Quem sabe de mim sou eu!
Robson Pires
27/abr/2010
ás 14:55
Publicado por Robson Pires na categoria

Rico é rico. Quem pode, pode. Quem não pode, toma caldo de Mocó! E pede ajuda a Deus

Rico é rico. Quem tem poder, tem poder. Quem pode, pode. E Deus dá o frio conforme o cobertor. Verdade? Verdade.

Eu fico impressionado com a desenvoltura e recuperação dos famosos que se submetem a sessões de quimioterapia e radioterapia para tratamento de câncer.

E explico os motivos.

Há pouco tempo enfrentei um caso de câncer na família. Minha mãe, que eu amo demais, teve a doença no ano passado. Graças a Deus e a sua fé, está curada. Foi um sufoco. Todos nós da família somos profundamente agradecidos a Jesus, aos médicos e as pessoas que nos ajudaram. Foram momentos de angústia. Superamos. Ela sofreu um bocado. Nós também. Emocionalmente.

Foi uma vitória de Deus. Estamos agradecidos.

Mas, vamos ao que interessa.

Impressiona-me o fato de tantos famosos se submeterem a quimioterapia e radioterapia e não apresentarem nenhum efeito colateral. Talvez, um efeito colateral mínimo ou quase nenhum.

Tomemos como exemplos alguns famosos pacientes do sofisticado Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, SP.

– Ex-ministra Dilma Rousseff, apresentadora Hebe Camargo, vice-presidente da República José Alencar e até o nosso atual governador Iberê Ferreira de Sousa. Todas elas vítimas de câncer.

Bem…

Aonde quero chegar? Explico.

Após as sessões de quimioterapia e radioterapia a que essas pessoas se submeteram a recuperação é muito rápida. A ministra caiu os cabelos, usou peruca e com poucos dias (ainda se submetendo ao tratamento) foi às ruas do Brasil viabilizar sua candidatura a presidente. Parece que não teve efeito colateral. Se teve, ninguém percebeu. A apresentadora Hebe Camargo, idem. Só perdeu os cabelos. Poucos dias depois (e ainda em tratamento) já estava de volta a TV. O nosso governador Iberê passa uma semana, duas, fazendo o tratamento e logo aparece em um estádio de futebol, em viagens pelo Brasil e está tudo bem.

Graças a Deus todos estão bem. Certamente.

E o que eu tenho haver com isso? Nada demais! Só que imunidade da minha mãe baixou, sofreu dores horríveis, foi internada várias vezes em hospitais, etc. Não somente ela, mas outros pacientes que fizeram o tratamento aqui no Estado.

Então eu pergunto: a quimioterapia e radioterapia do Hospital Sírio Libanês obra milagre ou é diferente dá aplicada aqui?

Isso é o que me intriga. Desejo a todos felicidade e recuperação breve. Mas, gostaria muito de ver pessoas pobres, também, sem passar por tanto sofrimento.

Minha mãe teve que tomar muito caldo de Mocó para aumentar a sua imunidade. O sistema imunológico baixou muito. Aliás, um santo remédio. Indicado para quem faz quimioterapia. É tiro e queda. Ótimo.

O que certamente não é necessário para quem pode fazer quimioterapia no Hospital Sírio Libanês. Lá, a medicação aplicada só pode ser outra.

Alguém pode me explicar?

Alguém entendeu o recado?

Jesus escreve certo por linhas tortas. Viva Jesus!!! Que dá o frio ao pobre conforme o cobertor.

Tenho dito!


5 Comentários

  1. luiza disse:

    Xerife isso é justamente o que me pergunto, será que a quimio deles é diferente da nossa? Isso me deixa tão intrigada quanto a vc.
    Quem será que pode nos responder?

  2. O JUSTO disse:

    Eu acho que eles escondem muita coisa…

    O vice presidente, pelo menos, fala a verdade. Ele abre a boca e não tem medo de dizer que sofre com o tratamento.

    Já outros imaginam que o sofrer publicado representa uma fraqueza. Que pena, esqueceram-se que são humanos e de que o sofrer faz parte da vida!

  3. Ricardo disse:

    Pra o leigo é muito fácil dizer isso, é claro que o medicamento sendo o mesmo, possui os mesmos efeitos. A oncologia do nosso estado é uma das melhores do paíse, dispomos dos mesmos medicamentos. Mas cada indivíduo é único e responde de maneira diferente a cada medicação. As neoplasias de Dilma e Iberê foram descobertas quando ainda estavam muito incipientes.

  4. Sou sabido! disse:

    Xerife! Existe um medicamento muito caro que faz nestas pessoas, o que não é disponivel pelo SUS. É um remedio que corta estes efeitos da quimioterapia

  5. estudante de fisioterapia disse:

    Meu caro xerife,cada pessoa tem um sistema imunológico unico,uns mais fortes, outros mais fracos, dependendo da idade, predisposicao maior ou nao ao cancer,questoes emocionais tb interferem na recuperaçao do paciente,entre outros.Enfim,nao significa, de jeito algum ,que alguns hospitais possuem melhores tratamentos oncológicos que outros!

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Sábado, 21 de Outubro de 2017


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter




Calendário

outubro 2017
D S T Q Q S S
« set    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031