Quem sabe de mim, sou eu!

— Robson Pires
10/nov/2008

É incrível!!! Lula teve um “surto” de lucidez…


Por Robson Pires, em

Tem uns bocós e idiotas (mesma coisa, né?) leitores deste blogue que me dariam um enorme prazer em não tê-los como frequêntadores.

Não entendem nada do que escrevo! Cambada de burros!!!

Quando disse que Barack Obama não era a salvação do “mundo? (EUA) quis dizer que a diferença não estava na cor. Mas, sim, na competência. Não é porque ele é negro que vai salvar a pátria. Pois, brancos e negros são iguais. Seja quem for! Agora, vibrar porque Obama “é o primeiro presidente negro do país? como se ele fosse coisa do outro mundo é uma grande besteira!

Embora eu ache que só o Super-Homem seria capaz de, neste momento, salvar os EUA. Rs… rs.. rs… rs… rs…

Mas, meus bocós! Eu estou falando dos bocós! Não estou fazendo referência aos leitores inteligentes que discutem neste espaço com democracia…

Leia o que diz o editorial da Revista Veja, desta semana, que está nas bancas:

“Veja dedica 23 páginas desta edição ao fenômeno político de massa e de opinião pública que se formou nos 21 meses transcorridos entre o lançamento da candidatura de Barack Obama à Casa Branca e sua eleição na semana passada. Sob pena de muitos se decepcionarem com a realidade que se imporá depois que o novo presidente começar a governar, é vital não se deixar levar pelo “Oba-obamismo?, a corrente popular de simpatia e esperança que hora envolve as pessoas de forma calorosa e “pouco racional?. A chegada de Obama ao poder não vai tirar dos Estados Unidos o peso específico de potência militar e econômica nem arrefecer a rispidez ocasional decorrente dessa responsabilidade?.

Leia o que diz um dos mais renomados blogueiros do país, Reinaldo Azevedo, da Veja:

A cobertura jornalística, na média é patética – e não é só no Brasil, não. Parece que a eleição de Obama corresponde ao fim de um aparthheid, o que é uma cretinice.

Leia o que disse o jornalista Diogo Mainard da Revista Veja:

McCain perdeu. Eu perdi com ele. Meus candidatos quase sempre perdem. Quando um deles ganha, sempre dá um jeito de me envergonhar. É melhor perder.

Leia o que disse nosso glorioso Presidente Luiz Inácio Lula “papudinho? da Silva à Revista Veja num dos seus “raros? momentos de lucidez:

“Há uma diferença muito grande entre ganhar uma eleição e governar um país como os EUA. Vamos esperar que ele tome posse para ver o que vai acontecer?

Parabéns, presidente Lula! Acertou uma. Tô quase querendo ser seu amigo…

E agora?

Entenderam o que eu quis dizer, bocós? (só os bocós, viu?).

Não?

Tá nora de procurar urgentemente uma junta de psiquiatras…


1 Comentário

  1. LERO LERO disse:

    Xerife, deixa de lero, homem de Deus. Um negro, e ainda por cima com nome de mulçumano, ser eleito presidente de um pais racista como os EUA, quebrando todos os paradigmas, é um fato pra ficar na história.
    Não sou admirador dos EUA, nem muito menos da democracia lá praticada (sou mais a nossa verde e amarela), mas não podemos negar que foi uma lição para o mundo e de muito significado.
    E deixe de lero e morreu maria prreá.´

    P.S.
    Xerife, aceite, porém, meus cumprimentos pelo elogio ao Papudinho. Aos poucos vc vai gostando dele (do governo, lógico). E quando ele lhe conceder a tão sonhada entrevista, aí vc vai pra galera. Tô torcendo.

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Sábado, 18 de Novembro de 2017


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter




Calendário

novembro 2017
D S T Q Q S S
« out    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930