Quem sabe de mim sou eu!
Robson Pires
30/ago/2009
ás 21:22
Publicado por Robson Pires na categoria

Robinson Faria admite que base de Wilma de Faria pode se esfacelar

robinson esfacelarPresidente da Assembleia Legislativa e figura autônoma dentro do grupo da governadora Wilma de Faria (PSB), Robinson Faria (Foto) admite que essa base pode se esfacelar. E diz o porquê.

Ele também deixa claro que o bloco denominado de “Unidade Potiguar” está muito sólido para se posicionar no teatro de guerra de 2010.

Leia abaixo entrevista de Robinson ao blog de Carlos Santos:

Blog do Carlos Santos – Deputado, qual o peso da política de alianças à luta presidencial, na formação de chapa ao governo do RN, em que o senhor figura como pré-candidato e comandando PMN e PP indiretamente?

Robinson Faria – Ninguém pode desconhecer o peso da liderança política do presidente Lula, principalmente na nossa região e no nosso Rio Grande do Norte. Entretanto, o lançamento de candidaturas por partidos integrantes da base política do presidente poderá alterar o quadro de alianças no nosso estado.

BCS – O senhor tem trânsito livre do governismo ao grupo situado na chamada oposição, em que aparece a liderança do senador José Agripino (DEM). Esses canais abertos revelam que o senhor é flexível ou indispensável aos dois lados?

RF – O fato de ter canais abertos significa dizer que eu trato as pessoas e os líderes políticos com gentileza, respeito e atenção. Quanto a ser indispensável, seria pretensioso de minha parte dizer isto, embora o nosso grupo político tenha uma expressão reconhecida e que pode vir a decidir a eleição.

BCS – O senhor tem se queixado quanto a um suposto favorecimento à pré-candidatura do vice-governador Iberê Ferreira (PSB), no esquema governista. Isso já não é motivo suficiente para pegar a “mochila” e mudar de lado?

RF – Eu gostaria que a definição da candidatura da base governista se desse em condições de igualdade, seria mais democrático. É o que defendo. E isso já é motivo suficiente para continuar lutando.

BCS – Na política, como na guerra, é aconselhável ter mais de uma estratégia de ação-combate. Em se tratando de 2010, o seu Plano B apontaria para uma candidatura à Câmara Federal, à reeleição, a vice-governador ou ao Senado?

RF – Política para mim não é uma guerra. Política é a arte de melhorar a qualidade de vida do povo, na paz, no entendimento, na conciliação. O nosso grupo político, a Unidade Potiguar, não trabalha com um plano B.

BCS – Depois desse “freio de arrumação” com o advento da Unidade Potiguar, liderada pelo deputado federal Henrique Alves (PMDB), houve mesmo uma acomodação de interesses? Zerou tudo? Estamos diante de uma carga de pote: se tiver muito solavanco pode quebrar tudo?

RF – Henrique Alves (PMDB), por não ser candidato a cargo majoritário e por sua conhecida experiência política, recebeu de nós a confiança e a delegação para falar em nome do nosso grupo. A Unidade Potiguar, na verdade, é liderada por todos nós que a idealizamos e que a apresentamos ao Rio Grande do Norte. Não há como diferenciar, na Unidade Potiguar, a liderança do deputado Henrique Alves, do deputado Fábio Faria (PMN), o mais votado do estado, do deputado João Maia (PR), o segundo mais votado na última eleição, além dos nossos deputados estaduais, todos líderes regionais e dos nossos diversos prefeitos. Da mesma forma, não há uma acomodação de interesses, mas um projeto de gestão para o desenvolvimento do Rio Grande do Norte, que significa a melhoria da qualidade de vida do nosso povo. Quanto ao solavanco, eu penso que as estradas do Rio Grande do Norte, em sua maioria, estão bem pavimentadas.

BCS – Deputado, há muito que o Ministério Público propaga que a Assembleia Legislativa é uma caixa-preta, está empanzinada de atos secretos, procedimentos ao arrepio da lei e que precisa ser dissecada. O que há de verdade nisso e como tornar mais transparente questões como cargos comissionados e custo da Casa, por exemplo?

RF – A Assembléia responde regularmente aos pedidos de informações do Ministério Público. Como exemplo, cito o caso dos servidores reenquadrados na Assembleia, vindos de outros órgãos: foi com base nas informações detalhadas que fornecemos que o Ministério Público ajuizou diversas ações na Justiça. É claro que cumpriremos as decisões judiciais, que, aliás, já estão saindo em primeira instância, negando o pedido do Ministério Público. Não existe ato secreto na Assembleia: todos os cargos, inclusive comissionados, são criados por Lei, devidamente publicados. Os atos de pessoal são publicados no Boletim Oficial. Tanto o Boletim como o Diário Oficial estão disponíveis na Internet.

BCS – Por que votar em Robinson Faria para governador? Quais os diferenciais que o senhor imagina ter, em relação aos demais pré-candidatos apresentados dentro e fora do governismo?

RF – Primeiro pelo compromisso: Eu vou realizar uma grande administração em benefício do povo do Rio Grande do Norte, com um programa de gestão diferenciado, com foco no absoluto controle dos recursos públicos, uma ampla reestruturação do sistema de saúde do Estado, para levar saúde aonde o cidadão precisa. Um forte investimento em segurança pública para dar tranqüilidade ao povo. Além de estimular o desenvolvimento da atividade econômica em todas as frentes para gerar empregos para aos nossos jovens. Isso faz parte do nosso projeto que já estamos discutindo com o povo sobre como realizar. Não é interessante eu fazer comparações em relação aos demais candidatos. Cada um vai se apresentar ao Estado com o seu histórico de vida, o seu pensamento e o seu projeto de governo. Caberá ao povo julgar quem estará mais apto para merecer a confiança e assumir o governo do estado. A campanha revelará o perfil de cada candidato e eu trago desde cedo uma característica que faz a diferença: palavra dada é palavra cumprida.

http://www.blogdocarlossantos.com.br/.


1 Comentário

  1. Canguru disse:

    Robson o candidato de Vilma é Iberê pode ter certeza. Não é à toa que ele tem tanto espaço no Governo, não é só como vice Governador não, é como pré-candidato mesmo! Se essa Unidade Potiguar é mesmo forte tá bom de começar a mostrar a que veio antes que ela dê uma rasteira, como é de praxe.

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Terça, 24 de Outubro de 2017


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter




Calendário

outubro 2017
D S T Q Q S S
« set    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031