Quem sabe de mim, sou eu!

— Robson Pires
02/dez/2010

Jornalista caicoense Ailton Medeiros dedica Prêmio de Direitos Humanos a Carlos Santos e F. Gomes


Por Robson Pires, em

O jornalista Ailton Medeiros (foto) recebeu o XIV Prêmio Jornalístico de Direitos Humanos 2010 em solenidade realizada nesta quinta-feira (2) na Assembléia Legislativa.

Prêmio é entregue anualmente ao jornalista que se destaca pelo trabalho em defesa dos direitos humanos.

Na mesma solenidade a professora da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Maria Nazaré Tavares Zenaide, recebeu o XVII Prêmio Estadual de Direitos Humanos.

Estiveram presentes representantes de várias entidades ligadas aos direitos humanos no RN.

O padre Fábio Dantas esteve presente representando a Secretaria Nacional de Direitos Humanos.

Ailton escolheu o jornalista Aluizio Lacerda(esquerda) para lhe entregar o Prêmio. Foi Aluizio quem levou Ailton para trabalhar na Rádio Rural de Caicó.

Discurso de Ailton

Em seu discurso, Ailton Medeiros dedicou o Prêmio aos jornalistas Carlos Santos e F. Gomes, que foi assassinado brutalmente em Caicó.

Carlos Santos, jornalista mossoroense, vem enfrentando uma série de processos por criticar políticos de Mossoró.

Confira a íntegra do discurso de Ailton Medeiros:

Senhoras e senhores, meus amigos e meus leitores aqui presentes:

Dedico o prêmio aos jornalistas Carlos Santos e F. Gomes, assassinado brutalmente recentemente.

O que eu sinto agora talvez não sirva para se dizer. Mas não quero perder a oportunidade e serei breve, tão breve que na verdade já terminei, como gostava de dizer Salvador Dali.

Há um verso do “Soneto da Mudança”, de Vicente de Carvalho, que gosto muito. Diz assim: “Que eu sou quem sou por serdes vós quem sois”.

Jamais deixaria de escrever o que penso sobre isso ou aquilo na suposição de que meus leitores não concordariam comigo.

Nunca! No dia em que me sentir compelido a fazê-lo, fecho o blog e mudo de atividade.

Sempre acreditei que é melhor dizer a verdade do que a mentira, que é melhor ser livre do que ser escravo e que é melhor saber do que ser ignorante.

Dizem que ofendo as pessoas. É um erro. Trato as pessoas como adultos. Critico-as. É tão incomum isso na nossa mídia que as pessoas acham que é ofensa. Crítica não é raiva. É crítica, às vezes é estúpida. O leitor que julgue.

Acho que quem ofende os outros é o jornalismo em cima do muro, que não quer contestar coisa alguma. Meu tom às vezes é sarcástico. Pode ser desagradável. Mas é, insisto, uma forma de respeito.

Primo pela liberdade, a liberdade é minha crença. Acredito que os males da liberdade de imprensa se combatem com mais liberdade de imprensa. Na minha imaginação, os meus adversários estão sempre de pé, lutando — ainda que alguns gostassem de silenciar-me.

Um brinde à liberdade e às idéias que nos fazem melhores e mais donos do nosso destino!

A minha ética é a do guerreiro; quem elimina ou constrange o outro na porrada é o terror.

A escolha de Aluizio Lacerda para entregar o prêmio tem grande significado: foi dele a iniciativa de me levar para a Rádio Rural de Caicó quando este escriba ainda era um garoto que mal começara a amar os Beatles e os Rolling Stones. Acreditem, eu ainda não tinha sequer 12 anos.

Mas valeu a pena.

Gay Talese, o decano jornalista americano, durante sua passagem pelo Brasil, em 2009, disse que de todas as profissões, se um jovem estiver interessado em honestidade e não em ganhar muito dinheiro, o jornalismo é a melhor escolha.

Há mentirosos em todas as profissões, inclusive no jornalismo, contou Talese, mas nós não os protegemos. Os militares acobertam mentirosos. Os políticos, os partidos, o governo, todos fazem isso.

Os jornalistas não agem assim, não toleram o mentiroso entre eles. Acho uma profissão honrosa, honesta. Tenho orgulho de ser jornalista.

Do blog de Oliveira Wanderley

O blog comenta: Ailton é caicoense. Já trabalhamos juntos em Caicó fazendo jornal: A Folha do Seridó. Bons tempos aqueles, lembra Ailton?  Parabéns!


8 Comentários

  1. Flavio bezerra disse:

    Xerife q Deus e SANTNA me perdoe,se eu tiver errado,mas minha opinião ainda e q : bandido bom e bandido MORTO .direitos humanos tem q ser pra quem e humano.Queria ver como se comportaria esse ilustre repórter defender um bandido q estrupasse ele mesmo.Não vou considerar se fosse a MÃE do mesmo.será q ele teria estômago pra receber este prêmio????????

  2. Fernanda Araújo disse:

    SURU tá PARADO NO TEMPO….

    A BOSTA DE BURRO CORROEU TICO E TECO DELE…

    ACORDA BRASILZÃO GRANDE E BESTA…

  3. Edna Vale disse:

    Ailton (Suru)como conhecemos é um dos batalhadores da midia nesse mundo de meu Deus, só que existe uma palavra na Biblia Sagrada que diz comereis do suor do seu próprio rosto, e muitas vezes pela opção do nosso trabalho nós tornamos antipáticos a essa escolha. Ser livre é melhor que ser escravo, a liberdade saudável é aquela que vc vive e não machuca o intímo das pessoas, porque como diz um velho ditado palavras doem mais que uma surra, e precisamos antes de jogar uma pedra fazer uma reflexão sobre nossa vida. Para meditação dos leitores a Oração de S. Fco. de Assis.

  4. Vicente Modesto disse:

    Parabéns ao jornalista Ailton Medeiros pelo prêmio recebido. É mais um caicoense que tem seu trabalho reconhecido em Natal e em todo o estado.

  5. Clécio Galvão disse:

    Parabéns ao caicoense agraciado pelo prêmio.Sou leitor de seu Blog,aqui é considerado pelos meus amigos, como um dos bons do Brasil. Mas, a respeito do comentário do Sr, Flávio Bezerra, se o bandido fosse o seu filho, você não o defenderia? É preciso rever conceitos.

  6. João Neto disse:

    Ailton Medeiros de quem tive o prazer ser colega no Centro Educacional José Augusto é um grande jornalista: inteligente, sério e independente. Já era assim naquela época. Seu maior defeito é torcer pelo Botafogo.
    Parabéns, amigo!

  7. João Neto disse:

    Robson, esqueci de dizer que ele era meu professor particular de física e matemática.

  8. Peba disse:

    Velho Surú, quem diria, ele merece, é irmão do grande ganhador de Caicó – Adelson!

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Domingo, 18 de Fevereiro de 2018


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter



Calendário

fevereiro 2018
D S T Q Q S S
« jan    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728