Quem sabe de mim, sou eu!

— Robson Pires
10/out/2007

A civilização ainda não chegou na comunidade Floresta em Serra N. do Norte


Por Robson Pires, em

É difícil de acreditar que em plena era da modernidade em que vivemos, dos avanços, da tecnologia e tudo mais, ainda tenhamos que testemunhar famílias que residem em casas de “taipa” como se a civilização ainda tivesse longe de chegar para essas pessoas.

No sítio Floresta, uma comunidade que fica no município de Serra Negra do Norte, as casas de “taipa? ainda existe.

 Pior do que existir foi o desprezo dado pelo prefeito da cidade, Rogério “tio patinhas? Mariz.

Há um ano ele mandou deixar os tijolos na comunidade para transformar as casas de “taipa? em casas de alvenaria.

Esqueceu. Deu um branco. Os tijolos estão lá e nada foi feito.

Mude Rogério. Cresça. Conheço-te. Você é uma boa pessoa (era?). O que fez você mudar tanto? O dinheiro não é seu! Pertence a moradora da casinha de “taipa?. Pertence a Prefeitura. É dela. Vá lá. Tire-a da miséria em que vive! Dê a mão. Um abrigo digno. O mínino possível. Não sei como você ainda tem coragem de entrar na Matriz de Nossa senhora do Ó, homem de Deus!

Tenha fé!

Do blog: Casas de “taipa? são casas construídas com paredes feitas de barro. Serve de local ideal para abrigar o inseto barbeiro responsável pela doença de chagas.


2 Comentários

  1. Caro Robson,
    A verdade é que Dr Rui substituiu quase todas as casas de taipas do nosso Municipio.No entanto, as que restaram nas comunidades Curral Queimado, Lagoa da Serra,Saudade,Belo Monte e Floresta, Rogério está substituindo. Neste caso, é problema do estado com a firma responssável, mas logo está cendo resolvido.
    O que ignoro é as pessoas que lhe passam essas informações tiveram a oportunidade de resolverem e nunca nem comerssaram.

  2. Onaldo Lins disse:

    Mesmo antes da aprovação e se publicado meu comentário, Peço desculpas ao Xerife e aos Paraibanos, pois, me excedi no final de meu comentário. Na verdade o último parágrafo não cabia ou cabe ali.

    Não se trata de covardia, e sim, do reconhecimento de erro por empolgação ou indignação.

    Desculpe-me.

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Domingo, 21 de Janeiro de 2018


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter



Calendário

janeiro 2018
D S T Q Q S S
« dez    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031