Quem sabe de mim, sou eu!

— Robson Pires
16/jul/2007

São José do Seridó: Uma cidade pacata


Por Robson Pires, em

Há 60 anos que não é praticado um crime de homicídio na zona urbana de São José do Seridó.

Um dado curioso e que merece registro.

Para os tempos de hoje é uma realidade completamente diferente de outros centros.

Um exemplo de tranqüilidade e de um povo pacato.

Além do mais o município está entre os primeiros do Rio Grande do Norte no ?ndice de Desenvolvimento Humano.

Um exemplo.


2 Comentários

  1. Gilberto do PT disse:

    Irmão Róbson!
    Lamento fazer uma pequena correção consoante o comentário que aduz sobre a inexistência de crimes em São José da Bonita. Lamento porque tenho minhas origens lá. Há pouco mais de um ano, Humberto Quirino assassinou seu irmão Vicente Quirino com três cutiladas de faca peixeira, depois de levar dois tiros dele; há quatro meses Jabuti, que se encontra preso no PEREIRÃO, matou seu irmão Paulo Hermógenes, também se utilizando de arma branca; e há um mês Ruy, filho de Zé Balaio, levou uma facada de Damião de Chico Franco, quase indo a óbito. Os registros se encontram em Boletim de Ocorrência na Delagacia Local.

  2. tamos de olho disse:

    Tá danado, pelo visto, São José da Bonita está mais para uma cidade do velho oeste do que para a pacata cidade, que foi anunciada.

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Quarta, 18 de Julho de 2018


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter



Calendário

julho 2018
D S T Q Q S S
« jun    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031