Quem sabe de mim, sou eu!

— Robson Pires
13/jul/2009

Lina Vieira no centro do furacão Brasília


Por Robson Pires, em

petrobras Primeiro ato foi assinado pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, que demitiu a secretária da Receita Federal, a potiguar Lina Maria Vieira. A decisão será oficializada nos próximos dias.

 

No segundo ato, a oposição a Lula requereu convocação de Lina Vieira para depor na CPI da Petrobras, esta semana.

 

O desgaste de Lina Vieira, que foi informada na quinta de sua demissão, começou em maio, quando se descobriu que a Petrobras fez mudança contábil que proporcionou a redução de R$ 4,3 bilhões em pagamento de tributos.

 

Diante disso a oposição solicitou a CPI da Petrobras, que será instalada amanhã (14), e travou embate com o governo com troca de acusações de ambos os lados.


1 Comentário

  1. Gabriel Mota disse:

    Sobre as insinuações feitas por vários jornais e meios de comunicação em todo o país a respeito da empresa, a Petrobras esclarece através de fatos e dados de forma transparente em seu blog:

    http://www.petrobras.com.br/fatosedados

    Retirado do Blog da PETROBRAS:

    “Em relação à matéria publicada pelo Jornal Estado de São Paulo (12/07) com o título “Mantega demite secretária da Receita” a Petrobras esclarece que a adoção do regime de caixa para apuração de impostos sobre a variação cambial é perfeitamente legal e foi amparada pelo previsto na Medida Provisória 2.158-35/2001. O valor líquido de IRPJ e CSLL compensado pela Petrobras com outros tributos federais foi de R$ 1,14 bilhão e não R$ 4 bilhões, como já informado pela Petrobras em diversas oportunidades. O valor que a empresa compensou, na verdade, já havia sido pago a mais, anteriormente.”

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Segunda, 18 de Junho de 2018


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter



Calendário

junho 2018
D S T Q Q S S
« maio    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930