Quem sabe de mim, sou eu!

— Robson Pires
03/ago/2009

Sarney vai entrar com representação contra adversário por causa de empréstimo feito a Agaciel Maia


Por Robson Pires, em

agaciel-maiaA informação é do colunista de Radar, Lauro Jardim, da Veja.

Numa reunião ocorrida ontem à noite entre José Sarney e os seus aliados mais próximos, o presidente do Senado comunicou que desistiu de sair do cargo e avisou que resolveu ir à luta.

– Agora, ele não sai nem a martelo, diz um participante da reunião.

O que significa ir à luta? Vai reagir a todos os ataques. A primeira bordoada será em Arthur Virgílio: Sarney já acertou com a presidente do PMDB, Íris Rezende Araújo, que o partido entrará ainda hoje com uma representação contra o tucano Arthur Virgílio por causa de um empréstimo que Agaciel Maia lhe concedeu e do pagamento de um curso na Espanha de um ex-funcionário do seu gabinete.

– Pisou no calo, vai ter troco, afirma um outro aliado.

Sarney, pelo visto, mandou para o espaço o que disse na tribuna do Senado, na véspera do recesso: “Sêneca dizia que grandes injustiças só podem ser combatidas com três coisas: silêncio, paciência e tempo”.  O filosofo romano serviu-lhe muito bem como citação, mas na batalha do Senado suas lições não duraram quinze dias de pé.

A encrenca no Senado esquentou mais uns 200 graus na semana do fim do recesso.

Território Livre


Nenhum Comentário Até o Momento, Seja o Primeiro a Comentar!

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Quinta, 24 de Maio de 2018


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter



Calendário

maio 2018
D S T Q Q S S
« abr    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031