Quem sabe de mim, sou eu!

— Robson Pires
19/fev/2018

Vivaldo Costa tem dificuldade de encontrar novo partido


Por Robson Pires, em

Não está sendo fácil para o deputado estadual Vivaldo Costa (PROS) a busca por um novo partido. O parlamentar que se filiar a uma sigla à qual tenha autonomia sobre as decisões políticas, principalmente no Seridó. Ah quem aposte que ele migrará para o PSB, do deputado federal Rafael Motta, com quem Costa fez dobradinha na última eleição.




19/fev/2018

Petistas tentam confundir o eleitorado


Por Robson Pires, em

Bastou o anúncio da atuação do exército no Rio de Janeiro em uma missão de restaurar a Segurança Pública para petistas de todo o País tentarem passar a falsa informação de que estaria em curso uma nova intervenção militar no País. Isso é uma mentira deslavada. O uso do exército já ocorreu em diversos estados, inclusive no Rio Grande do Norte, e é importante no combate à criminalidade.




19/fev/2018

Calamidade em Parnamirim


Por Robson Pires, em

As fortes chuvas de fevereiro deixaram alguns trechos totalmente alagados em Parnamirim. O prefeito Rosano Taveira (PRB) cogita decretar calamidade pública.




19/fev/2018

Petistas já programam para atos após prisão de Lula


Por Robson Pires, em

A prisão do ex-presidente Lula (PT) deixou de ser utopia e passou a ser considerada pelos integrantes do PT. Eles já planejam os atos que farão após o cumprimento da decisão judicial. Cogitam desde tentar impedir a ação da política até greve de fome.




19/fev/2018

Liberação de dinheiro do acordo da poupança será escalonada em 11 lotes


Por Robson Pires, em

A homologação, pelo Supremo Tribunal Federal (STF), da última ação sobre o acordo para compensar as perdas da caderneta de poupança com planos econômicos ainda não significa que o dinheiro será pago automaticamente.

A liberação dos recursos depende dos bancos, que terão de validar as habilitações e preparar os sistemas para fazer os pagamentos, que serão escalonados em 11 lotes, conforme a idade dos correntistas.

Não será necessário se dirigir ao banco para receber os valores. O pagamento será feito diretamente na conta-corrente do poupador ou por meio de depósito judicial. Os honorários serão pagos diretamente aos advogados. Para aderir, o poupador deverá acessar um sistema eletrônico. Ele precisará comprovar a existência e o saldo da conta de poupança, por meio de cópia dos extratos bancários do período ou da declaração do Imposto de Renda.




19/fev/2018

Presos tinham até granada


Por Robson Pires, em

A rebelião no presídio Milton Dias Moreira no Rio de Janeiro acabou no final da noite deste domingo (18) de maneira negociada.

Os 18 reféns (oito agentes penitenciários e dez presos) foram liberados. Os revoltosos tinham, além de três armas de fogo, uma granada.




19/fev/2018

Facção criminosa quer dominar presídios do país inteiro


Por Robson Pires, em

A guerra entre facções criminosas que explodiu no início deste ano no Amazonas, Roraima e Rio Grande do Norte e deixou um saldo de ao menos 135 mortes em diferentes cadeias do país teve a sua primeira faísca três meses antes.

Em 16 de outubro, no presídio de Monte Cristo, em Boa Vista (RR), 12 presos de um bando rival foram mortos por criminosos do PCC (Primeiro Comando da Capital) com brutalidade atroz: decapitações, esquartejamento e queima de detento vivo.

Esse é considerado o primeiro movimento prático da facção paulista para a execução de seu plano: enfrentar diretamente bandos rivais para conquistar o domínio de todos os presídios do país e, assim, formar o que chamam internamente de a “República do PCC”.




18/fev/2018

Programação do São João será divulgada em março


Por Robson Pires, em

O prefeito de Campina Grande usou as redes sociais no fim da tarde deste domingo (18) para informar que a programação do Maior São do Mundo deve ser divulgada no mês de março.

O gestor participou de uma reunião hoje para discutir a formatação da festa e novidades com toda programação . A previsão é que a Prefeitura faça o anúncio no dia 15 de março.




18/fev/2018

Tudo conversa!


Por Robson Pires, em

Não procedem às especulações de que o governador do RN, Robinson Faria, estaria inelegível e não poderia disputar a reeleição.

Não passa de Lorota.

Robinson é candidato à reeleição.




18/fev/2018

Preço da gasolina cai, mas postos não repassam queda aos consumidores


Por Robson Pires, em

A possibilidade de abastecer o tanque a um preço mais baixo escapou pelos dedos do consumidor nos últimos dias, antes que ele pudesse sentir alívio no bolso. Em seguida de um recuo de 3,9%, o maior do ano, no preço da gasolina nas refinarias, a estatal anunciou, ontem, um aumento de 1,5%, que entra hoje em vigor. O preço do diesel caiu 0,8%, após uma uma queda de 2,3%.




18/fev/2018

Carne, banana e açúcar sofrem alta e pesam o orçamento do consumidor


Por Robson Pires, em

Para o consumidor que vai ao supermercado em busca de produtos mais em conta nesse começo de ano, a notícia não é boa. Além da alta nos valores do açúcar, do contra filé e da banana, a cesta básica do brasileiro continua com preços acima da expectativa, apesar da estabilidade.

A carne de contra filé, por exemplo, está cerca de 18% mais cara nos mercados. Com preços variando de R$ 22,95 a R$ 43,35, o valor é sentido pelo consumidor que lamenta o aumento. “Tem um mês que eu percebo o aumento da carne. E para a família que consome bastante o produto é ruim, já que deixa a renda da casa comprometida”, critica a bombeira civil




18/fev/2018

Doações garantem abatimento maior no Imposto de Renda


Por Robson Pires, em

A Receita Federal promete, para os próximos dias, a divulgação do programa da declaração do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física (IRPF) 2018. “A gente sempre tem que aperfeiçoar e adaptar o programa às demandas dos contribuintes e também às do Fisco”, explicou o supervisor nacional do Imposto de Renda da Receita Federal, Joaquim Adir.

Enquanto isso, o contribuinte pode se preparar, reunindo a papelada, vendo se consegue prestar contas ao Leão sozinho ou se vai precisar de ajuda especializada. O quanto antes descobrir isso, mais fácil será achar um profissional competente para a função, já que em março e abril os contadores ficam assoberbados.




18/fev/2018

DF passa a contar com sistema de alerta de desastres a partir desta segunda


Por Robson Pires, em

O Distrito Federal passa a contar, a partir dessa segunda-feira (19/2)  com o serviço do sistema de alerta de desastres naturais via SMS.

Funcionando já em nove estados, o sistema tem o objetivo de prevenir acidentes, orientando a população quanto aos procedimentos que devem ser adotados diante do risco de inundações, alagamentos, temporais ou deslizamentos de terra, entre outras ocorrências.

As mensagens de texto serão enviadas para os celulares dos moradores em caso de iminência de desastres naturais. Além do DF, Mato Grosso e Tocantins também estreiam no serviço nesta segunda.




18/fev/2018

Foto Noticía: O açude Itans renasce


Por Robson Pires, em




18/fev/2018

Paulistanos se despedem do carnaval de rua em ritmo de axé


Por Robson Pires, em

São Paulo se despede hoje (18) do Carnaval com 40 blocos na programação, entre eles o Pipoca da Rainha, da cantora baiana Daniela Mercury, que desde as 15h arrasta uma multidão de foliões na Rua da Consolação. O bloco espera reunir 100 mil pessoas, segundo os organizadores.




18/fev/2018

Presídios do Rio de Janeiro terão segurança reforçada após intervenção federal


Por Robson Pires, em

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro informou hoje (18) que antecipou “medidas de controle” nos presídios do estado para impedir eventuais reações da população carcerária à intervenção federal na segurança pública do estado.

A Seap não detalhou as medidas alegando “questões de segurança”. Na nota, a secretaria estadual destaca que algumas das “medidas de controle” do sistema prisional do Rio de Janeiro estavam em andamento desde 24 de janeiro, quando David Anthony assumiu o comando do órgão. “Embora a crise na segurança pública do Rio de Janeiro tenha sido alvo de atenção agora, a da Seap ocorreu há um mês, quando assumimos a atual administração”, afirmou o secretário.




18/fev/2018

Cidade do Cariri sofre com arrombamentos e falta de policiamento


Por Robson Pires, em

A cidade de Assunção no Cariri paraibano, está vivendo uma onda de insegurança. Na última semana, pelo menos 12 estabelecimentos comerciais foram arrombados em uma única noite.

Os suspeitos são jovens da cidade e de municípios vizinhos. Os comerciantes e moradores já pensam em deixar a cidade devido a onda de violência que vem acontecendo nos últimos meses. A localidade, de 3500 habitantes, também sofre com a falta de policiamento.




18/fev/2018

Chuva de até 62 mm em Caicó hoje (18)


Por Robson Pires, em

Registrada chuva de até 62 milímetros hoje à tarde em Caicó.

Foi no Bairro Nova Caicó.




18/fev/2018

Vídeo: teto do aeroporto de Brasília desaba e deixa um ferido


Por Robson Pires, em

Parte do teto do salão de embarque nacional do Aeroporto Internacional de Brasília Juscelino Kubitschek desabou na tarde deste domingo (18/02). O acidente aconteceu por volta das 16h, próximo ao portão 17. Na hora em que a estrutura caiu, chovia muito na região. Segundo testemunhas, ao menos uma pessoa ficou ferida e recebeu atendimento de equipe médica.

Equipes da Inframérica chegaram ao local do acidente por volta de 16h20 e isolaram a área para garantir a segurança dos passageiros e o funcionamento do terminal aéreo. Logo depois, homens do Corpo de Bombeiros fizeram uma perícia no teto, para certificar de que não haveria mais desabamentos.

Em nota, a Inframerica informou que o desabamento ocorreu, de fato, devido ao temporal que caiu na região, durante esta tarde. “Uma calha de escoamento de água pluvial sofreu entupimento, causando o descolamento de uma placa do forro do Terminal. O incidente provocou um vazamento de água em frente ao portão 17”, descreve o texto.

A concessionária acrescentou que o passageiro ferido foi encaminhado ao hospital, onde passou por exames, e já recebeu alta. Apesar do mau tempo, o Aeroporto de Brasília teve apenas um voo atrasado. As más condições meteorológicas causaram a suspensão de pousos e decolagens entre as 16h12 e 16h28.

Do blogue: Atualizada às 19 horas e 20 minutos




18/fev/2018

TCE não pode impedir Robinson de ser candidato


Por Robson Pires, em

O parecer de Tribunal de Contas do Estado (TCE) não tem o poder de impedir a candidatura à reeleição do governador do Rio Grande do Norte Robinson Faria.

Somente a rejeição das contas do governador pelo Poder Legislativo pode torná-lo inelegível.




18/fev/2018

Vídeo: Teto do aeroporto de Brasília desaba por causa de forte chuva. Pânico para os passageiros


Por Robson Pires, em

Parte do teto do salão de embarque do Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek, em Brasília, desabou neste domingo (18/2), por causa das fortes chuvas, e deixou ao menos um ferido. Ele recebeu atendimento de brigadistas da Inframerica, empresa que administra o terminal.

O incidente ocorreu por volta das 16h10 e aterrorizou passageiros. A área onde o teto caiu foi isolada por causa do risco de novos desabamentos.

Questionada sobre o episódio, a Inframerica disse que analisa o caso e, em breve, divulgará comunicado.

Veja vídeo:




18/fev/2018

Prefeito de Natal volta a atacar a imprensa


Por Robson Pires, em

Decididamente o prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves perdeu a cabeça. Mais uma vez ele ataca a imprensa. Desta vez, sua fúria foi contra um jornal da capital.

Questionou no twitter quem financia o jornal. E fez vários questionamentos. Supõe-se que os ataques tenham sido dirigidos ao jornal Agora RN. Ao interagir com internautas, Carlos insinua que o jornal é financiado pelo governador Robinson Faria.

Confira o que postou Carlos:




18/fev/2018

Nelter: No final da prorrogação


Por Robson Pires, em

O deputado estadual Nelter Queiroz somente irá declarar quem será o seu candidato ao governo do Estado nas eleições deste ano aos 47 minutos do segundo tempo.

E se houver prorrogação

Somente quando terminar.




18/fev/2018

Parnamirim: prefeito poderá decretar estado de calamidade


Por Robson Pires, em

Por causa dos estragos provocados pelas chuvas em Parnamirim neste final de semana, o  prefeito do município Rosano Taveira, estuda a possibilidade de decretar estado de calamidade em alagamentos a fim de buscar recursos federais.




18/fev/2018

Assu: Ivan Jr vai fazer esteira


Por Robson Pires, em

O ex-prefeito do Assú, Ivan Júnior, deverá anunciar em abril, que é candidato a deputado estadual.

Fará dobradinha com o deputado federal Fábio Faria no Vale do Assu.

Vai fazer esteira?

É somente uma pergunta.




18/fev/2018

Luciano Huck: ‘Estou dentro’…!!!


Por Robson Pires, em

Não existe vento bom para uma nau sem rumo. Mas desta vez não vou evocar Ulisses para ilustrar minhas reflexões.

Escrevo aqui, mais uma vez, para dizer que não sou candidato a presidente do Brasil.

Mas, se fosse somente esta a minha motivação, pouparia a todos de um terceiro artigo para defender a mesma tese, o que seria redundante e sem sentido.

Escrevo para organizar e cadenciar as ideias e, mais do que tudo, para compartilhar com quem se interessa pelo que penso minhas crenças, meus sentimentos e aprendizados.

Em novembro deixei claro aqui neste espaço que não seria candidato a nada. O ano começou e meu nome seguiu sendo ventilado no noticiário político e nas pesquisas eleitorais. Gente de todos os lugares, idades e crenças me procurou para depositar em mim suas esperanças, diga-se, já no fim.

E, por mais coerente que eu tente ser, não posso esconder que o coração se encheu de força, a cabeça de ideias e que todas as intempéries e adversidades que os amigos mais queridos apontavam incessantemente, encolheram e ficaram minúsculas por alguns instantes.

A recorrência desta hipótese em torno do meu nome fez ressurgir uma espiral positiva de tamanha força que foi humanamente impossível não me deixar tocar.

(Veja mais…)




18/fev/2018

Kelps Lima acha que Robinson não devia se candidatar


Por Robson Pires, em

O deputado Kelps Lima teme que a insistente intenção do Governador Robinson Faria de ser candidato à reeleição aprofunde ainda mais as dificuldades de gestão no Rio Grande do Norte.

O cenário de reeleição de Robinson é terrível para o RN porque jogará a já sofrida máquina pública num retalho de interesses de candidaturas satélites para dar sustentação à campanha majoritária dele.

“Cada um desses candidatos satélites de Robinson vai tentar arrancar um pedaço do Estado para si, de forma a criar estrutura que sustente suas próprias campanhas e, nesse meio tempo, quantos potiguares vão morrer nos recordes de homicídios que estamos batendo e quantos pacientes vão agonizar nos hospitais sucateados?”, contextualiza Kelps.




18/fev/2018

Temer muda agenda para discutir intervenção com Conselhos


Por Robson Pires, em

Michel Temer cancelou uma série de reuniões previstas para segunda-feira com ministros – entre eles Leonardo Picciani (Esporte), Ricardo Barros (Saúde) e Alexandre Baldy (Cidades) – porque quer reunir os Conselhos da República e de Defesa Nacional para discutir a intervenção federal no Rio, informa Andréia Sadi no G1.

Do Conselho da República, participam, além de Temer, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia; o presidente do Senado, Eunício Oliveira; líderes de ambas as Casas; o ministro da Justiça, Torquato Jardim; e seis cidadãos brasileiros escolhidos por Câmara, Senado e presidente.




18/fev/2018

Bandidos fazem arrastão no restaurante Camarão do Olavo, Nísia Floresta


Por Robson Pires, em

Quatro bandidos armados chegaram em um veículo Amarok, entraram no restaurante Camarão do Olavo, no município de Nísia Floresta, e fizeram o verdadeiro rapa poucos minutos atrás. Vários pertences dos clientes foram roubados.

Os criminosos fugiram em direção a cidade de Monte Alegre. A polícia foi chamada e já está a caminho. Mais informações em instantes.




18/fev/2018

Ranking exclui a Paraíba dos estados mais perigosos do Brasil


Por Robson Pires, em

Um ranking divulgado pelo Anuário do Fórum de Segurança Pública mostrou que o Estado da Paraíba conseguiu diminuir o número de homicídios nos últimos anos e vem se destacando no combate a crimes violentos.

Já em outros estados, a situação é mais crítica. O Rio de Janeiro aparece em décimo lugar no país, à frente do Sergipe, Rio Grande do Norte, Alagoas, Pará, Amapá, Pernambuco, Bahia, Goiás e Ceará.




18/fev/2018

Rejeição não impede candidatura de Robinson Faria


Por Robson Pires, em

Um aviso aos navegantes de primeira viagem:

A rejeição das contas do governador do Rio Grande do Norte Robinson Faria no TCE não impede a sua candidatura à reeleição.

Ok?




18/fev/2018

Alerta máximo em 54 presídios


Por Robson Pires, em

A Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) do Rio decretou alerta máximo nas 54 unidades prisionais do estado, onde estão presos 51 mil detentos, informa O Globo.

“A medida foi tomada para evitar possíveis tentativas de fuga, após a divulgação da notícia da intervenção federal na Policia Civil, na Polícia Militar, nos Bombeiros e na própria Seap.




18/fev/2018

Álvaro Dias participa de sessão solene em homenagem a Manoel Torres em Caicó


Por Robson Pires, em

O vice-prefeito de Natal Álvaro Dias (MDB), participou neste sábado (17) de sessão solene na Câmara Municipal de Caicó em homenagem ao centenário de Manoel Torres de Araújo, de quem foi seu vice-prefeito em 1988 e que estimulou o início de sua vida pública.

“Seu Manoel me dizia que o interesse coletivo está acima do interesse pessoal e devemos exercer a vida pública seguindo sempre o princípio honestidade. Por isso, Manoel Torres está vivo, nos ensinamentos e exemplos deixados”, disse Álvaro em discurso na sessão solene.

Álvaro enfatizou que Manoel Torres viveu o matrimônio em sua plenitude com a esposa Dona Oscarina: “Todas as vezes que eu ia a casa de Seu Manoel, estava sempre na companhia de Dona Oscarina. Sentavam no sofá para nós ouvir e ele a nos aconselhar”.

Presidente do PMDB de Caicó, o jovem Adjuto Dias Neto participou da sessão solene e também prestou sua homenagem a Manoel Torres, bem como os prefeitos Batata Araújo (Caicó) e Polion Maia (São Fernando), além do presidente da Câmara, Odair Diniz. Também estavam presentes, familiares do homenageado, vereadores, lideranças e admiradores.

O centenário de Manoel Torres é uma iniciativa da Prefeitura de Caicó e do vereador Lobão. E a sessão solene foi proposta pela vereadora Ivonete Dantas.




18/fev/2018

Falta de regulamentação prejudica trabalho de bugueiros na Paraíba


Por Robson Pires, em

Transformar um hobby em trabalho é motivo de satisfação para o bugueiro Paulo Rogério Melo, 45 anos. O motorista e guia turístico trabalha há 16 anos nas praias da Paraíba. Ele começou a atuar no setor depois de fechar sua empresa de distribuição de jornais. Porém, a falta de uma legislação específica dificulta o trabalho de bugueiros na Paraíba.




18/fev/2018

Vídeo: todo pessimista é vagabundo


Por Robson Pires, em




18/fev/2018

Intervenção no Rio é ‘preocupante’, avalia órgão de direitos humanos


Por Robson Pires, em

A decisão do governo federal de decretar uma intervenção militar no Estado do Rio de Janeiro foi criticada nesta sexta-feira (16) pela organização Human Rights Watch.

“A decisão de colocar um general do exército no comando das polícias civil e militar do Rio de Janeiro é bastante preocupante”, afirma o órgão.




18/fev/2018

Deputado Antônio Jácome tá com a gota


Por Robson Pires, em

O deputado federal Antonio Jácome alegou como motivo ao blogue do Xerife  (sobre postagem de que ele foi o parlamentar da bancada federal que mais faltou às sessões da câmara no ano passado) que foi por causa de ‘crises agudas da gota’. Doença provocada por alto índice de ácido úrico.

Mas…

Que todas foram justificadas.




18/fev/2018

Flávio Rocha: Não sou homofóbico


Por Robson Pires, em

“Estão inclusive fazendo uma campanha contra a Riachuelo dizendo que eu sou homofóbico. Uma empresa de moda não tem como ser isso. Por curiosidade, descobrimos, junto ao RH da Riachuelo, que nós somos o maior empregador de transsexuais do Brasil. Há 500 transsexuais trabalhando na empresa. Deus não foi justo ao distribuir o talento criativo e o senso estético.

Deu aos gays uma maior dose de talento estético do que aos simples mortais. Quando a gente deixou que os nossos funcionários usassem o nome social nos crachás, descobrimos que 500 dos nossos colegas aqui usam um nome social de um gênero diferente do gênero do nome de batismo. Recentemente, recebi um vídeo de um funcionário nosso, a Michele, um transsexual, expulso de casa quando descobriram a sexualidade dele. Foi parar na rua e foi contratado pela Riachuelo dentro do programa Trabalho Novo, da prefeitura de São Paulo. Quando ele viu a gente ser acusado de homofobia, ficou indignado. Gravou o vídeo e vai por na internet. Isso está acontecendo em várias lojas, de quem sabe que isso é mentira”.

EXAME




18/fev/2018

“Está muito tarde para ser candidato”, diz Flávio Rocha


Por Robson Pires, em

A Revista EXAME conversou com o empresário Flávio Rocha, presidente da rede de lojas Riachuelo e fundador do movimento político Brasil 200 (alusão aos 200 anos de independência que o país completará em 2022). O movimento, lançado em janeiro, reúne empresários como Alberto Saraiva (Habib’s), Sônia Hess (Dudalina) e Antônio Carlos Pipponzi (Raia Drogasil), além de profissionais da iniciativa privada, com a proposta de uma agenda econômica liberal para o Brasil.

Rocha tem viajado Brasil afora para divulgar as ideias do movimento e tem sido sondado por diversos políticos – do deputado federal Jair Bolsonaro (PSL) ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) – para assumir uma candidatura em 2018. Ele nega que haja essa possibilidade . Na entrevista a seguir, Rocha explica os planos do Brasil 200 e por que não considera uma candidatura neste ano.

Qual é o propósito do movimento Brasil 200?

A força dele está no formato de não ter compromisso com nenhuma campanha eleitoral. Isso nos dá força para palpitar, influir e nos meter nos programas, e falar da nossa angústia. Há algum tempo tínhamos como natural uma troca de ciclo, por causa das ideias muito ruins da nova matriz econômica, da gastança, do aumento dos gastos públicos. A gente imaginava que os ventos liberalizantes estariam soprando do eleitor. Isso se manifestou eloquentemente na eleição de 2016. E achávamos que deveria estar se manifestando de novo em 2018. Mas o tempo está passando e o pânico está aumentando. Se a eleição fosse hoje, e se as pesquisas estiverem certas, nós devolveríamos o Estado para quem fez desse estrago todo. Para a mesma quadrilha. E qual o diagnóstico? Um governo precisa dizer qual é o papel do Estado. Se é o papel de protagonista ou um papel de coadjuvante. Até agora o Estado foi protagonista e se metia em tudo, até na espessura do colarinho do chope. Porém, nós queremos um Estado coadjuvante. Nós queremos um país que tenha um Estado para lhe servir, e não um Estado que seja proprietário das pessoas. Temos um Estado formado por dois por cento da população e que se apropriou do resto.

 Por que a falta de um discurso liberal causa pânico?

A esquerda, com ideias erradas, tem a coerência entre o discurso da economia e o dos costumes. Os gurus são (Karl) Marx e outro menos conhecido: (Antonio) Gramsci. Marx está morto, enterrado, ninguém nem perde mais tempo em dizer que socialismo na economia dá errado. O fantasma que nos assombra é Gramsci, que dizia ser necessário fazer uma faxina nos valores judaico-cristãos. Não sou moralista, longe disso. Mas fico indignado com a estratégia, cantada em verso e prosa, por vários autores, de que é preciso bagunçar geral. Você viu um vídeo de uma deputada do PT falando que é preciso quebrar todos os tabus de uma sociedade, sobretudo o do incesto? Para ela, quando se quebrar o último tabu, estaremos prontos para construir a partir do zero a sociedade ideal, que é a sociedade socialista. Contra isso, precisamos não só das ideias do liberalismo, de libertar o poder de geração de riqueza que não está na mão do Estado, mas no indivíduo, mas também de uma agenda conservadora e anti-gramsciana, anti-marxismo cultural, que tenha coerência com o liberalismo. Ou seja, constatamos um apavorante vazio, num cenário político de 37 partidos, com as combinações mais esdrúxulas. Há o Macron brasileiro. Há a Le Pen brasileira. Há tudo menos o óbvio, o liberal, conservador e reformista. Temos a obrigação de apresentar um perfil liberal conservador reformista porque isso é algo que o povo está clamando para ter.

Mas dá para conciliar todos esses conceitos?

Contorcionismo é fazer qualquer coisa fora desse conceito. O lógico seria ter um esquerdista gramsciano ou um marxista de um lado e um Reagan, um Friedman, conservador, do outro. Esse é o normal. O exótico, o estranho, o fora do comum, um anti-convencional é um Macron: direita na economia e esquerda nos costumes. Ou Le Pen, que é direita nos costumes e esquerda na economia.

Mas há movimentos mundo afora pressupondo liberdade na economia e nos costumes, como é o caso do Livres no Brasil.

São libertários, que pressupõem ausência de Estado. Mas, para nós, do Brasil 200, é preciso haver um Estado mínimo. Não precisa ser uma carruagem estatal de 50 por cento do PIB, porque isso nos tira do jogo competitivo. O carrapato está maior que o boi. Quando isso acontece, os dois morrem junto. O boi fica exangue e o carrapato morre junto.

Quem se coloca hoje como o Macron brasileiro? O apresentador de tevê Luciano Huck?

Eu não daria ao Huck ainda o crédito de ser liberal. Estamos aí com uma nova tese, que serve à esquerda, de dizer que esse negócio de esquerda e direita está superado. É antigo, porque os países decidiram 50 anos atrás que iam ser liberais ou estatizantes. Estamos postergando, empurrando com a barriga essa decisão há 50 anos. Por isso a discussão de liberal ou estatizante no Brasil é mais do que atual. Não temos mais tempo para escolher se queremos seguir o lado da Coreia do Norte ou o da Coreia do Sul. Se nós queremos um Estado protagonista ou um Estado servidor.

Possível candidatura em 2018

O senhor já foi candidato a presidente e foi deputado. Tem vontade de voltar à política?

Isso é convocação, é chamamento. Acho que está muito tarde para ser candidato. De fato eu não tenho nem partido. Não tenho voto. Está tarde para construir a densidade eleitoral. Eu tenho a impressão que a gente consegue influir e ser muito mais decisivo, realmente contribuir, para a troca de ciclo, para a mudança no país, que está seriamente ameaçada, com o movimento Brasil 200. Se eu tivesse me lançado de paraquedas, inadvertidamente, e recitando essas ideias como candidato a presidência, nem de longe estaríamos tão próximos de fazer o gol como estamos agora, com a impressionante performance do Brasil 200.

Mas se fosse convocado, pensaria?

Não seria porque na hora que eu dizer que sou candidato imediatamente eu comprometeria o crescimento, a credibilidade e a capacidade de influenciar que o Brasil 200 tem agora. O Brasil 200 só está assim porque não está a serviço de um candidato. Está questionando, palpitando, botando o dedo na ferida, cobrando o porquê dessa lacuna na política. É inexplicável essa lacuna. Falta um Reagan no Brasil. Não um Macron. Falta um rosto que seja contraponto a esse triste período esquerdizante que o país está querendo deixar para trás. Esse contraponto não é só no economês. É no economês e nos costumes. Porque há uma demanda por ordem. E só isso justifica o incrível fenômeno Bolsonaro.

Recentemente, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso cogitou seu nome para uma candidatura à Presidência em 2018. Se instado pelo ex-presidente, o senhor aceitaria concorrer – e em que condições?    

Não deixa de ser lisonjeiro. Um dos maiores homens públicos do país lembrou-se do meu nome. Infelizmente o sucesso do Brasil 200 deve-se ao fato da sua desvinculação a qualquer projeto eleitoral. Por isso estamos conseguindo ser ouvidos e respeitados.




18/fev/2018

Vídeo: Barragem de Triunfo já está sangrando


Por Robson Pires, em




18/fev/2018

Sindicatos tentam manter mortadela perdida


Por Robson Pires, em

Para colocar em votação a continuidade do imposto sindical, abolido na reforma trabalhista, as principais centrais do país (como Força Sindical, UGT e CTB) estão orientando suas filiadas a realizarem assembleias extraordinárias, informa o Estadão.




18/fev/2018

Petistas discutem o que fazer com Lula preso


Por Robson Pires, em

Enquanto torcem para que o STF conceda um habeas corpus em favor de Lula, petistas próximos ao condenado discutem o que fazer caso ele vá para a cadeia, segundo o Estadão.

“Os petistas calculam que, se consumada, a prisão de Lula deve ocorrer em março.”

Alguns dirigentes do partido “sugeriram a realização de uma vigília na frente da prisão em Curitiba para onde o ex-presidente pode ser levado.

Um grupo de parlamentares do partido propõe organizar caravanas diárias para visitar Lula e, assim, propagar as mensagens do petista para fora da cadeia e manter seu nome em evidência.

Ainda não há decisão se, em caso de prisão, ele vai se entregar ou esperar a chegada da PF em casa. Os petistas acham difícil a manutenção de grandes mobilizações populares.”

Os petistas, por incrível que pareça, estão ficando mais conscientes da realidade.




18/fev/2018

Tubulação rompe e interdita a Roberto Freire em Natal


Por Robson Pires, em

Uma tubulação rompeu e abriu um buraco neste domingo (18) na Avenida Engenheiro Roberto Freire, Zona Sul de Natal. O dano aconteceu em um trecho da via próximo ao local em que, em janeiro, também se formou uma cratera, perto do shopping CCAB Sul. O problema já havia acontecido em junho do ano passado e também no final de 2016.

Por causa dos serviços de reparo que estão sendo realizados pela Companhia de Águas e Esgotos (Caern), a avenida foi interditada e o trânsito de quem segue no sentido que leva de Ponta Negra para o Centro está sendo desviado. Cavaletes da Caern indicam a interdição.

Para conseguir ter acesso à BR-101, os motoristas precisam pegar a rua lateral ao CCAB, dobrar à esquerda e, depois, mais uma vez pegar a rua seguinte à esquerda. O trajeto levará à via que passa ao lado do supermercado Nordestão Cidade Jardim. A partir de lá não há mais interdição.

G 1 (RN)




18/fev/2018

Do Partido dos Trabalhista, aos 91 anos assumi ser gay


Por Robson Pires, em

“Eu realmente aprecio o fato de que, na minha idade, posso ser totalmente livre com as pessoas. Acho que corro um pouco o risco de me tornar um ícone gay!”, diz Barbara Hosking, que decidiu assumir sua homossexualidade aos 91 anos, em meio a suas reflexões sobre sua vida nos corredores do poder.

Como funcionária pública, a inglesa trabalhou para dois primeiros-ministros britânicos, Edward Heath (1970-74) e Harold Wilson (1964-70 e 1974-76), e também foi uma executiva de televisão.

Hosking combateu o sexismo em toda sua carreira, tendo defendido equiparação salarial entre homens e mulheres e brigado para estar na mesma sala durante algumas reuniões.

Em entrevista à BBC Radio 5, ela explicou o motivo de nunca ter falado de sua sexualidade para a sua família.

“Meus pais não teriam entendido e teriam ficado chocados. Eles me amavam muito, mas meu pai era um homem à moda antiga, convencional. Minha mãe provavelmente teria pensado que foi uma escolha difícil e infeliz para eu ter feito. Na verdade eu tenho sido muito feliz. Tive uma vida plena.”

Hosking mantém um relacionamento homossexual há 20 anos e decidiu revelar isso publicamente ao escrever sua autobiografia, com o título Além dos meus limites: Memórias de uma Desobediente Funcionária Pública (em tradução livre).

“Os homens tiveram um grande momento libertador quando as leis (que proibiam a homossexualidade) mudaram e eles não corriam mais perigo de serem presos ou, mais antigamente, serem mortos (por causa da orientação sexual)”, diz ela. “As mulheres nunca tiveram isso, mas é extremamente difícil – você pode facilmente ser relegada ao ostracismo.”

A inglesa se mudou da Cornuália para Londres aos 21 anos, em busca de uma carreira no jornalismo.

Ela se integrou ao escritório de imprensa do Partido Trabalhista e passou a servir como assessora de imprensa de Edward Heath e Harold Wilson.

Igualdade Social

Apesar de seu histórico no Partido Trabalhista – ela chegou a pensar em concorrer a uma vaga como parlamentar -, Hosking diz ter certa empatia pelas dificuldades enfrentadas pela atual premiê, Theresa May, que tem o desafio de colocar em prática a saída do Reino Unido da União Europeia (o Brexit, decidido em plebiscito no ano passado), tendo perdido maioria absoluta no Parlamento em meados do ano passado.

“Ela teria sido uma primeira-ministra maravilhosa em ‘tempos fáceis’, com uma grande maioria (no Parlamento), mas ela não teve condições para lidar com o que está acontecendo agora.”

“É uma posição horrorosa para qualquer primeiro-ministro estar, com seu gabinete rachado, assim como parlamentares divididos atrás dela. É triste porque ela tem muitas qualidades, mas falta o ‘instinto matador’ para agir. Pode ser que ela olhe em volta e sinta que não consegue.”

Hosking, que já soube de subordinados que ganhavam salário maior que o seu, diz estar desanimada com o fato de as mulheres terem de continuar lutando por igualdade profissional.

“Acho isso chocante. Por que é tão difícil pagar salários iguais? (A desigualdade) acontece em vários lugares, (mas) poderia ser resolvida.”

Em defesa dos direitos Iguais

Apesar disso, Hosking acredita que agora as mulheres “têm mais liberdade para escolher serem elas mesmas do que em qualquer outro momento da história”.

Ela lembra de mulheres sendo convidadas a se retirar da sala após um jantar de alto nível em Bruxelas.

“Eu respondi ‘Sinto muito, eu preciso voltar. Estou com meu ministro, sou sua secretária particular’. E eles disseram: ‘Você não pode fazer isso, as mulheres se retiram para os homens então poderem discutir’. E eu disse: ‘Ele não será capaz de fazer isso sem mim, eu fiz todo o trabalho para isso'”, conta. “Me disseram que eu viraria tema de conversa em Bruxelas no dia seguinte (por causa dessa postura).”




18/fev/2018

Inscrições do Fies começam nesta segunda-feira


Por Robson Pires, em

Quem quiser participar do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) deste ano deve ficar atento às informações do edital publicado sexta-feira (16) pelo Ministério da Educação.

No total, serão ofertadas 310 mil vagas, sendo 155 mil para os primeiros seis meses do ano. Poderão ser financiados os cursos de graduação com conceito maior ou igual a três no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes).




18/fev/2018

CEI da Cosip apresentará relatório nesta segunda


Por Robson Pires, em

A Comissão Especial de Inquérito da Cosip se prepara para concluir seu trabalho. A relatória prepara o parecer final para ser analisado e votado na próxima segunda-feira (19), a partir das 7:30 na sala de reuniões da Câmara de Vereadores de Caicó.

De acordo com o presidente da CEI, José Rangel (PDT) o trabalho foi bastante minucioso e trará todos os esclarecimentos para a população de Caicó a respeito das receitas e despesas da arrecadação da Cosip desde a sua criação. O relator Alisson Jackson e o presidente da CEI concederão entrevista à imprensa a partir das 10h.




18/fev/2018

Teste a popularidade de Lula


Por Robson Pires, em

Quer consultar a popularidade de Lula em um ambiente neutro? Levante uma placa como esta em qualquer avenida do país e filme o resultado.




18/fev/2018

Tanajuras invadem a cidade de Equador


Por Robson Pires, em

Tanajura é sinal de chuva? Então se preparem que 2018 o Seridó vai virar mar! Pois bem, nestes últimos dias as içás vêm dando esse tão aguardado sinal de início de um bom inverno para os próximos meses na região.

No município de Equador as formigas reapareceram em grande quantidade. Por lá foi preciso varrer e usar uma pá para poder limpar as calçadas das casas.

Em Carnaúba dos Dantas a calçada de uma igreja também ficou invadida pelas tanajuras.

Se realmente a profecia dos mais velhos for real, 2018 promete.







18/fev/2018

Boletim das chuvas no Seridó


Por Robson Pires, em

Bairro Alto do Abrigo (Jardim do Seridó) – 22 mm
Sítio Riacho do Meio (Jardim do Seridó) – 40 mm
Sítio Recanto (Jardim do Seridó) – 35 mm
Sítio São Roque (Ouro Branco) – 32 mm
Sítio Malhada Vermelha (Parelhas) – 25 mm
Sítio Olho D’Água do Boi (Parelhas) – 18 mm
Sítio Caiçarinha (Acari) – 35 mm
Fazenda Velha (Parelhas) – 15 mm
Sítio Rajada (Carnaúba dos Dantas) – 35 mm
Povoado Currais Novos(Jardim do Seridó) – 38 mm
Sítio Manhoso (Caicó) – 32 mm
Timbaúba dos Batistas – 17,5 mm
Perímetro Irrigado do Sabugi (Caicó) – 23 mm





Continuar Lendo


Página 5 de 4.159« Primeira...34567...102030...Última »



Twitter Facebook Instagram E-mail

  • 00
  • :
  • 00
  • :
  • 00

Quarta, 21 de Fevereiro de 2018


Buscar no Blog



Fan Page. Curta!



No Twitter



Calendário

fevereiro 2018
D S T Q Q S S
« jan    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728