Quem sabe de mim sou eu!
Robson Pires
02/out/2007
ás 11:09
Publicado por Robson Pires na categoria

Secretario transfere domicílio eleitoral e é pré-candidato a prefeito de São Fernando

wilma-e-fernandinho.bmpO Secretario Estadual de Habitação e Ação Social, Fernando Antonio Bezerra, transferiu seu domicílio eleitoral para o município de São Fernando. Ele deixou O PR – Partido da República, ao qual era filiado no município de Serra Negra do Norte.

Assinou ficha ontem no PSB de São Fernando. Ele será pré-candidato a prefeito do município nas próximas eleições municipais com as bênçãos da Governadora do Rio Grande do Norte, Wilma de Faria, e do atual Prefeito do município Paulo Emídio de Medeiros.


7 Comentários

  1. VITAL NETO disse:

    SE CONCRETIZAR MESMO, QUE SEJA O MELHOR PARA SÃO FERNANDO.

  2. Edgley disse:

    Parabéns São Fernando.

    Progresso e continuidade aos bons serviços prestados a São Fernando por Paulinho com certeza achará nas mãos de Fernandinho, um homem sério, que irá alocar recursos em todas as áreas dos Governos Estadual e Federal.

    Parabéns São Fernando e meus “Pêsames” a Serra Negra do Norte.

  3. Maria José Alves disse:

    aaaaaaaaa coitchado em serra negra nao descolou nada a seu favor, correu pra coiata de sao fernando!

  4. Polion Maia disse:

    Na cidade de São Fernando, percebe-se um certo desconforto em algumas pessoas que votaram em Paulinho quando o assunto é a sucessão do executivo municipal. Motivo: Fernandinho não ser natural daquela cidade. Isso se deve por dois motivos: o primeiro, o mote usado contra a adversária de Paulinho na campanha passada, Paula Torres que “não era daquela cidade”; o segundo: desconhecimento por parte da população do nobre advogado Fernandinho. Contudo, acredito que a “administração” orçamentária de São Fenando não pode ser estabelecida na sede daquele município. Paulinho deu o exemplo. Os recursos para investimentos em barragens, melhoramentos das estradas vicinais, melhoramentos habitacionais, construção de ginásio, parque recreativo, creches, cisternas, cata-ventos, estão na capital do Estado e em Brasília e Fernandinho deve conhecer os atalhos. Que São Fernando continue sendo o divisor de águas das administrações públicos do Seridó.

  5. Onaldo Lins disse:

    Boa sorte Fernandinho; Honestidade, Trabalho e Competência são suas marcas mais fortes por onde passa e passou.
    Parabenizo aqui, o povo de São Fernando pela oportunidade da escolha.

  6. Onaldo Lins disse:

    Parabenizo o Sr. Polion Maia pelo comentário. Pegando gancho no assunto (O Forasteiro na política) levemente abordado por ele, peço licença pra uma explanação.

    Considero totalmente atrasado e ultrapassado na política do Seridó esse termo “Forasteiro”.

    Essa simples palavra porém tão pesada aqui no seridó, de substantivo torna-se um adjetivo maldoso em palanques de comícios e na boca difamatória de alguns.

    Ela desqualifica e deixa inapto qualquer pessoa por mais idóneo, competente, trabalhador e honesto que seja.

    Lembro-me agora do médico Ruy Pereira em Serra Negra do Norte, mesmo como médico sanitarista conceituado tendo atestado sua competência em trabalhos desenvolvidos com louvor no estado de pernambuco, ao chegar em Serra Negra levou de cara esse “adjetivo” ao disputar um mandato no legislativo e em seguida no administrativo municipal.

    Esse era a único veneno que os adversários tinham pra destilar contra Ruy em palanques de comícios ou ao pé do ouvido dos menos esclarecidos.

    O resultado que todos conhecem e sem querer mais me alongar:
    Até então, foi o melhor vereador já visto naquele município e um prefeito que fez história na cidade no só pelo trabalho que desenvolveu como nenhum outro em prol da coletividade, deixando uma semente jamais esquecida naquele município “consciência política” em muitos.

    Pedi licença para expor esse tema “Forasteiro” aqui, não que o cometário do Sr. Polion traga esse sentido, e sim, achei importante esclarecer sobre o tema que parece já fazer parte da cultura reversa do seridó.

    Podem ser bons administradores, tanto filhos da terra, como também pessoas que venham de fora. Claro que é importante ter conhecimento dos munícipes, suas necessidades e problemas locais. Pra isso existe uma campanha política, onde há uma conquista e conhecimento mútuo entre eleitor e candidato, como também existirá o conhecer a cada dia após o pleito eleitoral.

  7. Júnior de Pelega disse:

    Quero parabeniza-lo senhor Onaldo pelo esclarecimento sobre esse tema FORASTEIRO, e para enfatizar neste tema posso dizer que o nosso amigo Fernando Antônio não é forasteiro coisa nenhuma em São Fernando, pois todos sabem que desde o ano de 1997, o senhor Fernando Antônio abraçou a luta em favor do povo de São Fernando, quando nos ajudou a tirar São Fernando do atraso, as pessoas devem lembrar-se perfeitamente das vezes que ele usou o microfone no palanque para defender os ideais e interesse do município e do povo de São Fernando, a luta dele ao lado de Paulinho para conseguir trazer recursos que beneficiaria o povo, além do mais se a pessoa é considerada forasteira por que no registro de nascimento não consta o nome de São Fernando, a população de São Fernando, quase toda é forasteira, pois no registro de nascimento das pessoas daqui consta a naturalidade Caicó, simplesmente por nascer nos hospitais de Caicó. Estamos pensando no melhor e no progresso de nossa gente e é com este pensamento que vamos concientizar-los.

Deixe o seu comentário!


Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Domingo, 22 de Outubro de 2017


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter




Calendário

outubro 2017
D S T Q Q S S
« set    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031