03/dez/2010

Garibaldi fora do ministério de Dilma


Por Robson Pires, em

Se for cumprida a intenção da presidente eleita, Dilma Rousseff, o PMDB só ficará mesmo com quatro ministérios. Wagner Rossi deve permanecer na pasta da Agricultura, enquanto Edison Lobão volta para Minas e Energia.

Sobrariam Turismo e Previdência. Este último pode ser ocupado pelo ex-governador do Rio de Janeiro, Wellington Moreira Franco, que é ligado ao vice-presidente eleito Michel Temer.

O atual governador fluminense, Sérgio Cabral, tenta emplacar, por fora, Sérgio Cortes para o Ministério da Saúde. Diante do número compactado de pastas peemedebistas, é praticamente certo que o senador Garibaldi Filho não assumirá o Ministério de Portos.


3 Comentários

  1. : AUXILIAR DO XERIFE (O cabo gordo) disse:

    LASCOU ESSE MENINO DAVIM…

    Garibaldi: Puts, de novo fiquei de fora! No RN já tinha gente até querendo morar perto do porto, só pra me ver quando eu fosse lá…

  2. Renê disse:

    Foi Ficar com uma perna do lado de Vilma, outra do lado de José Agripino…Torou-se no meio!kkkkkkkkkkk

  3. Evandro medeiros - O Zoiudo! E flamenguista! disse:

    Eu avisei, especuladores utópicos!

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Quarta, 26 de Setembro de 2018


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter



Calendário

setembro 2018
D S T Q Q S S
« ago    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30