Quem sabe de mim, sou eu!

— Robson Pires
09/dez/2017

Rosalba não tem definição sobre 2018


Por Robson Pires, em

Apesar de o grupo comandado pelo prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT), externar publicamente que deseja o apoio da prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini (PP), para 2018, a progressista ainda não tem definição. Rosalba tomará um posicionamento conjunto com o partido, que tem o ex-deputado Betinho Rosado como presidente estadual.




09/dez/2017

UPANEMA (RN) – A Pneumania de Luiz Jairo


Por Robson Pires, em

Para os serviços de recapagem e aquisição de pneus novos, o prefeito Luiz Jairo Bezerra de Mendonça da cidade de Upanema (RN), firmou contratos com as empresas abaixo especificadas no valor de R$ 672.249,00, visando atender a demanda da frota de veículos oficiais da Prefeitura Municipal:

SERVIÇO DE RECAPAGEM DE PNEUS

Franklin Rêgo de Oliveira – ME – R$ 130.707,00

AQUISIÇÃO DE PNEUS NOVOS

Glenio Auto Peças (Luzia Fca. Medeiros de Mendonça – ME) – R$ 151.276,00

L M Auto Peças (L D de Oliveira Mendes – ME) – R$ 91.282,00

Esquina dos Pneus (Neire D. de Oliveira Pneus e Serviços – ME) – R$ 121.858,00

L E Pneus Ltda – R$ 177.126,00




09/dez/2017

Hermano federal?


Por Robson Pires, em

Nos bastidores da política, comenta-se que o deputado estadual Hermano Morais poderá deixar o PMDB para ser o federal do Solidariedade nas eleições do próximo ano.




09/dez/2017

Ex-funcionário da Prefeitura de São João do Sabugi confessa crimes


Por Robson Pires, em

Após desabafo chocante nas redes sociais, o ex-funcionário da Prefeitura de São João do Sabugi, Jorge Reis, conhecido como Jorginho, detalhou no Facebook os crimes que supostamente teria cometido para beneficiar a prefeita Lydice Brito (PMDB).

Jorge afirmou que, no trabalho pela eleição da então candidata, fez boca de urna, transportou ilegalmente eleitores e também outros atos que, segundo ele, poderiam levá-lo à prisão.




09/dez/2017

Prefeitura de Caicó prossegue com o pagamento


Por Robson Pires, em

O secretário municipal de Tributação e Finanças, Francisco Oliveira, informou que o pagamento dos servidores municipais referente ao mês de novembro prossegue neste sábado (09).

Já está nas contas a remuneração referente aos efetivos das secretarias de Infraestrutura, Agricultura, Administração, Meio Ambiente, Ação Social e Semec. Na terça-feira (12), o pagamento contemplará a Saúde e Educação.




09/dez/2017

Abrindo sábado de Carnatal, Ivete Sangalo faz última apresentação em trio antes do parto de gêmeas


Por Robson Pires, em

O terceiro dia do Carnatal 2017 chega com uma noite de clássicos. Ivete Sangalo, que está grávida de gêmeas, prepara seu último show em trio elétrico antes do parto. Bell Marques, Durval Lelys e Ricardo Chaves completam a noite de folia com hits do axé. Na Arena Elétrica é o Psirico quem comanda o show e Bell Marques e Rafa e Pipo Marques agitam o palco do camarote Skol.

Ivete Sangalo promete ser a grande atração da noite de sábado da micareta potiguar. Em sua última apresentação em trio elétrico antes do parto, a cantora informou que vai trazer participações especiais para o seu bloco, mas até o momento não divulgou nomes.

Além disso, a baiana, que atualmente é jurada da competição musical The Voice Brasil, vai agitar os foliões com as canções “À vontade”, que gravou em parceria com Wesley Safadão e “Cheguei pra te amar”, dueto lançado com MC Livinho. Além dos clássicos sucessos da cantora, que tem mais de 20 anos de carreira na música.

Seguindo a folia, Bell Marques entra no seu terceiro e último dia de Carnatal 2017 com o bloco Vumbora. Depois, é a vez de Durval Lelys botar pra ferver com o Me Abraça e o Bicho, com Ricardo Chaves, fechar a terceira noite de blocos da micareta.

Confira abaixo a ordem e horários das atrações deste sábado (9) de Carnatal e mapa do local.

  • 18h30 – Ivete Sangalo – Bloco Coruja
  • 19h00 – Bell Marques – Bloco Vumbora
  • 19h30 – Durval Lelys – Bloco Me Abraça
  • 21h30 – Ricardo Chaves – Bloco Bicho
  • 01h00 – Psirico – Arena Elétrica
  • 01h00 – Bell Marques e Rafa e Pipo Marques – Camarote Skol

G 1




09/dez/2017

Perdidos no espaço


Por Robson Pires, em




09/dez/2017

Priscila Müller vai pro confronto com Kelps


Por Robson Pires, em

Desafeto do ex-correligionário Kelps Lima, a empresária Priscila Müller, que ainda não definiu sua filiação partidária, vai pra cima das bases de Kelps. Priscila tem rodado o Estado trabalhando sua pré-candidatura. No discurso, ela já tem rivalizado com o ex-aliado.




09/dez/2017

A estratégia de Temer


Por Robson Pires, em

Por mais que negue, o presidente Michel Temer (PMDB) tem pretensões eleitorais para 2018. O primeiro passo foi unir o centrão em busca de um nome que defenda o legado econômico do governo. O segundo, é o apoio do mercado.

Ele espera que as medidas tomadas até aqui deem resultados visíveis na economia para se viabilizar como candidato do grupo. Temer sabe que, após perder o foro privilegiado, poderá ser preso.




09/dez/2017

Quanto ganha um professor da UERN?


Por Robson Pires, em

Qual o salário de um professor da UERN, por favor!

É somente uma pergunta.




09/dez/2017

Supersalários públicos são devastadores para Finanças do RN


Por Robson Pires, em

O rombo nas Finanças do RN tem como um dos fatores agravantes os supersalários do funcionalismo público. Cerca de 24% da receita corrente líquida é repassada para os poderes. Enquanto a maioria dos servidores sofrem com a crise, desembargadores, juízes, promotores, conselheiros do TCE e privilegiado dos poderes luxam com supersalários pagos pelo poder público, além das mordomias.




09/dez/2017

Lula, o cínico


Por Robson Pires, em

O jornal “O Estado de São Paulo” é o veículo que mais compreende o caráter do “homem mais honesto do Brasil”. Vejam abaixo trechos do editorial de ontem (08/12):

“Lula está dedicando esta semana à terceira etapa – agora nos Estados do Espírito Santo e Rio de Janeiro – das caravanas políticas com as quais pretende manter-se em evidência não apenas como candidato à Presidência – se a Justiça o permitir –, mas como “perseguido político” pela Operação Lava Jato. O ex-presidente não se limita a fazer à maior operação de combate à corrupção já realizada no País os reparos que ela merece pelos evidentes exageros de agentes públicos que puseram suas convicções à frente da lei. Lula é pura e simplesmente contra a Lava Jato.

Em entrevista a uma emissora de rádio em Campos, culpou a operação “pelo que está fazendo com o Rio” ao levar empresas, inclusive a Petrobrás, à falência: “É preciso fazer uma distinção: se o empresário errou, prende o empresário. Mas não precisa quebrar a empresa”. E acrescentou: “Por causa de meia dúzia que eles dizem que roubou, e que ainda não provaram, não podem causar o prejuízo que estão causando à Petrobrás”. Esse discurso foi repetido em comício na praça central de Maricá, repleta de servidores municipais convocados pela prefeitura governada há sete anos pelo PT.”

É patológica a desfaçatez com que o ex-presidente – que liderou governos que quebraram a maior empresa petroleira da América Latina por meio de uma rede de corrupção jamais vista – mente aos que ainda acreditam em sua farsa.

Cínico, debochado é pouco para o “demiurgo de Garanhuns”, como bem o define o “Estadão”.




09/dez/2017

Omi! Vai cuidar de Angélica!!!


Por Robson Pires, em

Apesar de ter anunciado sua desistência, Luciano Huck ainda não descartou disputar a presidência.

O apresentador confidenciou a um tucano que, se nenhum candidato fizer frente a Lula e Bolsonaro até abril, ele larga tudo e concorre.




09/dez/2017

Ladrão de galinha!


Por Robson Pires, em




09/dez/2017

Batata na convenção do PSDB em Brasília


Por Robson Pires, em

O prefeito de Caicó Robson BATATA Araújo está hoje (9) em Brasília onde participa da convenção nacional do PSDB.




09/dez/2017

Carlos Eduardo já admite candidatura


Por Robson Pires, em

O prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT), que se negava a comentar suas pretensões para 2018, já admite que poderá disputar o Governo. No entanto, ele disse que ainda não bateu o martelo.




09/dez/2017

Posição do PT dificulta alianças em torno de Fátima


Por Robson Pires, em

O PT pretende ir para 2018 sem coligações proporcionais. A posição intransigente dificulta a formação de alianças em torno da candidatura da senadora Fátima Bezerra (PT) ao Governo do Estado.




09/dez/2017

Patriotas passa dos 75 mil filiados


Por Robson Pires, em

O antigo PEN, que se chamará Patriotas e terá o deputado federal Jair Bolsonaro como candidato a presidente da República, vem angariando adeptos da extrema-direita em todo o País. A legenda, que surgiu em 2012, já passou dos 75 mil filiados. A meta é lançar candidatos a governador nos Estados em que for possível.




09/dez/2017

George tem encontro com base aliada em São Rafael


Por Robson Pires, em

O deputado estadual George Soares (PR) esteve, nesta sexta (08), em almoço na casa do pai do prefeito de São Rafael, Reno Marinho, junto com o vice prefeito Maguinho e com os vereadores da base aliada Rosalba Marinho, Cesário David, Chico Alves, Fábio de Lulu e Ruziano Thomaz, além da ex vereadora Rosana Santos e do vice prefeito de Ipanguaçu, Thales Marinho.

Na pauta do encontro, muita política e aproximação dos mandatos para beneficiar o município.




09/dez/2017

Motorista com carro automático pode ganhar CNH específica


Por Robson Pires, em

A Comissão de Viação e Transportes aprovou proposta que permite tirar carteira de habilitação específica para condução de veículos com câmbio automático. O texto (PL 7746/17) acrescenta dispositivos ao Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9.503/97), prevendo multa em caso de infração.

O relator na comissão, deputado Hugo Leal (PSB-RJ), apresentou um substitutivo ao analisar a sugestão originalmente feita pela deputada Mariana Carvalho (PSDB-RO), que tratava apenas da condução de motocicletas.

Isso quer dizer que o condutor aprovado nesta categoria não poderá dirigir veículos com transmissão mecânica.

 




09/dez/2017

Para não constranger Alckmin, Aécio vai à convenção, mas só para votar


Por Robson Pires, em

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) informou a aliados que irá comparecer à convenção do PSDB que escolherá o governador Geraldo Alckmin (SP) como seu sucessor na presidência do partido, da qual está licenciado.

Mas evitará constrangimentos ao tucano: deverá votar na eleição da nova Executiva da sigla e provavelmente deixará o evento, em Brasília.




09/dez/2017

A delação da JBS perde força


Por Robson Pires, em

Passados dez minutos do meio-­dia de 2 de dezembro, o ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu: era hora de livrar Andrea Neves, irmã do senador tucano Aécio Neves, das pesadas amarras da prisão domiciliar e do uso da tornozeleira eletrônica. Ela não era sequer o alvo inicial do pedido de liberdade. Seus benefícios foram estendidos a ela pelo ministro.

Os advogados de outros dois réus, Frederico Pacheco, o Fred, e Mendherson Souza Lima, é que entraram com recurso para suspender as medidas restritivas impostas a seus clientes. Fred é primo de Andrea e Aécio – é aquele que o senador diz que “mata antes de fazer delação” na gravação com Joesley Batista, da JBS. Mendherson é o ex-assessor do senador Zezé Perrella, do PMDB mineiro. Andrea, Fred e Mendherson cumpriam prisão domiciliar, com tornozeleira, porque foram denunciados na ação que investiga Aécio e os R$ 2 milhões que ele recebeu de Joesley. Em fevereiro, Andrea pediu a quantia para Joesley, que repassou o dinheiro para Fred, por indicação de Aécio. Fred, então, entregou o dinheiro para Mendherson.

Tudo devidamente acompanhado pela Polícia Federal, que vigiava a ação. Em maio, Andrea, Fred e Mendherson foram presos em Belo Horizonte. Em junho, a Primeira Turma do Supremo aliviou. Substituiu as prisões preventivas por domiciliares e acrescentou a proibição de deixar o país e o monitoramento por tornozeleira. Marco Aurélio, agora, afasta essas restrições.

A decisão do ministro é a mais recente e significativa no lento desconstruir da delação da JBS e, consequentemente, das investigações mais fortes da Lava Jato em Brasília. Com ela, o caso de Aécio entra na chamada normalidade processual que, não raro, resulta em absolvições.

Foi por esse mesmo carril que o presidente Michel Temer escapuliu. Flagrado em conversa de conteúdo gravíssimo com Joesley e, segundo a Procuradoria-Geral da República (PGR), beneficiário do dinheiro carregado na mala de rodinhas do ex-deputado Rodrigo Rocha Loures, Temer foi acusado de obstrução da Justiça, organização criminosa e corrupção passiva. Por duas vezes foi salvo pelos deputados federais, imersos em liberação de emendas e promessas de cargos.




09/dez/2017

MP de Contas aponta que TJ deve devolver ‘sobras’


Por Robson Pires, em

O parecer foi dado após o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJ) encaminhar consulta ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) a respeito de interpretação de norma jurídica e constitucional sobre a destinação dos recursos não utilizados pelos Poderes.

O processo de n° 3956/2017  tramita desde março naquela Corte de  Contas, mas já tem um parecer do representante do Ministério Público junto ao TCE, procurador geral Ricart Cesar Coelho dos Santos, “no sentido de que as sobras orçamentárias de todos os Poderes devem ser devolvidas à conta única do Tesouro Estadual ou compensadas a partir do fim do exercício de 2017”.




09/dez/2017

Governo Temer amplia teto de despesas dos estados


Por Robson Pires, em

Diante da possibilidade de que alguns estados não consigam cumprir o teto de gastos, que passa a vigorar em 2018 para os governos regionais, o Tesouro Nacional aceitou realizar ajustes na regra, sob o risco de os estados não conseguirem custear despesas básicas, com salários e manutenção da estrutura de saúde e educação.




09/dez/2017

Defesa de Lula não gostou de ver Moro na Petrobras


Por Robson Pires, em

Depois de pedir a suspeição de Sérgio Moro inúmeras vezes –todas rejeitadas–, a defesa de Lula agora resolveu apelar para a presença do juiz em um evento da Petrobras, hoje.

 




09/dez/2017

“A volta dos que não foram”


Por Robson Pires, em

A posição do deputado federal Tiririca lembra o filme “A volta dos que não foram”. Tiririca anunciou a renúncia, mas continua deputado federal. Deixará a política somente a partir de 2019. Talvez esteja faturando menos como parlamentar do que poderia receber como profissional do riso.




09/dez/2017

Banco do Brasil prepara reformulação


Por Robson Pires, em

Após o desligamento de 9,4 mil empregados e fechamento de 402 agências, o Banco do Brasil prepara nova reformulação. Entre as medidas, pretende reforçar os escritórios digitais, tendo em vista que, atualmente, 72,1% do total de acessos às contas é feito via Internet.




09/dez/2017

Roberto Requião no RN


Por Robson Pires, em

Depois de Ciro Gomes foi a vez do senador Roberto Requião visitar o Rio Grande do Norte. Participou, em Natal, do lançamento da “Frente em Defesa da Soberania Nacional”. A senadora Fátima Bezerra e o deputado Fernando Mineiro participaram do evento.




09/dez/2017

Dificuldades para Temer


Por Robson Pires, em

Para se ter uma ideia das dificuldades do presidente Michel Temer em aprovar a reforma da Previdência, basta ver o comportamento da a bancada do RN. Os deputados Beto Rosado e Walter Alves, indicaram dirigentes do governo federal, mas votarão contra o projeto.




09/dez/2017

Não deu tempo para Robinson Faria


Por Robson Pires, em

Não deu tempo para o governador Robinson Faria comemorar a avaliação do Tesouro Nacional em relação às contas do Estado do RN, que alcançou nota B no Boletim de Finanças dos Entes Subnacionais do Tesouro Nacional.

Os governos estaduais com nota A ou B têm acesso a crédito da União.




09/dez/2017

Prefeitura anuncia obra de recapeamento na Avenida Delfim Moreira


Por Robson Pires, em

A Prefeitura de Mossoró, através da Secretaria de Infraestrutura, anuncia o trabalho de recapeamento asfáltico em CBUQ e sinalização viária no trecho que compete a Avenida Delfim Moreira e Ruas Maria Salem Duarte e Higino Francisco Dantas.

A obra deve passar por processo de licitação nos próximos dias para ser iniciada. O serviço tem em torno 800 metros quadrados, com orçamento de R$ 564.580,36, sendo que R$ 71.480,00 são de recursos próprios do município e o restante de emenda do deputado Beto Rosado.




09/dez/2017

Dividido, STF age com cálculo político sob holofotes


Por Robson Pires, em

De novo, o Supremo Tribunal Federal não concluiu um julgamento importante e deixou o tema para o ano que vem. Ontem, o STF adiou a decisão sobre o poder das Assembleias Legislativas para revogar medidas cautelares do Judiciário, como prisão de deputados estaduais.

O placar mostra um racha na corte. O placar está em 5 a 4 para limitar o poder das Assembleias Legislativas. Faltam dois votos. O ministro Roberto Barroso deve dar o sexto voto a favor do entendimento majoritário. Ricardo Lewandowski deverá ficar com o grupo perdedor.




09/dez/2017

Convenção do PSDB: R$ 1,5 milhão dos cofres públicos


Por Robson Pires, em

O PSDB gastou R$ 1,5 milhão para realizar sua convenção nacional amanhã em Brasília. Além da estrutura da organização do evento, todos os mais de 200 delegados receberam passagem e hospedagem.

A decisão de pagar as despesas foi para evitar a acusação de privilégio à ala tucana liderada pelo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, que será eleito presidente nacional do partido pelos próximos dois anos. A ala paulista teria melhores condições de levar “eleitores” a Brasília e assim eleger maioria no diretório e na executiva nacional.




09/dez/2017

Pior do que não votar é votar e perder


Por Robson Pires, em

O governo postergou, mais uma vez, a votação da reforma da Previdência. Agora, ficou para a última semana de trabalhos do Legislativo em 2017. Ao tomar a decisão, o presidente Michel Temer seguiu o conselho e recomendação de seus líderes: “Pior do que não votar a reforma da Previdência é votar e perder”.

Por isso, segundo assessores presidenciais, Temer fará uma reunião na véspera da data marcada para início da votação, dia 18 de dezembro, para checar o mapa dos votos dos aliados. Se, ao final das contas, o Palácio do Planalto descobrir que tem menos de 315 votos, o discurso do governo será de que o presidente não desistirá da reforma e tentará votá-la no ano que vem.




09/dez/2017

Conselho mantém a Caixa 100% pública


Por Robson Pires, em

A proposta de abertura de capital da Caixa Econômica Federal (CEF), que transformaria o banco público em sociedade anônima (S/A), foi excluída do texto do novo estatuto da instituição em reunião do Conselho Administrativo (CA) realizada nesta quinta-feira (7).

Trabalhadores da CEF comemoram a vitória, já que, segundo eles, a abertura de capital do banco representaria a primeira etapa de um processo de privatização, e foi alvo de protestos, em todo o Brasil, também na quinta-feira.




09/dez/2017

Estudo: Estado brasileiro é “Robin Hood” às avessas


Por Robson Pires, em

A despeito de ter quase a mesma carga tributária que países como o Reino Unido, por exemplo, o Brasil é um dos países mais ineficazes na redução da desigualdade de renda, beneficiando mais a camada mais rica da população.

É o que conclui um estudo da Seae (Secretaria de Acompanhamento Econômico), do Ministério da Fazenda, publicado nesta sexta-feira (8), que classifica o país como um “Robin Hood às avessas”.

“Em vez de tributar os mais ricos para distribuir para os mais pobres, [o Brasil] termina tributando a todos para distribuir via transferência monetária, em especial aposentadorias e pensões, para a metade mais rica da população”, afirma o levantamento.

De acordo com o documento, o país gasta cerca de 12% do PIB (Produto Interno Bruto) com programas de transferência de renda, o que inclui aposentadorias (que representam 83% do total) e programas sociais como seguro-desemprego e Bolsa Família.

Apesar disso, a diferença entre a carga tributária e essas transferências contribui para reduzir o índice de Gini, indicador que mede a desigualdade, em apenas 17%.




09/dez/2017

Previdência: briga feia entre fiéis e infiéis


Por Robson Pires, em

Meio acachapante o placar divulgado pelo Broadcast de levantamento parcial feito pelo insuspeito Estadão na Câmara, segundo o qual 212 deputados declararam que vão votar contra a reforma da Previdência. Só isso já inviabiliza o texto, já que restariam apenas 301 votos do outro lado, entre favoráveis (61), indecisos (87), os que não quiseram responder (57), ausentes declarados (3) e os 87 que não foram localizados.

Fim de linha para a Previdência? Não. O governo vai continuar fingindo que acredita e trabalhando com todas as forças – toda$ me$mo – para reverter esse quadro até o Natal e dar esse presente ao país. Acima de tudo, é preciso manter o discurso e a esperança do mercado e adjacências de que algum a reforma sai.

Do jeito que as coisas andam, porém, é uma tarefa hercúlea. O fechamento de questão partidária pedido pelo Planalto até agora só encontrou eco no PMDB e no PTB. E a estratégia, divulgada nesta quinta-feira, de reconquistar os “infiéis” que votaram a favor da denúncia contra Michel Temer devolvendo-lhes os cargos retirados em retaliação tem tudo para dar errado.




09/dez/2017

A crise de representação: o palhaço falou sério


Por Robson Pires, em

Há quem diga que Tiririca (PR-SP) só quis valorizar seu passe e voltará atrás. Há quem argumente que ele foi eleito dentro das regras – as escritas e as não escritas – que agora critica. Quem tiver acesso aos recônditos da alma de Tiririca que escarafunche por lá as suas motivações. Mas, independentemente delas, o palhaço, no seu primeiro, e talvez único, discurso, falou sério. Especialmente porque sua peça resume um dos grandes problemas políticos vividos não apenas no Brasil mas em todo o mundo: a atual crise na representatividade política.

Quando se candidatou deputado, Tiririca disse na sua campanha que não sabia o que “fazia um deputado”. Pedia o voto dizendo que, chegando lá, contaria para todo mundo. A piadinha tinha um triste fundo de verdade. A maioria das pessoas não sabe mesmo o que fazem seus representantes no Legislativo. E, quando sabem, geralmente se frustram muito porque, cada dia mais, o que fazem vereadores, deputados e senadores fica muito longe da sua expectativa.




08/dez/2017

Reforma da Previdência continuará na pauta mesmo se não for votada até dia 19, diz Maia


Por Robson Pires, em

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta sexta-feira, 8, que não pretende desistir da reforma da Previdência caso o projeto não seja colocado para votação até o dia 19 de dezembro.

“Se não votar lá (na Câmara) no dia 19, por falta de votos [suficientes para aprovação], a agenda continua”, disse, em entrevista à Rádio Bandeirantes.




08/dez/2017

Facebook diz ‘esperar tomar medidas’ contra perfis falsos no Brasil antes das eleições de 2018


Por Robson Pires, em

“As políticas do Facebook não permitem perfis falsos e estamos o tempo todo aperfeiçoando nossos sistemas para detectar e remover essas contas e todo o conteúdo relacionado a elas. Estamos eliminando contas falsas em todo o mundo e cooperando com autoridades eleitorais sobre temas relacionados à segurança online, e esperamos tomar medidas também no Brasil antes das eleições de 2018”, afirmou à BBC Brasil por e-mail um porta-voz do Facebook.

Ao usar o verbo “esperar”, ainda que sem assumir um compromisso, a declaração gera a expectativa de que contas falsas no Brasil possam ser alvo de varredura semelhante à já executada antes das eleições na Alemanha e na França em meio à forte polêmica sobre o uso indevido e o papel das redes sociais na democracia.

A BBC Brasil procurou o Facebook e também o Twitter após uma investigação exclusiva sugerir a atuação de uma empresa brasileira na contratação de funcionários em várias partes do Brasil para controlar de 20 a 50 perfis falsos cada um com a ajuda de plataformas externas às duas redes para programação de postagens. Uma mistura de automação com atividade humana, o que torna a detecção dos padrões de atividade mais difícil por computador.




08/dez/2017

Veja: A bomba de Palocci


Por Robson Pires, em




08/dez/2017

TIBAU DO SUL (RN) – Prefeitura contrata empresa extinta


Por Robson Pires, em

A Prefeitura da cidade de Tibau do Sul (RN), firmou contato com a empresa NATAL FOGOS (K C M DOS REIS ALMEIDA – ME) – CNPJ Nº 14.111.028/0002-91, no valor de R$ 102.750,00, visando a aquisição de FOGOS DE ARTIFÍCIOS para os festejos culturais do Município.

O problema é que o contrato favoreceu uma empresa extinta, cujo CNPJ foi baixado junto ao Ministério da Fazenda, em 19 de julho de 2017.

Existe outra empresa K C M DOS REIS ALMEIDA – ME – CNPJ Nº 14.111.028/0001-00, localizada em Natal, mas o contrato publicado no Diário Oficial dos Municípios, consta o CNPJ nº 14.111.028/0002-91




08/dez/2017

Antes tarde do que nunca


Por Robson Pires, em

Tasso Jereissati disse hoje que “já estava em tempo” de Antonio Imbassahy deixar o governo de Michel Temer. “Demorou demais. Ele tomou uma decisão tardia, mas antes tarde que nunca”.

Segundo o senador cearense, a decisão consolida a saída do PSDB da base governista.

O Antagonista




08/dez/2017

Lula será condenado pela recessão


Por Robson Pires, em

O Estadão também antecipou trechos do discurso que Geraldo Alckmin fará amanhã, na convenção em que será confirmado como novo presidente do PSDB.

Em uma das passagens, o tucano vai dizer que Lula “será condenado nas urnas pela maior recessão da nossa história”.




08/dez/2017

CEARÁ MIRIM (RN): R$ 2,8 milhões em material de limpeza


Por Robson Pires, em

– A Prefeitura Municipal de Ceará Mirim (RN), firmou contratos no valor de R$ 2.851.748,91 com as firmas abaixo relacionadas visando o fornecimento de material de limpeza para a edilidade:

– Clarit Comercial – EPP – R$ 817.171,90

– Jorge Gualberto Alves de Andrade – ME – R$ 221.256,58

– KM Distribuidora de Alimentos – ME – R$ 475.592,80

– Cavalcante & Cia Ltda – R$ 400.268,01

– MM Comercial de Medicamentos Ltda – R$ 937.460,42




08/dez/2017

Anatel registra bloqueio de 9,1 milhões de celulares por roubo, furto ou perda


Por Robson Pires, em

Mais de nove milhões de celulares foram bloqueados em todo o país no mês de novembro. Os números constam no Cadastro Nacional de Estações Móveis Impedidas (Cemi) e foram divulgados hoje (8) pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

No total, o Cemi registrou 9.123.567 celulares bloqueados em novembro. De acordo com a agência, os dados mostram que houve um aumento 1,33% na comparação com outubro, com 119.421 a mais aparelhos bloqueados.

Os dados do Cemi mostram que, nos últimos 12 meses, mais de 1,5 milhão de celulares foram bloqueados em decorrência de roubo, furto ou perda, na comparação com novembro de 2016.




08/dez/2017

Estado brasileiro reduz pouco as desigualdades, diz estudo


Por Robson Pires, em

Apesar de arrecadar mais tributos que governos semelhantes, o Brasil é ineficaz em reduzir a desigualdade de renda na comparação com os países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), informou hoje (8) o Ministério da Fazenda. Segundo o relatório Efeito Redistributivo da Política Fiscal, produzido pela Secretaria de Acompanhamento Econômico da pasta, o sistema tributário brasileiro funciona como um “Robin Hood às avessas”, que tira do pobre para dar aos mais ricos.

Produzido com base nos dados de 2015, o documento concluiu que o Brasil é o país mais desigual, antes e depois da cobrança de tributos e das transferências de renda, em relação às nações da OCDE – grupo dos países mais industrializados ao qual o governo brasileiro fez pedido para ingressar.




08/dez/2017

Trancada por MPs, pauta do Plenário tem união homoafetiva e PECs


Por Robson Pires, em

A pauta do Plenário está trancada por duas medidas provisórias (MP): a que cria um regime especial de importação de bens a serem usados na exploração, no desenvolvimento e na produção de petróleo, gás natural e outros hidrocarbonetos (MP 795/2017) e a que que trata da prorrogação do Regime Especial de Tributação para Desenvolvimento da Atividade de Exibição Cinematográfica (Recine) (MP 796/2017).

A MP 795 estabelece que esses bens contarão com a suspensão do Imposto de Importação (II), do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), do PIS/Pasep-Importação e da Cofins-Importação se destinados às atividades do setor e com permanência definitiva no país. Serão beneficiados com a suspensão tributárias os bens listados periodicamente pela Receita Federal. A suspensão será convertida em isenção depois de cinco anos da importação. Se a petroleira não usar o bem para a atividade prevista dentro de três anos, prorrogável por mais 12 meses, terá de recolher os tributos não pagos com juros e multa de mora.




08/dez/2017

PF descobre fraudes de R$ 4 mi em benefícios da Previdência


Por Robson Pires, em

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira, 8, a Operação Cardiopata para combater um esquema de fraudes na concessão de benefícios da Previdência que pode ter provocado prejuízo de R$ 4 milhões aos cofres públicos.

Pelo menos 34 benefícios foram fraudados, garantindo pagamentos ilícitos a “segurados”.




08/dez/2017

Minha Casa, Minha Vida deve entregar 75 mil moradias no 1º semestre


Por Robson Pires, em

O ministro das Cidades, Alexandre Baldy, disse nesta sexta-feira (8/12) que o governo federal espera entregar, no primeiro semestre do ano que vem, pelo menos 75 mil novas moradias do Programa Minha Casa, Minha Vida. Segundo o ministro, neste mês devem ser entregues 25 mil unidades.





Continuar Lendo


Página 3 de 4.04212345...102030...Última »



Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Segunda, 11 de Dezembro de 2017


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter



Calendário

dezembro 2017
D S T Q Q S S
« nov    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31