ocasião do edital. Mas a luta pela regulamentação salarial é um desafio a ser enfrentado.

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Sexta, 20 de Outubro de 2017


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter




Calendário

outubro 2017
D S T Q Q S S
« set    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031