Quem sabe de mim, sou eu!

— Robson Pires
13/ago/2009

João Maia: eu gosto da governadora! Mas, eu pergunto. E daí?


Por Robson Pires, em

joao-apontando-para-wilmaDo deputado federal seridoense João Maia, Presidente do Partido da República no Rio Grande do Norte, em entrevista concedida a Rádio Rural AM de Caicó sobre a formação da Unidade Potiguar.

Não tem nenhum besta na Unidade Potiguar

– Não tem nenhum menino. Não tem nenhuma criança, não tem ninguém besta nessa história. Será candidato aquele que tiver a melhor proposta. Tem que ter viabilidade com a população. O povo tem que saber se o povo gostou da aliança. Nós não vamos discutir quem vai ser o rei. Vamos discutir aquele que tiver a melhor proposta para o povo do Rio Grande do Norte. Aquele que vai melhorar a vida do nosso povo.

O DEM de José Agripino e de Rosalba Ciarlini está dentro da Unidade Potiguar

– O estado é uma coisa particular. José Agripino e Rosalba disseram que estão dispostos a integrar esse projeto. Não temos restrição a ninguém. O que não pode é vir um candidato de lá e ser o candidato. Neste momento nós não estamos excluindo ninguém. Esse é o candidato e acabou. Não é assim. Vamos discutir. A coisa que mais motivou a Unidade Potiguar foi a gente saber que já podia ter um candidato. Não é assim. O candidato deve ser o executor do melhor projeto. Tudo é preciso discutir. E discutiremos com todos.

Tempo de escolha do candidato

– Maio de 2009 é o tempo ideal. Até lá nós vamos compor a melhor chapa. Vamos ver quem tem o melhor programa. A formação da chapa. Os candidatos a governador, os senadores… os deputados estaduais… os deputados federais e tal.

Pode ter um chapão único no Estado

– É difícil ter um chapão. Tem muitos candidatos. Não gosto dos termos chapão e pacto. Acho que vai existir mais de uma candidatura. Não acredito. Acho que é sempre bom ter mais de um candidato. A disputa é saudável. É sempre bom ter mais de um candidato.

Desgosto de Wilma de Faria ao insinuar que a Unidade Potiguar quis emparedar

– Eu sinceramente … o Rio Grande do Norte tem um vício antigo. A gente ter que se ajoelhar. Não pode ter um chefão. Que já tenha um projeto. Um candidato sem discutir. Isso acabou. Eu gosto da governadora. Mas eu pergunto: e daí?

A entrevista completa de João Maia o leitor deste blog poderá ouvir no Programa Censura Livre levado ao ar a partir das 11 horas na Rádio Rural AM de Caicó apresentado pelo radialista Robson Pires.


1 Comentário

  1. O INVERSO disse:

    Sempre será assim, no final o povo se réa……não existe político honesto!!!!

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Quarta, 20 de Junho de 2018


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter



Calendário

junho 2018
D S T Q Q S S
« maio    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930