Quem sabe de mim, sou eu!

— Robson Pires
25/nov/2008

O Blog antecipou: clima é de tensão para escolha do futuro Presidente do Tribunal de Contas do Estado. A política de Caicó tá correndo solta na decisão


Por Robson Pires, em

O presidente do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte, conselheiro Paulo Roberto Alves, confirmou nesta segunda que sua sucessão, ao que tudo indica, será disputada entre os conselheiros Renato Dias – atual vice-presidente – e a conselheira Adélia Sales. A eleição acontecerá no dia 2 de dezembro e, até ontem, nenhuma candidatura havia sido inscrita. Paulo Roberto Alves, coordenador do processo eleitoral, revelou sua posição pessoal de votar em Renato Dias, mas evitou tecer comentários sobre os bastidores dessa disputa e o acirramento dos ânimos que se abateu sobre a Corte.

O presidente Paulo Roberto Alves afirmou que a lei orgânica do TCE contempla o rodízio como diretriz para a escolha dos presidentes da Corte de Contas. ‘‘É uma diretriz, mas, de qualquer maneira, os conselheiros são autônomos. Não gostaria de comentar sobre isso porque eu sou o presidente e coordenador do processo. O que posso dizer é que existe uma candidatura do conselheiro Renato e os conselheiros também estão comentando a candidatura da conselheira Adélia Sales’’, disse.

Um componente político, que tem como pano de fundo a disputa eleitoral em Caicó e região Seridó entre os deputados estaduais ?lvaro Dias (PDT) e Vivaldo Costa (PR), respectivamente irmãos dos conselheiros Renato Dias e Tarcísio Costa, seria a motivação dessa alteração. Tradicionalmente, e segundo previsão da lei orgânica da Corte, a escolha do presidente é feita seguindo um rodízio pela ordem de nomeação dos conselheiros. A vez, portanto, seria de Renato Dias. O rodízio é uma forma de evitar a disputa interna e assegurar que todos os conselheiros tenham o direito de presidir o tribunal.

Ocorre que, segundo informações colhidas pela reportagem, o conselheiro Tarcício Costa estaria articulando uma candidatura alternativa para evitar a eleição do conselheiro Renato Dias. A conselheira Adélia Sales, a conselheira mais recente e, portanto, a última na linha de sucessão, teria sido aquela que concordou. Antes, o conselheiro teria procurado o colega Valério Mesquita, que seria o sucessor natural de Renato. Uma fonte que acompanha o processo de perto afirmou que Renato Dias continua na disputa e que está arregimentando votos. No entanto, o clima de tensão chegou a tal ponto que é difícil afirmar de quanto será o placar.

Diário de Natal

Do Blog: Conforme antecipamos a disputa pela Presidência do Tribunal de Contas do Rio Grande do Norte ainda vai dar “panos pras mangas?. Pode apostar. Vem jogo pesado pela frente.

Foto: caicoense Renato Dias


1 Comentário

  1. Jeremias disse:

    Alvaro Dias e Vivaldo usaram e usam do nepotismo até a ultima hora. Por que nunca lembraram os nomes de Manoel Torres e Iramir Araujo, por exemplo, para cargos no Tribunal de Contas? Tudo isto chama-se nepotismo picareta.

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Terça, 21 de Novembro de 2017


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter




Calendário

novembro 2017
D S T Q Q S S
« out    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930