Quem sabe de mim, sou eu!

— Robson Pires
25/nov/2013

Pratodomundo: quando a gastronomia, artes visuais e música se misturam


Por Robson Pires, em

pratodomundo

A boemia não consegue rima com a chamada alta gastronomia, de pratos sofisticados e acompanhados por um bom vinho. Pede mesmo é um bom petisco, servido em boteco tradicional. E esta é a pedida do Pratodomundo – o Festival Gastronômico do Beco da Lama, realizado há 11 anos no Centro Histórico de Natal. O evento ingressa este ano na décima edição, agora inserido na programação oficial do Natal em Natal.

Arte, culinária e música se misturam no Festival. São três fins de semana em que dez bares e restaurantes das adjacências do Beco da Lama – reduto boêmio e tradicional da Cidade Alta – servem petiscos especialmente preparados para o Festival, a preços de até R$ 10. Muitos dos pratos também podem ser servidos durante a semana. Mas no sábado ganha um tempero musical, com o palco montado para shows no início da noite.

Entre os petiscos servidos, o cliente pode encontrar o Pimentão Atolado, do Bardallo’s Comida e Arte; o Risoto Potiguar, do Bar de Nazaré; a paçoca do Bar do Coelho; ou o Bife de Panela, do Bar do Zé Reeira. São pratos simples, feitos com um tempero peculiar que alia o gosto popular à adição de um sutil ingrediente para se diferenciar dos demais e conquistar o prêmio do Festival, oferecido aos três primeiros colocados.


Nenhum Comentário Até o Momento, Seja o Primeiro a Comentar!

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Quarta, 23 de Maio de 2018


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter



Calendário

maio 2018
D S T Q Q S S
« abr    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031