Quem sabe de mim, sou eu!

— Robson Pires
11/abr/2010

Igualmente ao prefeito de Jardim do Seridó Padre Nunes terá que escolher entre a batina ou a política


Por Robson Pires, em

O arcebispo metropolitano Dom Matias Patrício convocou o Padre Antônio Nunes para avisar que o exercício de cargo no primeiro escalão do governo não é compatível com as atividades de sacerdote.

Padre Nunes terá, assim, que fazer uma opção. Ou continua na Secretaria de Educação ou fica licenciado do sacerdócio. Decisões semelhantes tiveram que tomar alguns religiosos. Recentemente, o então candidato a prefeito de Jardim do Seridó, Padre Jocemar, teve que se afastar das funções que exercia como religioso para continuar na disputa pelo mandato eletivo.

Tribuna do Norte


6 Comentários

  1. natalense disse:

    um homem como padre NUNES tem que ficar afastado desta sujeira, pois politica é coisa do DEMO.

  2. Caro Robson. Faço uma pergunta ao Excelentissimo e reverendissimo senhor arcerbispo de Natal. O padre Nunes era secretario no municipio de São Gonçalo do Amarante no qual saiu para a Secretaria da Educação. Também não vale? que é também 1 escalão. abraços REVIL ALVES.

  3. OBERVADOR disse:

    A IGREJA SÓ ESTÁ PERDENDO ESPAÇO COM ESSAS DECISÕES ANTIPATICAS PARA OS TEMPOS MODERNOS, ENQUANTO ISSO O MEIO EVANGELICO CRESCE EM TODOS OS AMBITOS DA SOCIEDADE. NÃO TEM NADA A VER UM PADRE ASSUMIR UMA SECRETARIA DE ESTADO.

  4. Camilo de Lelis disse:

    Espero que Pe. Nunes opte pela Igreja. Não é compatível o exercício do sacerdócio com a política. Que Deus o ilumine e lhe dê coragem de optar pela sua vocação sacerdotal.

  5. Francisco Brito disse:

    Estas palavras do Pe. Nunes resumem, com maestria, sua potencialidade, inteligência e capacidade para desempenhar qualquer função em total sintonia com sua condição de sacerdote.

    “Sobre as atribuições de sacerdote, Padre Nunes garantiu que não vai parar de comandar as celebrações diárias, tampouco a famosa missa de Cura. Para ele, é possível conciliar as duas funções. “Vou priorizar a minha vida do sacerdócio, que para mim é como um casamento. Como os outros secretários têm suas famílias, filhos e esposas, eles também têm na família a prioridade. E assim será também comigo. Celebrarei as missas diariamente, mas não irá atrapalhar minha função de secretário”, garantiu o padre.”

  6. CONTRARIA disse:

    O PADRE É UM TÉCNICO, QUE REALMENTE TEM MUITO QUE OFERECE A EDUCAÇÃO ESTADUAL, DEVE CONTINUAR COMO SACERDOTE TAMBÉM.

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Domingo, 21 de Janeiro de 2018


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter



Calendário

janeiro 2018
D S T Q Q S S
« dez    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031