Quem sabe de mim sou eu!
Robson Pires
21/maio/2010
ás 18:40
Publicado por Robson Pires na categoria

Iberê Ferreira fez um esforço sobre-humano

O governador Iberê Fereira de Souza fez um esforço sobre-humano nas últimas semanas. Às vésperas de assumir o Governo com a saída de Wilma de Faria, Iberê descobriu-se doente de um câncer.

Mesmo baqueado com a notícia e a poucos dias da posse, Iberê Ferreira agiu rápido. Sob os cuidados dos médicos do Hospital Sírio Libanês, o agora governador submeteu-se à retirada de um nódulo maligno no pulmão. O procedimento foi um êxito.

Em seguida veio o tratamento de quimioterapia e radioterapia. Foram cinco semanas consecutivas de idas e vindas a São Paulo. E nesse período, Iberê Ferreira de Souza teve de conciliar o tratamento da saúde, sua prioridade, com as ações do governo, outra prioridade.

Qualquer pessoa fica imaginando como foi difícil para o governador. Seria difícil para qualquer um de nós. Mas Iberê Ferreira se superou.

Quem esteve com ele nos últimos dias se deparou com uma pessoa disposta, elétrica e motivada mesmo diante do penoso processo quimioterápico ao qual estava submetido.

Seus auxiliares diretos no governo não tiveram dias fáceis quando Iberê Ferreira estava em tratamento em São Paulo. De uma sala na Fiesp (Federação das Indústrias de São Paulo) ou no Governo de São Paulo, Iberê tocou o governo como pôde. Não deu folga a ninguém, segundo relatava esta semana a secretária de comunicação Juliana Celli.

E isso não é papo apenas de assessora. Quem acompanhou o noticiário político observou Iberê Ferreira em solenidades, em reuniões, em estádio de futebol entregando taça ao campeão estadual (ABC), em audiências em Brasília, nas ruas.

Iberê Ferreira não parou um instante sequer. Se o ritmo intenso fez bem ou mal ao tratamento, isso é assunto para os médicos. A verdade é que Iberê Ferreira tentou passar a ideia de normalidade ao momento que vive.

Ainda no ao passado, Iberê Ferreira fazia planos para quando assumisse o governo. Ele dizia aos jornalistas que havia planejado cada ato dos seus nove meses de gestão. E que os três primeiros meses seriam fundamentais para consolidar sua candidatura à reeleição. Seria um test-drive para o eleitor potiguar.

A doença mudou seus planos. Atrapalhou a programação. O tratamento contra o câncer prejudicou exatos 51 dias do plano político-administrativo de Iberê Ferreira.

Até as convenções partidárias lhe resta pouco mais de um mês. Mesmo assim Iberê segue disposto a tocar seu projeto administrativo e a confirmar sua candidatura à reeleição.

O fim da quimioterapia e radioterapia será marcado por amigos e correligionários de Iberê Ferreira de Souza no próximo domingo, em reunião-almoço na Vila Folia, em Natal.

Os opositores de Iberê Ferreira falam em festa de lançamento de campanha por conta da presença de prefeitos e de lideranças do interior do Estado. A guerra faz parte do ano eleitoral.

Mas o que deve ser registrado neste instante é o esforço sobre-humano do governador para enfrentar uma doença maligna, governar o Estado e sonhar com a continuidade do seu governo. E isso não é fácil pra ninguém.

Por Diógenes Dantas


1 Comentário

  1. João Alves Dantas disse:

    Grande e competente Jornalista-Robson Pires.Favor Publicar neste Conceituado,Respeitado,Imparcial e Excepcional Blog:
    -O Nobre Deputado Federal – Betinho Rosado, será o grande responsável, através do PROJETO DE LEI (PL-5941-C), por uma grande avalanche de milhares e milhares de pessoas trabalhadoras e honestas,que em um futuro bem próximo, estarão desempregadas e outras milhares de pessoas também trabalhadoras,que serão transferidas para outros Estados da Federação Brasileira. Com certeza, todos os Postos de Serviços/Trabalhos e Unidades da PETROBRAS,serão desativados nos Estados do RIO GRANDE DO NORTE E CEARÁ;incluindo-se aí,as Bases da PETROBRAS em Natal, Fortaleza, Mossoró, Açú, Carnaubais, Afonso Bezerra,Felipe Guerra, Alto do Rodrigues, Macau, Pendências, Canto do Amaro, Apodí, Governador Dix-Sept-Rosado, Caraúbas, Upanema, Areia Branca, Serra do Mel, e Guamaré-RN. Um dos detalhes imprescindíveis é que,até as próprias Plataformas de propriedade da Petrobras e que, produzem o Petróleo e o Gás e que, atualmente encontram-se instaladas em áreas Off-shore nos Estados do RIO GRANDE DO NORTE E CEARÁ, serão desativadas. Agora uma pergunta para o Nobre Deputado Federal do RN – Betinho Rosado: – Como ficarão as economias dos Estados do RN e CEARÁ? – O comércio, o Recolhimento dos Impostos oriundos dos Royalties do Petróleo e Gás e,ooutros Impostos arrecadados ao que concerne ao Setor do Petróleo em Mossoró e Região? -A quebradeira será muito Danosa. A quem interessa e a mando de quem,esse Projeto de autoria de Vossa Excelência – Deputado Federal Betinho Rosado?

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Segunda, 23 de Outubro de 2017


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter




Calendário

outubro 2017
D S T Q Q S S
« set    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031