Quem sabe de mim, sou eu!

— Robson Pires
23/nov/2008

Participação do Galo do Seridó no campeonato estadual depende do prefeito de Caicó


Por Robson Pires, em

Para o diretor de futebol do Atlético Clube Corintians de Caicó, Raimundo Inácio Filho, o Lobão, a participação ou não do time no campeonato estadual de 2009 está entregue nas mãos do prefeito da cidade, Bibi Costa.

O Galo do Seridó somente entrará na disputa se contar com a ajuda financeira da prefeitura. Vamos solicitar do prefeito uma ajuda de R$ 40 mil reais além de uma contribuição em alimentos para os atletas. Caso não sejamos atendidos, o clube não entrará no certame estadual do próximo ano, garantiu Lobão.

Está prevista para esta terça feira, dia 25 de novembro, uma audiência da direção do Corintians com o prefeito Bibi Costa.

Além do mais, o Estádio de Futebol Senador Dinarte de Medeiros Mariz, o Marizão, terá que fazer modificações em parte de sua infra-estrutura. Caso contrário, corre o risco de ser interditado.

Os custos com os reparos foram orçados em R$ 5 mil reais.


16 Comentários

  1. Liberal disse:

    Todas as prefeituras que tem times representando suas cidades, ajudam, será que a de Caicó vai ser diferente? mesmo falando em dificuldade financeira, prá ajudar ao esporte será valido a qualquer administrador, vamos aguardar a palavra do tio patinha BIB?

  2. NAL disse:

    Todo ano o corintians co, esse chororo dizendo que so entra se a prefeitura ajudar, o clube paga por uma equipe sem planejamento. equipe sazonal e sem administraçao ja está na hora de mudar r se o prefeito dar 40 mil ao corintiams pq nao dar ao esporte amador,que fica sempre em situaçao precaria e o corintians é um clube privado

  3. Pedro Antonio disse:

    É o prefeito do trabalho…

    Valeu Bibi, você é o cara, você e todos seus eleitores…
    OS CARAS…

  4. Carlito disse:

    Acho que só devemos seguir exemplos, quando eles são positivos. Não é porque uma ruma de prefeitos desastrados por cidades aí afora dão dinheiro público para que times de futebol paguem salário de jogador de futebol, que devamos aceitar que a prefeitura daqui fique dando dinheiro público “a torta de a direita”. Em Minas Gerais, tem um prefeito de uma cidade que ainda hoje, responde processo na justiça, por ter dado dinheiro público a time de futebol. A gente paga imposto para que esse dinheiro seja empregado em algo de futuro, e que volte em nosso beneficio e não coisas supérfluas.

  5. Oia Eu disse:

    Tem coisas melhores e mais importantes pra gastar esses R$ 40.000,00.

  6. Erivaldo disse:

    Concordo com você Carlito, em relação aos exemplos…
    – Temos só que acreditar no esporte aqui região do Sérido, e principalmente em Caicó.Sabendo que temos material humano suficente para competir de igual pra igual com o Mundo.
    O que precisamos é de insentivo e de bons projetos… para que verbas públicas,sejam bem empregadas em prol do esporte proficional e amador, fortalecendo as escolinhas.

  7. flamenguista disse:

    Caro Carlito e Anal,pelo o que sei todas as prefeituras a onde tem time que participa de capeonato oficial ou não,a prefeitura tem por obrigação ajudar.pois fais parte da cultura, o futebol na vida do Brasileiro e é justo que nossos impostos seja destinado ao incentivo do esporte,seja ele qual for,desde que faça bem ao o ser humano.

  8. Prevenildo disse:

    Se no lugar dessa grama fosse coentro, alface, cebola,tomate, etc. Aí sim, seria uma coisa de futuro para Caicó.

  9. Galego disse:

    é muito interesante um negoso desse, depois reclama pq a educação de Caicó é uma bosta, ta ai um exemplo!
    o CEJA, caindo aos pedaços, e ainda querem uma ajuda de 40 MIL reais p/ um time que não vai ganha PORRA NENHUMA!
    eu gosto do Galo, mas assim é d+!

    P/ isso que o djabo dessa cidade não vai a frente!

  10. Ednar Medeiros disse:

    Lamentavelmente esse Carlito, nao entende que esporte, cultura, saude andam juntos.E tem mais, o nosso time, é o unico que representa e leva o nome de nossa terra, ao estado.

  11. Maria Bonita disse:

    Compreendo que esporte é saúde, é vida, é meio de inclusão social, porém não entendemos que a ajuda ao Corintians, represente uma ação em favor do povo de Caicó. O que se vê todos os anos é um time fraco, formado na última hora que não chega a lugar nenhum, que nem se quer atrair o torcedor para ir ao estádio. Dinheiro investido no esporte amador sim, se tiver planejamento e organização tira os jovens das ruas e das drogas, socializa, e proporciona bem estar.

  12. 336 votos disse:

    Nâo cabe ao poder público subsidiar a prática esportiva profissional. Cabe aos diretores do corintians usar da criatividade para angariar patrocinadores e humildade para montar um time de acordo com o poderio econômico do clube.
    Cabe ao prefeito, leia-se poder público, incrementar a prática esportiva amadora, de base, que aliada à educação, é ferramenta essencial para a fuga da marginalidade.
    Creio, portanto, não depender do prefeito a participação do galo no campeonato estadual, mas sim da boa administração do clube, que cabe aos diretores.
    Chega de mamar nas tetas dos cofres públicos!!!

  13. Gabriel disse:

    Sinceramente não acho que o prefeito deva colaborar com isso. Time montado em cima da hora não tem condições de brigar por nada, a não ser pra não cair pra segunda divisão. O Corintians poderia cobrar ajuda para criar categorias de base, por exemplo, ai sim seria algo mais plausível, com um projeto de tirar jovens da marginalização e pagar à eles para jogar e estudar, utilizando-os durante o campeonato potiguar e quem sabe lucrar com a possível venda desses craques. É algo a se pensar a longo prazo, porém, já vem sendo feito pelo Alecrim que deu um bom trabalho no Campeonato de 2008.

  14. Gilvandro Alves disse:

    Bibi está correto, não adianta gastar dinheiro com o Corintians só para participar do campeonato. Tem que entrar para ganhar, como fez ?lvaro Dias em 2000, conquistando o título do estadual, pois naquela época ele tinha o respaldo financeiro da assembléia legislativa. É melhor não participar, pois sendo para depender da prefeitura, por que não o CAICÓ E.C., a raposa do seridó?

  15. cãinda disse:

    Não vejo nada demais a prefeitura ajudar um time de futebol, afinal esporte é uma maneira de cultivar os bons exemplos, tirando os menores da rua e dando oportunidades em outros setores.

  16. Discípulo de Cornetinha disse:

    Seria o cúmulo do fisiologismo e incompetencia administrativa, doar 40 000 reais a um time de futebol privado, que já é beneficiado com outras isenções tributárias. Ainda mais, quando um vereador aproveita para fazer “lero” em cima do prefeito. Dá-lhe Bibi!!! Deseje apenas que o Sr diretor de futebol seja feliz na sua incompetente direção.

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Sábado, 18 de Novembro de 2017


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter




Calendário

novembro 2017
D S T Q Q S S
« out    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930