Quem sabe de mim, sou eu!

— Robson Pires
24/nov/2009

Vivaldo condena voto para os candidatos pára-quedistas


Por Robson Pires, em

vivaldoO deputado estadual Vivaldo Costa (PR) tem defendido por diversas vezes, em seu programa na Rádio Caicó, que o eleitorado seridoense decline seu voto em favor dos candidatos da terra.

Ele combate a insistência da entrada na região dos chamados candidatos pára-quedistas, ou “Copa do Mundo”, que aparecem a cada quatro anos para buscar o voto, mas não fazem nada pela região.

O Papa-Jerimum  ilustra o pensamento dizendo que “quem não faz pela sua terra, não faz pela terra de ninguém”, para lembrar que esses candidatos não têm compromisso com o Seridó.

O Blog comenta: quem mais tem invadido os redutos eleitorais dos candidatos da base aliada do governo do Estado na região do Seridó é o advogado e pré-candidato a deputado, Lauro Maia, PSB, filho da governadora do Rio Grande do Norte, Wilma de Faria. É forasteiro.


5 Comentários

  1. anair disse:

    Robson, se não me engano, esse Lauro Maia foi preso por corrupção um dia desses. Será que o povo já esqueceu?

  2. Neto disse:

    Será que Vivaldo já esqueceu dos forasteiros que ele mesmo trouxe para apoiar em eleições passadas na nossa cidade de Caicó. O povo, com certeza, não.

  3. Oliver disse:

    Com certeza votar em forasteiro é muito perigoso, pois a população de são vicente tá sentindo na pele, um prefeito sem compromisso com o povo. ( ditado popular, quando lucifer não vem, manda o secretário ).

  4. rafael gomes disse:

    Homi, deixe esse lauro maia prá lá. Não queremos filhinhos da traidora Vilma em nossa amada cidade. De promessas, basta a falsa de sua mãe- a guerreira.

  5. Wellington Bernardo disse:

    Eitâ, a Cidade de Caico ou Curral Eleitoral de Caico, o que temos que fazer é esclarece o povo em vota naqueles que tem compromisso com os direitos dos trabalhadores, aquele que teve um pasado, um presente e um programa para o futuro.
    Temos que dizer ao povo todos os dias que não troque seu voto por nada, nem por geladeira, nem por sandalia, nem por um punhado de farinha. Se eles derem bebam água gelada, usem as sandalias e comam a farinha mais vote naquele que tem compromisso mostrado na pratica.
    Chega de trata o povo como gado e as cidades do interior como fazenda eleitoral

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Sábado, 25 de Novembro de 2017


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter




Calendário

novembro 2017
D S T Q Q S S
« out    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930