Quem sabe de mim sou eu!
Robson Pires
05/ago/2009
ás 10:51
Publicado por Robson Pires na categoria

Prefeito de Caicó afirmou que não teve direito de defesa

bibimatadouroAs interdições do matadouro público e do lixão, nesta terça-feira (04), causaram surpresa ao prefeito de Caicó, Bibi Costa (PR). Ele afirmou que sequer recebeu comunicado oficial do IBAMA, responsável pela ação.

Em relação ao lixão, Bibi afirmou que vinha cumprindo o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), firmado com o Ministério Público do Trabalho.  “Cercamos a área e implantamos vigilância para evitar o trabalho infantil”, disse o prefeito, além de citar a parceria com o governo do estado para criação do futuro aterro sanitário.

A carne de Caicó, referência em todo o Nordeste, também sofreu um duro golpe, quando o matadouro público também foi fechado. Segundo Bibi, a admiração está no fato do termo entregue pelo IBAMA não constar os motivos e o prazo para ajuizamento de defesa.

A corrida agora é contra o tempo, já que os marchantes poderão sofrer grandes perdas, além de ter que recorrer a locais impróprios para o abate dos animais. Após reunião com a assessoria jurídica, Bibi deve convocar, ainda hoje (05), um encontro com os representantes dos comerciantes de carne e derivados.

Um abatedouro menor, localizado na fazenda Baixa Verde, seria uma solução para o manejo de animais de pequeno porte, como caprinos e ovinos. Contudo, a obra ainda está em fase de conclusão e espera a licença ambiental do Idema.

Para concluir, o prefeito reafirmou que a assessoria jurídica caminha para um entendimento, onde a Justiça possa acatar um pedido de readequação no prazo para implantação do manejo sustentável dos resíduos sólidos e dos produtos de origem animal.


6 Comentários

  1. JOSE MOREIRA disse:

    SE DEFENDER DE QUE, LA TA UM ABANDONO SO, ISTO NÃO EXISTE HA ANOS ERA P/ TER SIDO INTERDITADO.

  2. Prof. Pasquale disse:

    O IBAMA é um órgão com poder de polícia administrativa, por isso pode determinar o fechamento do estabelecimento em epígrafe sem consultar a justiça. Ao poder judiciário cabe ver se o ato é legal ou ilegal, nunca entrar no mérito administrativo da questão.

  3. Xerife,eu já ouviu falar das irregularidades do Matadouro Público de Caicó, não sou especialista no assunto,por isso, não posso citar as que já ouvir falar,sei que são graves,também temos o nossos Açougue Público de Caicó necessitando de uma grande reforma,tá na hora da SUVISA fazer uma visita de inspeção sanitária.Neste dia,eu acredito que colocam o cadeado,a sujeira é grande.

  4. Intojado disse:

    Realmente, após acabar com o festival do queijo e da carne, Bibi foi pego de surpresa com o fechamento do matadouro. Faz só 5 anos que ele comanda a prefeitura, então não deu tempo de se adequar às medidas do M.P. Pobre Caicó…

  5. Josefina disse:

    Xerife, que bom que voltou! O administrador da nossa cidade ta meio perdido – igual a bala em meioa tiroteio – primeiro se faz de vítima para dizer que não sabia de nada, como sempre. Cadê o dinheiro dos professores que ele tb não sabe onde foi parar. Sera que o Prefeito Pirou de vez. Um abraço.

  6. DESCONFIADO disse:

    Xerife, ando meio desconfiado, achando que Caicó está, literalmente, entregue as baratas e ratos.
    Xerife, vc já foi fazer um lanche ou comer uma carne de sol com arroz de leite ali nos traillers do calçadão? Eu ainda não vi, mas dizem que baratas têm à vontade e aqui e acolá aparece um gabiru entre a cadeiras e mesas.

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Sábado, 21 de Outubro de 2017


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter




Calendário

outubro 2017
D S T Q Q S S
« set    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031