Quem sabe de mim sou eu!
Robson Pires
13/ago/2007
ás 16:43
Publicado por Robson Pires na categoria

Débito do Hospital do Seridó é muito grande

É de R$ 1 milhão e 600 mil reais o débito com os fornecedores do Hospital do Seridó.

Com muita competência o jovem, Hugo Marinho, diretor da casa de saúde, conseguiu derrubar o déficit mensal de cerca de R$ 40 mil reais, em média, para R$ 15 mil reais. Uma vitória. Senão, o rombo estava grande.

O Governo do Estado paga somente aos médicos Pediatras e Obstetras. Só.

A Prefeitura de Caicó ajuda com uma média de R$ 10 mil a 15 mil reais, mensalmente. Também com alimentação e medicamentos.

Agora, o Hospital do Seridó teve um prejuízo: Um carro tipo UNO que servia ao hospital capotou.


5 Comentários

  1. Prisiaka disse:

    A saúde do País está enferma há bastante tempo, e em Caicó não poderia ser diferente, veja que já fechou o Hospital Tiago Dias, Maternidade Mãe Quininha, o Hospital Regional do Seridó (SESP)está agonizando, agora o Hospital do Seridó, e por aí vai. Não existe, começando pelo Governo Federal, uma política séria para resolver a situação da saúde, observemos que em 1993 o então Ministro da Saúde Dr. Adib Jatene lutou para que fosse implantado a CPMF e esses recursos seriam direcionados unicamente para a saúde, santa ilusão, e o próprio Ministro pediu exoneração, pois os recursos nunca foram para o destino correto, que era a saúde. E LULA, na sua peculiar ignorância, fica dando esmola aos pobres (bolsa família) achando que tudo está a mil maravilha, sem atentar para a situação caótica que os hospitais universitários estão passando e viajando no Jato 51 pelos paises da América do Sul, sem atentar que estes mesmos paises investem proporcionalmente e infinitamente mais recursos que o Brasil, na saúde do seu povo.
    E em Caicó, existe uma disputa interna dos políticos locais, torcendo para que a Unidade da bandeira adversária feche, para então com o fechamento ele tirar proveito, não atentando para o detalhe que quem perde é o POVO, notadamente os mais carentes, como exemplo cito o fechamento da Maternidade Mãe Quininha e o Dr. Vivaldo Costa, na última eleição (inclusive ele não foi eleito – há castigo bom) vinha comandando uma passeata e em frente à Maternidade, fazendo pouco, disse “Comprade Jalles Cavalcante desligue o som para não pertubar os doentes da Mãe Quininha, kkkkkk”, numa demonstração de insensibilidade com o fechamento da Maternidade, e logo ele que recentemente teve um sério problema de câncer e teve recursos e condições de realizar o tratamento em São Paulo, e o pobre como fica Dr. Vivaldo?, e o mesmo sabia da possibilidade da Liga Norteriogrande de Combate ao Câncer – LNCC, vir instalar-se na Maternidade.

  2. Janner Uchoa disse:

    Enquanto isso, chega a informação de que em Currais Novos, no Hospital Regional, o big-brother tá grande. Imaginem se a sua diretora-administrativa Milena e o seu irmão deputado Ezequiel houvessem apoiado, de fato e de direito, Wilma, no 1º e no 2º turnos?? E tem mais, lá no Hospital Regional de Currais Novos, a prefeitura e o prefeito Zé Lins, mesmo pertencendo ao mesmo sistema do governo do estado, são personas non gratas á direção do Hospital e a seu corpo de puxa-sacos de plantão.

  3. MAKITUBE disse:

    Brilhante comentario esse de PRISIAKA,infelizmente vivemos no meio de uma politica sebosa onde só quem perde é o mais humilde.Enquanto brincarem de quem pode + na saúde de caicó a população continuará penando….È uma vergonha que em pleno século xxI,continuem fazendo esse tipo de politica,que vem se arastando durante os ultimos 50 anos, onde ao invez dos politicos se preocuparem c/ o bem estar da população,na verdade estão + preocupados c/ a gozação e a chatiação que um partido vai tirar c/ o outro.”vergonhoso”

  4. Analista disse:

    Gostaria de dizer que a direção do hospital tem por obrigação em dar uma satisfação ao povo sobre o carro destruido(ou seja comprar outro,mas não com o dinheiro do hospital) e cade os vários convenios que governo do estado fez para o hospital?

  5. Caicoense disse:

    É o que mais me revolta é essa disputa ridícula de uma “bandeira” sobre a outra… até quando??? Pior que em tempo de eleição ninguém tá nem aí para os problemas do povo não, a população tambem é culpada, o povo tem o político que merece. A população tambem leva muito para esse lado de bandeira, eu vejo gente apostando. É como se fosse um jogo, sei lá, vai entender…

    Vão desculpando a construção do comentário, fui escrevendo o que deu na cabeça, é apenas um desabafo de um cidadão completamente insatisfeito com o modo como se faz política da minha cidade… que apesar dessa sujeira e desse carnaval todo, amo muuuito Caicó!!! E por isso minha revolta, por amor à minha terra, à nossa terra!!!

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Domingo, 22 de Outubro de 2017


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter




Calendário

outubro 2017
D S T Q Q S S
« set    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031