Quem sabe de mim, sou eu!

— Robson Pires
04/jul/2008

Padre Gleiber comenta lei da proibição de bebida que também atinge os sacerdotes do Seridó


Por Robson Pires, em

PE. GLEIBER DANTAS DE MELO

g.dantas@yahoo.com.br | 189.12.92.50

Embora a espécie seja de vinho, não é vinho que nós tomamos por ocasião da celebração da Santa Missa e, sim, o Sangue de Cristo.

É vinho o que se põe sobre o altar, mas cremos firmemente que, pela força do Espírito Santo que a assembléia reunida invoca na voz do celebrante, recebemos verdadeiramente o Sangue de Cristo.

Agora, como a lei se refere à espécie e não à substância, então também os sacerdotes precisam se submeter à nova legislação, tendo o devido cuidado.

Foto: Padre Gleiber


15 Comentários

  1. marcos antonio de oliveira disse:

    a cêia do Senhor é um simbolismo,o vinho continua sendo vinho e o pão continua sendo pão.eita que herezia a do padre dizer que o vinho se torna no sangue de Cristo,e quando vc se embriaga em padre vc vomita o sangue de Cristo?

  2. Danilo disse:

    Xerife festa da juventude com forró das antigar é Dose!!
    Era pra ser festa da juventude nao das antigas!!
    A juventude num vai saber nem uma musica das antigas!
    a FESTA DA QUINTA ERA PRA SER SEXTA E A DA SEXTA ERA PRA SER QUINTA!!

  3. ivanilda disse:

    Acho que tenho uma sugestão p os nossos padres: no lugar do vinho, suco de uva. é so fazer daqueles de garrafa que tem nos supermercados.

  4. Bira Viegas disse:

    Caro amigo Robson Pires.
    E se o meu velho professor, o ex-deputado estadual padre Cortez, que adorava uma cervejinha, ainda fosse vivo?
    CERTAMENTE ESTARIA AMALDIÇOANDO O DANADO DO LULA E OS OUTROS “PAPUDINHOS PLANALTIANOS”.
    Um cordial abraço,
    Bira Viegas

  5. fulô de muçambê disse:

    ei mas pense num cabra com o QI pequeno e esse Marcos Antonio, se vc num entendeu meu vou dizer o que o padre falou, na hora do ritual que toda assembleia reunida invoca o espirito santo, naquele momento e como se estivesse tomando o sangue de cristo!até eu que sou catolica nao praticante sei disso basta ter fé.

  6. Torrão Natal disse:

    Xerife, existe um excelente suco de uva importado, acho que de Portugal, que, na minha concepção de leigo, poderia muito bem substituir o vinho.
    Aliás, já ouví dizer que, por iniciativa da própria Igreja e para evitar problemas de alcoolismo no clero(*), o vinho tinha sido substuído pelo suco de uva.
    (*)Já ouví falar também de casos de Padres alcoólatras devido, exatamente, pelo vinho que tomam diariamente, no ato da celebração.
    Com a palavra a Igreja de NSJC, de quem sou seguidor.

  7. Professor Pardal disse:

    Muito bem, Fulô de Muçambê, você falou muito bem, pois existem relatos de casos de Padres que não acreditavam que o Pão consagrado torna-se o corpo de N.S.Jesus Cristo e no ato da elevação da Hóstia Santa, esta começa a pingar sangue.
    Esses casos de Milagres existiram de fato.
    E nestes casos a Igreja é muito rigorosa. Antes de tonar público, manda investigar e analisar estes casos por laboratórios de renome internacional.
    E após análise restou comprovado que era sangue mesmo. E mais, que era do mesmo tipo do sangue do Santo Sudário. Ou seja, Sangue do Coração do N.S. Jesus Cristo.

  8. Não acredito disse:

    Xerife, vc é funcionário da Diocese, mas não boicote…Eu acho esses rituais todos alienantes.De onde já se viu a transformação dos gêneros acontecer em toda missa, igual a ceia que Jesus multiplicou os peixes e o pão??? Veja como o pe Gleiber se comporta, devia estar em obras sociais; me poupe! Sou mais o espiritismo que está é fazendo caridade!

  9. Renato Pereira disse:

    Eu já to bebin só em ouvir falar em vinho, pelas caridade, QUEM SOU EU; QUEM É VOCE. QUEM SOMOS NÓS;

  10. Professor Pardal disse:

    Meu Caríssimo “NÃO ACREDITO”, se vc é seguidor da Doutrina Espírita, meus parabéns. É também um cristão. E como cristão sabe que para Deus nada é impossível.
    O bom é respeitarmos a fé dos outros, critãos ou não.
    Voce já uma msg que circula na internet, a “REGA ?UREA”? Bastante ecumência.

    “RELIGIÃO NÃO SE DISCUTE, PRATICA-SE”!(adesivo, de uma Federação Espirita colocado no vidro de um carro).
    E concordo com vc, as obras são muito importantes: ” A FÉ SEM OBRAS É MORTA EM SI MESMA” (S. Tiago).
    “MAIS VALEM MÃOS QUE AJUDAM, DO QUE L?BIOS QUE ORAM”.

  11. sandra(caicoense) Arcoverde-PE disse:

    é meu amigo xerife o q dizer de alguns desses comentários…apenas lembrar q a fé é pessoal e inesplicável até por quem a tem…mas o respeito ao outro, a tolerância ao diferente…isso pode se explicar com princípios éticos, tais como não deseje ao outro o q não quer pra si, ou seja, se queres ser respeitado, respeite o seu semelhante…tais comentário são no mínimo uma falta de cordialidade, pra não dizer ignorância e desrrespeito…um forte abraço!

  12. Bruno Dias disse:

    Se você Padre toma o vinho realmente com fé de que ele é o sangue de cristo, então assim será e nenhum bafômetro acusará álcool no exame.

    PRESTE ATENÇÃO: Se você assim o toma com fé!!!

    Se estou errado corrija-me, você Padre ou qualquer outro da Igreja.

  13. Sophia disse:

    Se a fé torna o vinho sangue de cristo, creio que a fé também torna água o sangue de cristo?EStou errada???????

  14. Weitza disse:

    Pe. Gleiber, Gosto muito da sua homilia.

  15. Weitza disse:

    Quando participamos de uma celebração, quem faz é uma Religiosa.comungamos nessa celebração,e depois vamos para uma missa.A pergunta é podemos comungar dinovo?

  16. Vem desde o inicio da evangelizaçao o sacerdote usa o vinho como o sague de jesus, a ostia como o corpo de cristo.

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Terça, 21 de Novembro de 2017


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter




Calendário

novembro 2017
D S T Q Q S S
« out    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930