Quem sabe de mim sou eu!
Robson Pires
14/maio/2010
ás 14:31
Publicado por Robson Pires na categoria

Ex-vereador Renato envia sua versão dos fatos ao blog

Em contato com o blog, o ex-vereador natalense, Renato Dantas, teve a oportunidade de contar sua versão de recentes fatos de cunho pessoal, mas que acabaram tomando conta do noticiário estadual.

Leia sua certa na íntegra:

Carta de um pai

Quem já teve a felicidade de ser pai saberá compreender o imenso amor que sinto pelos meus filhos. São três as razões da minha alegria e, para mim, eles sempre estiveram e sempre estarão em primeiro lugar. Sinto-me realizado como ser humano toda vez que recebo um sorriso, um beijo, um abraço. Até as travessuras me fazem bem. Essa minha ligação com as crianças ficou ainda mais forte depois da separação. A partir de então senti ainda mais necessidade de estar cada vez mais presente e ser cada vez mais pai.

Talvez tenha sido por isso que me surpreendi tanto, quando no dia 9 deste mês de maio, ao chegar à casa da minha ex-mulher para visitar meus filhos, fui informado pelo avô das crianças que eu não poderia vê-las. Naquela mesma data, Dia das Mães, eu já havia ido lá entregar os presentes que seriam dados a minha ex-mulher pelos nossos filhos. Confesso que, de imediato, não acreditei no que estava acontecendo e achei que tudo não passava de um grande mal entendido. Fragilizado psicologicamente, voltei pra casa e numa atitude de desespero e revolta entreguei-me a bebida alcoólica. Descumprindo orientação médica, voltei a beber naquele dia.

Com o passar do tempo fui percebendo que não era nenhum mal entendido, tudo era verdade e que eu estava sendo privado do direito de ver meus filhos. Há mais de 10 dias eu tentava, sem sucesso, passar pelo menos algum momento com eles. Aquilo mexeu profundamente comigo e, num momento infeliz, resolvi voltar à casa da minha ex-mulher e pedi, quase que desesperadamente, que eles descessem para que eu pudesse ao menos dar-lhes um beijo de boa noite. Diante de uma nova negativa do meu ex-sogro, a quem eu sempre respeitei, perdemos o controle e chegamos a uma mútua agressão. Quero deixar claro que eu jamais faria isso na frente dos meus filhos, tampouco seria capaz de ofender minha ex-mulher.

Sou um homem público, que já cumpriu três mandatos como vereador de Natal, um deles como o vereador mais votado, fui presidente da Câmara Municipal e assumi a condição de prefeito da nossa cidade em algumas oportunidades. Isso me dá a obrigação de buscar esclarecer toda essa situação. Confesso que cometi um excesso que não tem justificativa. Mas por causa do amor imenso que sinto pelos meus filhos, venho pedir a compreensão e o perdão da minha família, da sociedade e, principalmente, pedir o perdão dos meus filhos.

Se eu tivesse direito a um desejo, apenas um, desejaria voltar ao convívio deles. Quero participar de sua educação, construção de caráter e confio que a justiça me dará o direito de exercer o papel de pai, assim como desejo que eles continuem respeitando e obedecendo ao avô, à avó, aos tios e à dedicada mãe que eles têm.   Peço a proteção de Deus e dos meus amigos para que eu possa me livrar, definitivamente, desse terrível mal, que é a bebida. Com fé em Deus, vencerei. 

Renato Dantas


8 Comentários

  1. Esse rapaz é filho de uma pessoa a quem queria muito bem e que Deus o levou, mas ele tem sempre demonstrado total desequilibrio emocional, talvez pelo fato de ser alcoolatra confesso. Quem já esqueceu o espetaculo que deu durante a Festa de Santana ai em Caicó. Nem a terra do pai, ele respeitou. Já votei nele, aliais, votava no Primo Dari por quem tinha muita admiração. Depois que Dari se foi, nunca mais.

  2. marsel disse:

    quantos crimes se cometem em nome do amor…

  3. Chaprão de Pirrola disse:

    Xerife, o que mais me dói não é o relato pungente de Renato Dantas. É ler o comentário de Hieronidão Fernandes, um homem com três formaturas, escrever “aliais”. Sinceramente, se eu fosse fraco tomava racumim agora mesmo.

  4. por MARIA..., disse:

    Quero desde já deixar meus votos de solidariedade pra você Renato Dantas, e dizer que não me sinto no direito de julga-lo,pois quem nunca nessa vida cometeu algum erro? não sejamos hipócritas pelo amor de Deus!!!desejo que neste momento confie muito em Deus,para que ele possa dar a você serenidade para reagir com calma nas situações de desespero pois és um filho dele,e com certeza tudo isso vai passar e servirá de aprendizado para você, vencerás teu vicio de alcoolismo,e conquistarás novamente a confiança dos teus… não se aflinja e não se deixer esmorecer com coméntarios que não venham a somar…

  5. Observador disse:

    Não conheço O Sr. Renato Dantas, nem muito menos me comovi com o seu depoimento. Acho muito cômodo esconder-se por trás da bebida, ele demonstra total desequilíbrio emocional e fraqueza de espírito. Essa dupla personalidade a sóbria e a bêbada parece que vivem eternamente brigando, literalmente.

  6. willy disse:

    Há um site que traz notícias sobre Vereadores e Câmaras. Eu me cadastrei e recebo notícias diárias o site é http://www.vereadores.net.

  7. V.lacava disse:

    Parabens Renato Dantas pela sua atitude de pedir perdão. Você errou, mas quem nunca errou nesta vida ? Que DEUS te cure desta doença chamada alcoolismo. Pois alcoolismo é hoje uma das doenças que mais mata no nosso país. você vai dar a volta por cima pense nisso.

  8. DEVOTO DE SANTANA disse:

    “ATIRE A PRIMEIRA PEDRA AQUELE COM NUNCA PECOU”.
    Sr. Renado, dos comentários acima, vc detenha-se somente no comentário de Maria. Os outros, vc dispense.
    Procure ajuda…E reze muito. Adquira o hábito de rezar o terço.

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Sexta, 20 de Outubro de 2017


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter




Calendário

outubro 2017
D S T Q Q S S
« set    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031