Quem sabe de mim sou eu!
Robson Pires
22/ago/2009
ás 05:51
Publicado por Robson Pires na categoria

Operação Piranhas/Assú aplica mais de R$ 1 milhão em multas

Vinte seis Autos de Infração, 26 Termos de Embargo/Interdição e 58 Notificações, perfazendo um total de R$ 1.005.200,00 de multas aplicadas. Este foi o quantitativo das ações de fiscalização feitas na última semana durante a Operação Piranhas/Assú, na qual foi realizado um levantamento pontual das propriedades e atividades localizadas ao longo da área de influência da Bacia Hidrográfica do rio Piranhas – Assú.

Área de Influência essa que abrangeu diretamente 15 municípios da Região do Seridó, tais como: Caicó, Jardim de Piranhas, Jardim do Seridó, São José do Seridó, Timbaúba dos Batistas, Serra Negra do Norte, Jucurutu, Cruzeta, Ouro Branco, São João do Sabugi, Parelhas, Equador e Ipanguaçu.

Entre os objetivos da operação podem-se destacar o monitoramento da área com ações fiscalizatórias contra degradação ambiental decorrente de exploração de minérios, além de vistorias em empresas potencialmente poluidoras quanto a sua regularização de licenças ambientais e de Cadastro Técnico Federal – CTF.

Conforme dados do relatório da operação, foi verificada uma situação bastante crítica nos lixões, matadouros, curtumes e salgadeiras de couro, além de ocorrências relacionadas à falta da competente licença ambiental. O mesmo também foi observado quanto à ausência do CTF e de operar serviços potencialmente poluidores sem o devido licenciamento ambiental. O que vem comprovar o número de autuações por parte da fiscalização do Ibama/RN.

Para Alvamar Queiroz, Superintendente do IBAMA/RN, “essa foi a primeira fase da operação que ainda vai se estender por outras áreas do Estado. A intenção é concluir todo um levantamento sobre os principais poluidores visando uma consolidação de informações e posterior fiscalização, principalmente, nas indústrias que despejam resíduos químicos, nos lixões e abatedouros públicos”.

Fonte: DN Online


8 Comentários

  1. CHICO AMBIENTALISTA disse:

    CARO XERIFE, TENHA CORAGEM DE PUBLICAR ESTE COMENTÁRIO.
    SOU DE JARDIM DE PIRANHAS E FICO COM PENA POR QUE ESSA OPERAÇÃO SÓ VAI PREJUDICAR O PEQUENOS EMPREENDEDORES, POIS FIQUEI SABENDO QUE OS GRANDES EMPRESÁRIOS E MAIORES POLUIDORES DO NOSSO QUERIDO RIO PIRANHAS (LEIA-SE ASSITEX), AO SEREM NOTIFICADOS PELOS ÓRGÃOS COMPETENTES DENUNCIARAM OS PEQUENOS EMPREENDEDORES, MAS COMO DIGO ACHO POUCO E PERGUNTO CADÊ O ACORDÃO POLÍTICO “M/M” (MAIAS E MACACOS), O DEP. JOÃO QUE ELES COSTUMAM CHAMAR DE TIO JOÃO E A GOVERNADORA QUE ELES TRATAM CARINHOSAMENTE DE TIA WILMA?
    POLÍTICOS DE VERGONHA TEM MESMO É NA VIZINHA SÃO BENTO-PB, POIS LÁ NINGUÉM FOI NOTIFICADO.
    ABRAÇOS!!!

  2. Ednaraújo disse:

    AQUI ESTÃO TODOS OS PRODUTOS QUE SÃO JOGADOS DIARIAMENTE DENTRO DO NOSSO RIO PIRANHAS, VEJA A NOSSA SITUAÇÃO, SINTA O IMPACTO AMBIENTAL DO NOSSO RIO. “O RIO TA MORRENDO”.

    VEJAM OS RESÍDUOS QUÍMICOS:

    ÁCIDO ACÉTICO, ALFABLU, BARRILHA, CERANIN WN LÍQUIDO, CLORITO DE SÓDIO, ESTABILIZADOR 4210, HEXAMETAFOSFATO DE SÓDIO, HIDROSSLFITO, HYPROX 500 – ÁGUA OXIGENADA, LEUKPHOR BP3B – LÍQUIDO, LEUKOPHOR BPA2 LÍQUIDO, MERCEROL QWLF.BR, METASSILICATO DE SÓDIO, SULFATO DE ALUMÍNIO, ACÍDO OXÁLICO, NITRATO DE SÓDIO, E GRANDE QUANTIDADE DE SODA CAUSTICA E ÁCIDO MURIÁTICO. DAÍ A NOSSA PREOCUPAÇÃO QUANTO AO MEIO AMBIENTE, ESTAS FÁBRICAS ESTÃO MATANDO O RIO, A POPULAÇÃO DE JARDIM DE PIRANHAS, SÃO FERNANDO, TIMBAÚBA E CAICÓ, QUE SÃO CONSUMIDORES DA ÁGUA POTÁVEL, SEM FALAR DO ALTO NÍVEL DE CANCER QUE ESTÁ CRESCENDO EM NOSSA CIDADE. QUE O MINISTÉRIO PÚBLICO TOME CONHECIMENTO DE TUDO ISSO E POSSA PUNIR OS RESPONSÁVEIS POR TAMANHA DESGRAÇA AMBIENTAL…

  3. Agostinho disse:

    MAIORES POLUIDORES DO RIO PIRANHAS/ASSU:

    1.º MONKEY – Industria Têxtil e Comércio Ltda.
    Insc. Est. 20.093.419-6
    CNPJ: 05.544.054/0001-31
    2.º – Gentil Alves de Araújo
    Insc. Est. 20.091.162-5
    CNPJ: 04.996.572/0001-23
    3.º – Renato Ferreira de Medeiros
    Insc. Est. 20.079.238-5
    CNPJ: 12.698.338/0001-48
    4.º – Orlando Fábio Dutra de Oliveira
    Insc. Est. 20.022.531-4
    CNPJ: 09.080.144/0001-70
    5.º – Marcondes Válber Dutra de Oliveira (Condin)
    Insc. Est. 20.070.441-7
    CNPJ: 35.303.957/0001-91
    6.º – J R D Cavalcanti (Emerson)
    Insc. Est. 20.081.681-9
    CNPJ: 02.941.723/0001-10
    7.º – F M Dutra de Oliveira (Tático)
    Insc. Est. 20.025.552-5
    CNPJ: 09.430.893/0001-80
    8.º – I S Silva Fabricação (Ivonete)
    Insc. Est. 20.034.008-5
    9.º – J Borges da Silva (Jó)
    Insc Est. 20.025.875-3

  4. NATUREZA VIVA disse:

    Xerife, das duas uma, ou as fábricas adquirem equipamentos de forma a evitar a poluição da natureza, o rio Piranhas principalente, ou se vejam todas elas. Não tem outro caminho.
    O rio é mais importante para o futuro do estado, do que 1000 ou 2000 empregos.
    Sei que não será fácil a decisão, pois tirar o emprego de muitos pais de família não é coisa que se faça.
    Mas com certeza será muito mais oneroso pro poder público revitalizar o rio, do que investir na criação de empregos.
    E a decisão tem que logo, pois o rio não pode esperar…
    Com a palavra o IBAMA.

  5. NATUREZA VIVA disse:

    ERRATA:
    Onde se lê: ou se vejam todas elas, leia-se: …ou se fecham todas elas…

  6. SUERDA disse:

    Seu comentário está aguardando aprovação. Obrigado!

    Lendo esta relação dos Produtos Químicos e Agentes Poluidores, observa-se que na realidade o nosso Rio Piranhas/Assu, encontra-se na “UTI”. Visto que o excesso de produtos químicos jogado no estuário do Rio, nada mais e nada menos significa também um descaso com o nosso Sistema de Adutoras do RN, também representa para os consumidores um risco de vida, diante de tanto lixo químico. Comunidades abastecidas por este sistema fiquem atentas para não morrerem precocemente. Vejo nesta relação de agentes poluidores pessoas ligadas a Igreja Católica, por exemplo, Renato Ferreira/Presidente da Assitex, Marcondes Válber (Condin), ligado a Renovação Carismática, Ivonete do Apostololado da Oração e Gentil da Irmandade do Rosário, da para perceber a SANTIDADE destes agentes poluidores? E para não ficar no esquecimento, de quebra ainda tem o Senhor José Soares dono da MONKEY, irmão do atual Prefeito Antônio Macaco e do Presidente da Câmara Municipal Luís Macaco, É MUITA PROTEÇÃO!!!

  7. SUERDA disse:

    Xerife, por favor não deixe de colocar este comentário, é muito importante…

  8. Francisco Brito disse:

    A salvação do rio piranhas é uma questão de vida ou morte, nada justifica esta poluição, o empresário que não apresenta condições para manter suas empresas sem poluir o meio ambiente não se estabeleça; não venham com a chantagem do desemprego. Água é vida! Especialmente nesta região onde este binômio água e vida se potencializam em face da escassez do precioso líquido. Eu que nasci e vivi minha infância as margens do rio piranhas sei da importância daquelas águas para a sobrevivência dos animais, das plantações e do ser humano. Acredito na sensibilidade e na vasta experiência do meu amigo Alvamar, profundo conhecedor da matéria, sei que as pressões serão enormes, porém, esta proteção é fundamental.

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Sábado, 21 de Outubro de 2017


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter




Calendário

outubro 2017
D S T Q Q S S
« set    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031