Quem sabe de mim, sou eu!

— Robson Pires
25/nov/2009

Henrique Alves será rastreado pelo PT


Por Robson Pires, em

henriquepmdbO PT e o PMDB farão, a partir de agora, um acompanhamento praticamente diário das composições que começam a ser formadas para as eleições estaduais de 2010 a fim de reduzir o máximo que influências estaduais interfiram na aliança nacional.

Por conta disso, as reuniões de avaliação entre as cúpulas dos dois partidos serão intensificadas com ocorreu hoje (25), na sede nacional do PT, em Brasília, quando foi um mapeamento da atual conjuntura para trabalhar situações mais delicadas como é o caso da Bahia e do Pará.

Outra preocupação das duas cúpulas partidárias está nos estados com maior eleitorado. Nos estados de Minas Gerais e do Rio de Janeiro, PT e PMDB terão que “trabalhar ao máximo” numa composição, uma vez que, em São Paulo, não há possibilidade de união em torno de Dilma Rousseff e, na Bahia, quarto colégio eleitoral do país, a campanha da ministra ocorrerá em palanques diferentes.

Sufoco também no Rio Grande do Norte, onde o senador peemedebista Garibaldi Filho pode declinar o apoio ao arquiinimigo petista: o DEM. Enquanto isso, o deputado Henrique Alves (PMDB) tenta unir a base do presidente Lula.


Nenhum Comentário Até o Momento, Seja o Primeiro a Comentar!

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Segunda, 19 de Fevereiro de 2018


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter



Calendário

fevereiro 2018
D S T Q Q S S
« jan    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728