Quem sabe de mim, sou eu!

— Robson Pires
08/dez/2010

Previdência: Garibaldi pegou um pepino para administrar


Por Robson Pires, em

Dilma Rousseff completou nesta quarta (8) os convites aos ministros indicados pelo PMDB.

Recebeu na Granja do Torto, finalmente, o senador Garibaldi Alves (descendo do carro). Conformou-o como futuro ministro da Previdência.

Convertido em gerente de um pepino que o PMDB relutou em assumir, Garibaldi admitiu que desconhece o tamanho da encrenca.

 Na saída da conversa com Dilma, reconheceu que não sabe o valor do rombo da pasta que lhe foi confiada.

 Decerto ficará de cabelos hirtos ao descobrir que o déficit da Previdência deve fechar em R$ 42,5 bilhões neste ano da graça de 2010.

 Como que antevendo a dimensão da encrenca, classificou sua missão como um “desafio”. Está preparado? “Acho que estou”, disse.

 Rumina dúvidas inclusive quanto ao perfil que pretende dar à sua gestão. Mais técnico ou mais político?

 “Se eu me encantar com o tecnicismo pode ser até que eu me transforme em um técnico…”

 “…Mas eu não estou aqui dizendo que o melhor é ter conduta política ou técnica. O importante é saber se conduzir diante daquele desafio…”

 “…Se você quer ser mais técnico em um determinado momento você pode ser”.

 Disse ter trocado ideias com Dilma sobre a tão falada reforma da Previdência. A julgar pelo que disse, não há no horizonte nenhuma alteração de fundo.

 “Uma reforma de gestão eu sou favorável. A reforma da legislação, essa que é mais complexa, isso temos que estudar melhor…”

 “…Ela me disse que esperava que eu continuasse um trabalho que já está sendo realizado na Previdência com relação à reforma da gestão da Previdência…”

 “…O fim das filas, pagamentos de uma forma mais ágil. E esperava que não apenas continuasse isso, mas pudesse melhorar”.

 Ou seja, Garibaldi foi escalado por Dilma para equilibrar-se à beira do abismo bilionário de olho nas filas.


2 Comentários

  1. Bruno Brito disse:

    Garibaldi como governador vendeu a COSERN, agora como ministro vai querer vender os prédios da previdência.Eita
    Brasil bom.

  2. CAICOENSE disse:

    XERIFE,
    Eu concordo com voce, alem disso tudo que voce mencionou, Gari ira administrar um ministerio de problemas insolucionaveis, falido, e ainda por cima com uma previsao de cortes no orçamento para 2011.
    Outra coisa, quem teve essa ideia, esta interessado que Gari desista de ser o proximo presidente do senado, o que tanto para ele como para nos seria muito melhor pois teria poderes para trazer mas investimentos para o RN.
    O senador deveria repenssar esse presente de grego!!

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Domingo, 25 de Fevereiro de 2018


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter



Calendário

fevereiro 2018
D S T Q Q S S
« jan    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728