Quem sabe de mim, sou eu!

— Robson Pires
11/jul/2007

Portugueses querem intercâmbio com as potencialidades do Seridó


Por Robson Pires, em

Está em andamento um projeto que envolve a DUECEIRA – Associação de Desenvolvimento do Ceira e Dueça, de Portugal, e a ADESE – Associação de Desenvolvimento Sustentável do Seridó, de Caicó, objetivando um protocolo de intenção de intercâmbio entre o Rio Grande do Norte e Portugal, em várias áreas.

Na área empresarial, por exemplo, a comercialização de produtos como bonés, bordados e minerais.

Na cultural, intercâmbio de estudantes da rede pública de ensino. Na administrativa, projetos de interiorização do turismo.

Uma comitiva de Portugueses esteve conhecendo a região do Seridó tempos atrás. Como desdobramentos, os primeiros resultados já estão surgindo. Eles vieram conhecer as nossas potencialidades, revelou ao blog Acássio Brito, consultor do SEBRAE.

A federação dos municípios do Rio Grande do Norte, FEMUR, Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Governo do Estado, ADESE e SEBRAE serão parceiros neste empreendimento.


1 Comentário

  1. tamos de olho disse:

    O que essa gringalhada portuguesa quer mesmo, é comprar as nossas potencialidades, igual como estão fazendo lá em Ponta Negra, em Natal. Mas o que mais invoca, é um grupo de alemães, que deixaram para trás o seu país de primeiro mundo, com todos os benefícios, para comprarem um sítio na serra de Santana, onde fabricam doces. Dá pra entender?

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Sexta, 24 de Novembro de 2017


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter




Calendário

novembro 2017
D S T Q Q S S
« out    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930