Quem sabe de mim, sou eu!

— Robson Pires
09/maio/2010

Lauro Maia: da prisão para a campanha de deputado estadual


Por Robson Pires, em

Quando estiver pedindo votos fará dois anos de sua prisão. Em 13 de junho de 2008, o advogado Lauro Maia foi detido pela Polícia Federal sob a acusação de tráfico de influência na Saúde do Governo do Estado, administrado na época por sua mãe, a ex-governadora Wilma de Faria (PSB).

O assunto é doloroso para Lauro, mas o filho da “guerreira” não nega as origens e diz estar preparado para enfrentar o debate em torno das supostas fraudes a processos licitatórios, levadas a público por meio da Operação Hígia.

“É um assunto que enfrentarei em qualquer entrevista. Com a consciência tranquila, responderei a tudo. Não tem nenhuma prova contra minha pessoa. Estou confiante de que serei absolvido do processo”, disse Lauro, em entrevista concedida ao programa Diógenes Dantas Nominuto na quarta-feira (5).

De pai para filho, é assim a política no Rio Grande do Norte. Lauro foi o escolhido para a sucessão do deputado estadual Lavoisier Maia (PSB), que após ser secretário, governador, senador, deputado federal e estadual, anunciou aposentadoria.

A sucessão, diz Lauro, é “natural e tranquila”. O pré-candidato pelo PSB a deputado estadual desconhece que esteja havendo conflitos com sua irmã, a deputada estadual Márcia Maia (PSB), pela herança dos votos do pai.


2 Comentários

  1. sou mais eu disse:

    CUIDADO NA PF KKKKKKKKKKKKKK

  2. Canguru disse:

    É uma pena uma pessoa tão séria, tão honesta com Dr. Lavoisier Maia ser substuido por uma ficha tão suja como a de Lauro Maia. Será que o Rio grande do Norte vai engolir?

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Segunda, 22 de Janeiro de 2018


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter



Calendário

janeiro 2018
D S T Q Q S S
« dez    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031