Quem sabe de mim sou eu!
Robson Pires
02/ago/2007
ás 09:32
Publicado por Robson Pires na categoria

Ministério Público ingressou ação contra Wilma de Faria e mais 22 pessoas envolvidas com irregularidades na construção da ponte Forte-Redinha. Vai dar bronca?

ponte-redinha-custom.jpgdc298-custom.jpg 

Ação de improbidade.

A governadora do Rio Grande do Norte, Wilma de Faria ( na foto ) e companhia está ferrada.

O Ministério Público Federal. Eu falei “Federal?! Ingressou uma ação de improbidade administrativa contra a guerreira do PSB e mais 22 pessoas envolvidas no processo de licitação e execução das obras da Ponte Forte-Redinha( na foto)

Entres os réus, estão o deputado estadual Gustavo Carvalho, ex-Secretário de Infra-Estrutura, e o atual ocupante da pasta, Francisco Adalberto de carvalho.

Entre as sanções previstas, estão a perda das funções públicas ocupadas e a suspensão dos direitos políticos pelo período de oito anos.

O MPF também pediu o bloqueio de mais de R$ 13 milhões de reais do patrimônio dos acusados. A ação foi assinada pelos procuradores da República que compõem o Núcleo de Combate à corrupção no Ministério Público Federal do Rio Grande do Norte. Eles defendem que tanto a governadora quanto os outros acusados lesaram o patrimônio publico do Estado e da união com atos que atentaram contra os princípios e normas legais da administração pública.

São muitas as irregularidades. A matéria completa está no Diário de Natal, edição de hoje.

Do blog: O deputado Gustavo Carvalho é conhecido por alguns setores de Caicó como “o mão de lixa?. Será que você sabe o que isso significa dizer?


7 Comentários

  1. LAMA DE CATACUMBA disse:

    ISSO VAI FEDER MAIS DO QUE EU.

  2. Prisiaka disse:

    E bode fedor nisso, vai feder mais que as “solas” dos irmão corminhos, pois no primeiro levantamento do MPF já atingiu 29 milhões. No Projeto original era para ser gasto menos de 100 milhões e, segundo a imprensa, já vai mais de 200 milhões. Outra coisa, eu aposto com quem se habilitar que a mesma só será inaugurada no próximo ano, véspera da eleição.

  3. João Maria Cavalcanti disse:

    Caro Róbson,

    Esse assunto é muito complicado, como é complicado todo e qualquer assunto que envolva obras de engenharia em Natal. O Ministério Público resolveu fazer às vezes das entidades representativas das categorias de classes e dos órgãos de fiscalização do meio ambiente. Creio que está na hora de todos se reunirem para esclarecer quais as competências de cada um e evitar que o MP ocupe todos os holofotes da mídia. Neste caso, em particular, quem estão alimentando essas denúncias é o engenheiro Ceciliano Ennes, dono da empresa que iniciou a construção da primeira ponte e que teve que ser rescindido o contrato, dando um enorme prejuízo ao erário e o engenheiro Ubirajara Ferreira da Silva, que não foi contratado para fazer o projeto da nova ponte. Esses senhores já foram objetos de denúncias feitas por mim no plenário do Crea-RN por comportamentos anti-éticos devido terem elaborado e divulgado relatórios desqualificando os projetos dos colegas que estão à frente dos trabalhos da nova ponte. No meu entendimento, todo e qualquer depoimento que esses senhores fizeram são objetos de suspeição, pois são partes interessadas, e portanto, não se sustentam e são passíveis de anulação.

    Engenheiro João Maria

  4. LAMA DE CATACUMBA disse:

    ENGENHEEEEIRO JOÃO MARIA, TAIS DOIDO POR UMA BOQUINHA?.

  5. Prisiaka disse:

    Cuidado companheiro João Maria, o buraco é mais em baixo, aí é briga de cachorro grande. Voce é um bom Engº e não entende nada da área jurídica, portanto, ponha a viola no saco e tire o time Homem de Deus.

  6. Agnóstico disse:

    O MP é uma das últimas instituições que o povo pode pedir socorro em um país cheio de corruptos, e é bom que ele erre por ação e nunca por omissão, para deixar todos esses políticos com menos vontade de roubarem.

  7. Vilson disse:

    Conheço os Procuradores da República que trabalham nesta investigação, são jovens profisionais sérios e estão exercendo as suas funções constitucionais, esta situação é facil de esclarecer, já esta provado com os laudos iniciais que comprovadamento os procuradores da República tem razão. Foi tudo programado para 08 (oito) anos.

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Quarta, 18 de Outubro de 2017


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter




Calendário

outubro 2017
D S T Q Q S S
« set    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031