Quem sabe de mim, sou eu!

— Robson Pires
16/dez/2010

Em sessão histórica, ex-prefeitos são homenageados pela Câmara de Caicó


Por Robson Pires, em

A Câmara de Caicó esteve reunida nesta quinta-feira (16), data da emancipação política municipal, para homenagear os ex-prefeitos, e seus respectivos vices, em sessão solene idealizada pelo vereador Miltão Batista (PR), que aproveitou para fazer um balanço da história política local, desde a ditadura de 1968, até a redemocratização do país.

Com exceção do ex-prefeito Manoel Torres, que governou a cidade por duas oportunidades (1973/77 e 1989/92), mas que foi representado pelo sobrinho David Torres, os demais homenageados estiveram presentes. “São os monstros sagrados da política de Caicó”, disse o vereador Miltão.

O primeiro agraciado da noite, Francisco de Assis Medeiros (1969/73), lembrou o duro fardo carregado, tendo que exercer a advocacia em meio ao regime militar, e a eleição para prefeito de Caicó, contribuindo com a construção do pensamento democrático. “E virei Burra Cega para me popularizar”, falou sobre a imagem distante que as pessoas tinham de um homem com vivência nos tribunais.

O ex-prefeito Nilson Dias (1998/200) convocou as futuras gestões a aproveitar o potencial educacional de cidade, através das universidades e do IFRN. “Caicó precisa valorizar o potencial da juventude, pois é ela que vai fazer a nossa história futura”.

O ex-prefeito Roberto Germano, que também é ex-presidente da Câmara, afirmou que hoje estava se escrevendo mais uma página da nossa história política. “Será que a gente fez por merecer? Cada um deu a sua contribuição. Temos que estimular os jovens a entrarem na política, mas querendo faze o bem às pessoas que estão ao nosso redor”, disse.

Professor

O deputado estadual eleito, Vivaldo Costa (PR), lembrou da sua militância política desde os anos 70, quando, segundo ele, o “o radicalismo era mais estratégico”. Ele se orgulha ter sido o “professor” de muitos políticos. “Eu tive o cuidado de organizar uma plêiade de jovens que ingressaram na vida pública. Todos foram crias políticas de Vivaldo Costa”, disse ele referindo-se a Irami Araújo (1977/83), aos irmãos Dadá (1983/88) e Bibi Costa (atual), Silvio Santos (1993 a 1996) e Roberto Germano (2001/ 2004).

Confira algumas imagens da solenidade:

Esquerda para direita: Bibi Costa, Dadá, Irami Araújo e Vivaldo Costa

Francisco de Assis Medeiros  – Burra Cega

Vivaldo Costa 

Sílvio Santos

Nilson Dias

Roberto Germano

Bibi Costa


4 Comentários

  1. andinho disse:

    até que enfim depois de quase 8 anos colocaram o quadro de Roberto Germano na galeria dos prefeitos do centro administrativo

  2. Não que eu seja contra a algumas homenagens que são feitas, mas o momento não é oportuno, uma vez que se fala tanto em crise.
    O povo precisa saber,se tal homenagem custou alguma cifra, bem como de onde saiu esse dinheiro para custear a referida festa.
    É lógico que o pagamento foi feito com o dinheiro público ou eu estou mentindo? Será que eles(os veradores e ex-prefeitos) fizeram uma “vaquinha”?. Será que o povo teve o privilégio de degustar o “wísque” 12 anos? Vai vendo…

  3. medeiros disse:

    estão falando de ex-prefeitos e quem é essa mulher que esta do lado de Dr. Irami? é alguma ex-prefeita de Caicó que eu nunca houvi falar?

  4. cenilton disse:

    essa foi uma homernage mais justa que a cãmara ja fez

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Terça, 20 de Fevereiro de 2018


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter



Calendário

fevereiro 2018
D S T Q Q S S
« jan    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728