Quem sabe de mim, sou eu!

— Robson Pires
09/nov/2009

DNIT está recuperando as estradas federais do Rio Grande do Norte


Por Robson Pires, em

joão maia e denitQuem trafega pelas rodovias federais do Rio Grande do Norte já sente a diferença com os investimentos que o DNIT, através do Ministério dos Transportes, que tem a frente o potiguar Alfredo Nascimento (PR), vem realizando na malha viária potiguar. Antes eram buracos, rodovias praticamente sem asfalto e falta de acostamento. No entanto este cenário começa a mudar.

Isso se deve ao Programa de Conservação, Restauração e Manutenção de Rodovias (Crema), cuja ordem de serviço foi assinada pela Superintendência Regional do DNIT/RN, e contou com a presença do deputado federal João Maia (PR), um dos principais articuladores da Bancada Federal pelos investimentos na Infra-Estrutura Rodoviária Federal, durante evento no mês de maio em Natal. Ao fim dos serviços, toda malha federal pavimentada estará totalmente recuperada. Os investimentos ultrapassam os 237 milhões de reais. “É sem dúvida alguma, o maior programa de reconstrução, manutenção e conservação rodoviária do Rio Grande do Norte”, comemora o deputado João Maia ( na foto de cabelos brancos).

O Crema vem mudando o cenário de todas as estradas federais do Estado, como a BR-101 Norte (Natal até Touros, incluindo a área urbana da Zona Norte de Natal), 226 (Natal-Tangará-Currais Novos), BR 304 (de Natal até divisa do Ceará, passando Assu e Mossoró); BR-405 (de Mossoró até a divisa com a Paraíba, passando por Pau dos Ferros); BR-406 (de Natal até Macau, passando por Ceará-Mirim); BR 110 (Areia Branca-Campo Grande).

E já está prestes a começar a recuperação dos trechos: BR 226 (Florânia-Jucurutu/Triunfo Potiguar/Campo Grande/Janduis/Patu); BR 110 (Mossoró/Areia Branca); BR-427 (Currais Novos até divisa com a Paraíba, passando por Caicó e Serra Negra do Norte). O DNIT ainda está à frente dos serviços de duplicação e adequação da capacidade de trafego da BR-101 Sul, que vai do viaduto de Ponta Negra até a divisa com a Paraíba, isso em território potiguar. Os investimentos com a duplicação são da ordem de 410 milhões de reais.


1 Comentário

  1. Seridoense disse:

    É por essa capacidade de ser grande empreendedor que João Maia deve ser o futuro Governador. Agora outros só vivem de batizados, feijoadas e tapinhas nas costas e querem ludibriar o povo.

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Segunda, 20 de Novembro de 2017


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter




Calendário

novembro 2017
D S T Q Q S S
« out    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930