Quem sabe de mim, sou eu!

— Robson Pires
11/maio/2008

João Maia: aliança de Natal não teve transparência. O céu é o limite para 2010


Por Robson Pires, em

O deputado federal, João Maia, PR, não ficou satisfeito com a aliança formalizada pela Governadora do Rio Grande do Norte, Wilma de Faria, PSB, em favor da candidatura da deputada federal, Fátima Bezerra, PT, a prefeita de Natal.  Ele disse que o PR não foi ouvido com antecedência e que adotará posição idêntica a do deputado estadual, Robinson Faria, PMN, Presidente da Assembléia Legislativa do Rio Grande do Norte.

 

João Maia concedeu neste sábado, dia 10 de maio, a seguinte entrevista ao Blog do Xerife da Cidade. Jogou duro com a Governadora Wilma de Faria. Afirmou que a aliança não foi transparente. E que para especulações políticas futuras o “céu é o limite?.

 

Acompanhe os principais trechos da entrevista:

 

Blog – O que o Sr. achou da aliança de Natal?

 

JM – Essa aliança ela foi uma surpresa para todo o R. G. do Norte. E eu disse desde o início e repito que causa estranheza porque agente não participou da discussão sobre a

formação da aliança. A questão para mim não é o nome de Fátima Bezerra. A questão é como é que foi feita. Eu reuni o PR sexta feira passada (10) em Natal, conversei com Wilma também à noite, tive um encontro com Robinson Faria em Brasília e sexta feira passada voltamos a conversar num almoço, depois nos falamos por telefone e acertamos que nos precisamos acelerar uma decisão, não dá para esperar muito tempo prá gente decidir. Eu vou ao Rio na segunda feira (12) mas volto para Natal na mesma segunda. Vou reunir o diretório municipal de Natal e a direção estadual do partido prá gente tomar uma decisão. Acho que terça feira ou no máximo quarta feira nós vamos anunciar a decisão.

 

Blog – Essa decisão será conjunta com Robinson Faria. Vocês estão em sintonia deputado?

 

JM – Nós chegamos a conclusão que devemos tomar uma decisão conjunta. Nós vamos anunciar em conjunto a nossa decisão.

 

Blog – Tem hora e dia?

 

JM – Não. Eu conversei com Robinson por telefone. Nós vamos nos reunir, como já disse, com a direção do partido. Aí imagino que na terça feira agente vai ter uma clareza maior como vamos proceder.

 

Blog – Faltou atenção da Governadora Wilma de Faria em não ouvir os partidos da base aliada do governo?

 

JM – Não é só sobre a base aliada não! O que faltou, faltou! Não adianta agente esconder isso. O PSB não foi consultado, o PT não foi consultado, isso não foi um processo em que o PT tivesse sido participado desta decisão, o PSB tá aí com o deputado Rogério Marinho resistindo dessa decisão. Então realmente foi uma coisa muito de cúpula mesmo. Reuniram-se em Brasília e se decidiu sem os partidos opinarem. A questão não é a aliança em si. A dificuldade é que todo mundo vai decidir por uma coisa que já foi definida.

 

Blog – Essa aliança não faz parte de um projeto político de Wilma de Faria e Garibaldi Alves Filho em relação às eleições de 2010?

 

JM – Veja. Tudo que é feito sem transparência dá motivos de mil especulações. Por isso que eu acho que agente deve tomar decisão com transparência. Como ela foi uma aliança muito inusitada, estranha, pois a menos de 2 anos nós estávamos numa luta política para escolher o Governador do Estado entre Wilma e Garibaldi. Então, como ela não foi transparente, não sabemos as razões, eu diria o seguinte: prá você especular os motivos o céu é o limite.

 

Blog – Essa aliança não poderá contrariar seus interesses políticos em 2010?

 

JM – Eu particularmente acho 2010 muito longe. É claro que todo mundo faz política com sonho, com projeto, mas minha percepção e a do PR eram que agente devia fazer de 2008 uma questão municipal. Vamos escolher os melhores gestores, as melhores propostas e vamos discutir 2010 no momento apropriado. Quando chegar lá em 2010 vamos ver qual é a relação de forças, o que é que o eleitor tá querendo, quem melhor representa o sentimento da população eu particularmente penso nisso. Eu repito. Os acontecimentos no Rio Grande do Norte ficaram tão estranhamento, os acordos foram feitos tão em cima, tão pouco municipalista, nacionalizando uma eleição municipal, que eu tenho dito que no Estado 2010 – contra tudo, contra o calendário – chegou antes de 2008.  

 

Robinson Faria já declarou: há uma tendência dentro do meu grupo de apoiar à deputada Micarla de Sousa a prefeita de Natal. Então…

 

Foto: João Maia. 


4 Comentários

  1. Alberto Pessoa disse:

    Pelo andar da carruagem, a senadora Rosalba Ciarlini vai ser a governadora.

  2. Nego Véio disse:

    João Maia pensou que Wilminha fosse gente…

  3. canguru disse:

    É,a Sra.Wilma é assim mesmo, transparente que é uma beleza! ninguém nunca sabe quando ela vai dá o bote e a quem vai atingir.Venenooosa!
    Ela adora surpreender seus correligionários e deixá-los a ver navios, sempre foi assim e sempre tem se dado bem!, não sei na próxima.O interessante é que quem sofre as consequências parece que está sempre de braços abertos a ceitá-la novamente, não é extranho? Garibaldi, Zé Agripino, Henrique, e tantos outros… Espero que o Sr. João Maia resista a essas tentações.

  4. adriano coutinho disse:

    os politicos do rn estão no caminho certo! parabéns aos lideres que se uniram em natal para fazer esta aliança que só trará benefício para o povo natalense.

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Sexta, 24 de Novembro de 2017


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter




Calendário

novembro 2017
D S T Q Q S S
« out    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930