Quem sabe de mim, sou eu!

— Robson Pires
14/jul/2008

Técnicos se reúnem para discutir transposição do Rio São Francisco


Por Robson Pires, em

O Governo do Estado promove, a partir desta segunda-feira (14) até o dia 25, no Centro de Educação Profissional Senador Jessé Pinto Freire, em Natal, o curso “Operação e Manutenção de estações hidrológicas automáticas?, promovido pelo Instituto de Gestão das ?guas do RN (Igarn) em parceria com a Agência Nacional de ?guas (ANA). O curso faz parte do projeto “Programa de Ações para apoio à implementação do sistema de gerenciamento de recursos hídricos do Projeto de Integração do Rio São Francisco às bacias hidrográficas do Nordeste Setentrional (PISF)?, e tem como objetivo permitir o acompanhamento em tempo real dos efeitos do aporte das águas do São Francisco nas águas superficiais das bacias receptoras.

O Projeto de Monitoramento Hidráulico e Hidrológico das águas do São Francisco também objetiva aparelhar as entidades estaduais para realização de ações de monitoramento com vistas à gestão das águas da transposição. Os técnicos da Agência Nacional de ?guas (ANA), do IGARN e dos Estados da Paraíba, Ceará e Pernambuco receberão toda a orientação teórica a partir desta segunda-feira e de 17 a 21 de julho a instrução prática que consiste na instalação definitiva dos equipamentos no Açude Santa Cruz do Apodi e em uma estação localizada na divisa da Paraíba com o RN.

Durante a instalação será feita a capacitação dos técnicos dos Estados para manutenção e operação das sondas de qualidade de água. No período de 22 a 25 de julho, em Natal, está programado o treinamento para utilização dos sistemas que permite a verificação da profundidade dos reservatórios e dos programas de processamento dos dados bati métricos. O projeto, quando concluído, possibilitará a modernização de 13 açudes e 28 estações fluviométricas localizadas em importantes seções de controle de rios que receberão águas da transposição.

A Integração do Rio São Francisco com as Bacias Hidrográficas do Nordeste Setentrional prevê a construção de dois canais: o Eixo Norte que levará água para os sertões do Rio Grande do Norte, Pernambuco, Ceará e Paraíba e o Eixo Leste que beneficiará parte do sertão e as regiões agreste de Pernambuco e da Paraíba.


2 Comentários

  1. Xerife,será que vai sair um projeto para fazer a despoluição dos rios que vão receber às águas do Velho Chico?

  2. Paulo Gilberto - Patos (PB) disse:

    Se essa Transposição do Rio São Francisco um dia se completar, acrescentarei um “Lula” a meu nome, em homenagem ao presidente fanfarrão que temos hoje. Passarei a chamar-me: PAULO GILBERTO Morais LULA dos Santos.

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Sexta, 24 de Novembro de 2017


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter




Calendário

novembro 2017
D S T Q Q S S
« out    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930