Quem sabe de mim sou eu!
Robson Pires
22/jan/2009
ás 11:25
Publicado por Robson Pires na categoria

Sepultamento do professor João Bangu será hoje em Natal

Faleceu ontem, quarta feira, dia 21 de janeiro, em Natal, o professor João Diniz Fernandes, que era muito conhecido em Caicó por João Bangu.

Em 2007 João Bangu sofreu um aneurisma cerebral e teve que ser operado. De lá para cá enfrentava várias complicações sendo internado em unidades hospitalares por diversas vezes. Tinha problemas renais e estava fazendo hemodiálise.

Ele morreu na UTI do Hospital Santa Catarina.

Foi um dos mais famosos educadores de Caicó. Foi um dos fundadores do educandário CEIS – Centro Educacional Integrado do Seridó.

Era casado com Izabel Nóbrega Maria Diniz. Deixa 9 filhos.

O corpo de João Bangu está sendo velado no Centro de Velório Morada da Paz. Seu sepultamento será às 16 horas no cemitério Morada da Paz, em Natal.


10 Comentários

  1. Aluno disse:

    Grande João! lembro demais quando em classe ele olhava para um colega de turma e brincando porém alertando o cara dizia:”Se algo inesperado loucamente romântico em sua vida acontecer não se surpreenda a causa terá sido voce mesmo! hehehe…propaganda do velho sabonete ( eucalol?) vá com Deus professor, seus ensinamentos ficam!!!!

  2. Profº Rômulo Targino disse:

    Neste momento de angustia, tenho a missão nobre de prestar memoria a este que considero um grande mestre da educação do RN. João Bangú foi meu professor de matemática, cujo foi único ao meu recordar que me fez interesar pelo aprender da matemática, e me fez realmente aprender, me convenceu ao ponto que sempre o considerei um grande Professor, sábio, intelectual, da Política e de toda uma cultura, deixo aqui expressas minha palavras, memorando a o nosso grande Profº João Bangú!!!, Deus de conforto a familia e o bom lugar na outra vida.

  3. Agaciel Maia disse:

    Meu caro Robson,

    Saber do passamento do eminente professor João Bangu trouxe-me profundo pesar e me reavivou o sentimento de gratidão que a ele tenho dedicado ao longo de minha vida. Ele foi não apenas meu professor de matemática, mas também, de outros irmãos meus. Ensinou a várias gerações não apenas as lições de sua disciplina, na qual era realmente excelente, mas também outras lições, estas, de vida: amizade, sabedoria e determinação.

    João Bangu certamente terá abrigo em qualquer galeria dedicada às mais brilhantes inteligências produzidas no Rio Grande do Norte. Tenho certeza de que muitos dos nossos conterrâneos, hoje profissionais bem sucedidos, que continuem radicados RN ou que residam em outras regiões do Brasil, têm uma imensa dívida de gratidão para com o mestre João Bangu, porque para ele educar significava ensinar a viver.

    Segue o homem rumo à sua jornada imortal, ficam entre nós os bons exemplos semeados e a confiança em sempre abundantes colheitas. Caicó e o Rio Grande do Norte perdem um de seus mais importantes filhos.

    Ao momento em que externo minhas condolências aos familiares do professor e à sua multidão de amigos, envio-lhe também meu abraço,

    Agaciel da Silva Maia

  4. Grande Professor João como gostava de ser chamado, foi meu professor no Ceis na qual é um dos idealizadores. Lembro-me muito bem o quanto ele repetia um assusto enquanto a turma não aprendia, tanto é que passamos duas semanas de aula vendo equação do segundo grau por causa de uma aula que não aprendia ao ponto de ele dizer “você é insistente” fruto da sua orientação estou me formando em Engenharia. Que Pai celestial o tenha e cubra de conforto seus familiares e amigos.

  5. Francisco Brito disse:

    Quero consignar meus pêsames pelo passamento de mais este importante educador, exigente e dedicado como deve ser todos os mestres, fui agraciado com seus ensinamentos em 1974 no velho CDS.
    Sábias palavras do contemporâneo e Ilustre Agaciel Maia. Aproveito para relembrar, também, os atos generosos da mãe do Professor João Bangú que, graciosamente, vez por outra oferecia deliciosos refrescos aos moradores da casa do Estudante de Caicó, uma vez que morava em frente daquela casa.

  6. Discípulo de Cornetinha disse:

    Caicó perde um de seus maiores educadores. O prof. João Bangu possuía o poder de transmitir aos seus alunos não só o conhecimento da Matemática, mas também o sentimento da vida, a percepção do meio social e o humor do cotidiano.

  7. Luiz Antonio disse:

    Estudando em um colégio estadual, devo o que aprendí sobre matemática ao grande João Bangu.Ginásio Estadual de Caicó, segundo ano ginasial, primeiro dia de aula e entrava João Bangu e dizia: turma, este livro verde tem como autor Ary Quintela. Vejam a primeira capa. No final do ano, mostrarei a última capa. Era rigoroso nos seus ensinamentos e só não aprendia com ele quem não queria nada com a matéria. Deus o receba GRANDE JOÃO BANGU.

  8. vivarte Brito disse:

    Professor João Bangu sai de nosso convívio para entrar na história. Nunca esqueceremos os seus ensinamentos, suas equações matemáticas, a maneira de ser um grande educador. A sua palavra ecoou em nossas mentes para grandes vitórias. O que somos hoje, graças aos seus ensinamentos. Ao Professor um até logo. Aos seus familiares e conterrâneos minhas condolências.

  9. GRANGES-ACRE disse:

    É COM PESAR QUE SOUBEMOS AQUI NO ACRE DO FALECIMENTO DO AMIGO JOÃO BANGÚ, CAICÓ PERDE UM GRANDE EDUCADOR, DESSES QUE TINHAM AMOR A PROFISSÃO E QUE INCENTIVAVAM A EDUCAÇÃO.

  10. GRANGES-ACRE disse:

    ROBSON RECORDAR É VIVER.
    BLOG DO SENADINHO
    Terça-feira, 25 de Setembro de 2007
    Essa veio de Caicó, João Bangu
    Homem que bebe cana
    E vive na embriaguez
    Cachorro que pega bode
    Mulher que erra uma vez
    Não há no mundo
    que ache remédio pra estes três.
    eternas saudades

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Segunda, 23 de Outubro de 2017


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter




Calendário

outubro 2017
D S T Q Q S S
« set    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031